La Liga

Coutinho encerrou jejum de 11 meses: “Após tanto tempo, marcar é um sentimento muito bom”

O brasileiro fechou a vitória do Barcelona sobre o Valencia no último domingo com seu primeiro gol desde novembro do ano passado

Ansu Fati, pela primeira vez titular do Barcelona após a sua séria lesão, liderou a virada sobre o Valencia no último domingo, que também teve um momento especial para Philippe Coutinho. O brasileiro, que também passou um longo tempo afastado por lesão, marcou seu primeiro gol em 11 meses para fechar a vitória por 3 a 1.

Contratado a peso de ouro após a saída de Neymar para o PSG, Coutinho teve um bom começo no Barcelona, mas foi perdendo espaço. Chegou a passar uma temporada emprestado ao Bayern de Munique e a diretoria adoraria tê-lo negociado no último mercado para diminuir a folha salarial. Não houve interessados em seu alto salário e ele acabou ficando.

Com o menisco machucado, Coutinho precisou passar por cirurgia e teve sua temporada 2020/21 encerrada em dezembro. Havia retornado em setembro, mas ainda não marcara desde a goleada sobre o Osasuna, em novembro de 2020. Contra o Valencia, entrou no lugar de Ansu Fati e fechou a vitória a cinco minutos do fim.

“Após tanto tempo, marcar é um sentimento muito bom. O time venceu. Tenho mais vontade do que nunca depois de tudo que eu passei. Foi difícil. Agora, é apenas uma cicatriz que me torna mais forte. Quero ser bem sucedido e ser o melhor Philippe que posso ser. Eu realmente queria fazer um gol. Passei meses afastado e estou feliz pelo trabalho que realizei. É apenas o começo. Estou muito feliz pela vitória. Nós a merecemos”, afirmou à Barça TV.

O técnico Ronald Koeman elogiou a entrada de Coutinho. “Ele foi bem. Quando ele entrou, o jogo estava bom. Com sua liberdade, conseguimos controlar melhor o jogo. Ele sabe como fazer gols. Ele deu um passo importante porque eu sempre acreditei em Coutinho. Fisicamente, ele está melhorando e melhorando”, contou.

Foi o sétimo jogo seguido de Coutinho desde que retornou aos gramados contra o Bayern de Munique em 14 de setembro. Apenas três foram como titular. O Barcelona enfrenta o Dínamo Kiev, na próxima quarta-feira, no Camp Nou, pela Champions League.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo