La Liga

Florentino Pérez: “Jogar nos EUA não interessa aos clubes, nem aos torcedores”

Ao que tudo indica, ainda pendendo algumas confirmações das autoridades, o Campeonato Espanhol deve realizar uma de suas partidas em Miami, no próximo mês de janeiro. O duelo escolhido foi Girona x Barcelona, o que está causando uma série de polêmicas no futebol espanhol. O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, entrou na conversa para dizer que não apoia essa medida. 

“Não jogaremos nos EUA”, afirmou o chefe de um clube que provavelmente receberia a proposta da agência que fez parceria com La Liga para atuar em outro país, caso essa prática seja mantida. “Não sei a quem isso interessa, mas não é aos clubes, nem aos torcedores. Nós recusamos com contundência”. 

O presidente de La Liga, Javier Tebas, respondeu Pérez, dizendo que atuar em Miami é voluntário, e nenhum clube é obrigado a fazer isso. Acrescentou que a empresa que apresentou essa proposta, a Relevent, é a mesma que organiza as turnês anuais do Real Madrid pelos Estados Unidos. 

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo