La Liga

Talvez em crise, talvez não, o Atlético de Madrid tem ótimo bonus round hoje

Após perder para a Internazionale na Champions League, Atlético de Madrid volta a jogar por La Liga, contra o historicamente péssimo Almería

Não é simples dizer que o Atlético de Madrid está em crise. Também não seria exatamente correto dizer que os colchoneros vivem uma boa fase. Mas é certeiro afirmar que, pelo menos neste sábado (24), contra o Almería, em partida válida por La Liga, os comandados de Diego Simeone terão um alívio depois de tantas semanas de provações desde o começo de um (pelo menos um pouco) conturbado e turbulento 2024.

Por La Liga, o Atlético de Madrid vem de vitória, mas em seu último jogo feito, perdeu para a Internazionale no jogo de ida das oitavas de final da Champions League e se complicou um pouco na competição continental. E se quiser estar na edição deste torneio na próxima temporada, uma vitória contra o frágil lanterna do Campeonato Espanhol, hoje, é mais do que necessária: é obrigatória.

Afinal, o Almería chega com uma campanha historicamente péssima para a partida de hoje, com simplesmente nenhuma vitória conquistada nos 25 jogos que fez por La Liga até agora. Isso mesmo, o time, que obviamente é o último colocado na tabela, simplesmente não venceu uma partida sequer e conquistou todos seus oito pontos em empates — foram 17 derrotas até aqui.

Como o Atlético de Madrid chega para o jogo contra o Almería

A verdade verdadeira é que o jogo contra o Almería é um alívio e tanto para o Atlético de Madrid. Depois de ver seu ataque funcionar (e muito) na vitória por 5 a 0 diante do Las Palmas, a decepção da derrota, mesmo que fora de casa, para a muito organizada Internazionale deu um banho de água fria nos colchoneros, que poderão até dar uma poupada contra o lanterna, já que logo na semana que vem têm o desafio de precisar reverter outro mata-mata no qual estão em desvantagem: as semifinais da Copa do Rei, contra o Athletic Bilbao.

Por isso, enfrentar o fraquíssimo Almería acaba sendo uma benção para Diego Simeone e seus comandados do Atlético de Madrid neste momento. Contra a boa defesa do Las Palmas, se superaram e conseguiram estraçalhar, anotando cinco gols. Agora, pegam o pior time de todas as cinco principais ligas europeias em meio a duas decisões, o que dá certo alívio ao Atlético e sua torcida. Isso, claro, se não houver um muito inesperado tropeço — e até um empate se encaixa neste ponto.

E vencer é essencial não apenas para afastar um pouco os maus momentos reavivados com a derrota para a Internazionale. Mas porque o Athletic Bilbao, adversário que já perturbar o Atlético de Madrid na Copa do Rei, está apenas dois pontos distante dos colchoneros na tabela de La Liga. Ou seja, qualquer tropeço, até mesmo um empate, pode fazer com que a equipe basca tire o Atleti do G4, o que, aí sim, seria uma tragédia para o time de Simeone na temporada.

Como o Almería chega para o jogo contra o Atlético de Madrid

Em toda a temporada, o Almería venceu apenas um jogo: foi contra o CF Talavera, equipe da quarta divisão da Espanha, em duelo pela Copa do Rei. Nesta competição, aliás, o time passou vergonha logo depois, sendo eliminado por um time que também disputa a Segunda Federación, quarta escala do futebol nacional espanhol: o Unión Deportiva Barbastro, que logo depois deu trabalho, mas caiu diante do Barcelona no torneio.

Ou seja, a última (e única) vitória do Almería em toda a temporada data de 31 de outubro do ano passado, diante de uma equipe que simplesmente disputa a quarta divisão nacional. Um parâmetro que dá noção do quão vexatória tem sido a campanha da equipe em 2023/24, algo que poucas vezes foi visto por um time que disputou as cinco maiores ligas do futebol europeu.

É bem difícil de se imaginar que, mesmo jogando em casa, o time comandado por Gaizka Garitano consiga fazer qualquer frente que seja ao poderoso Atlético de Madrid. Em um cenário tão devastado quanto o da atual temporada do Almería, qualquer esperança parece tolice, mas, se a torcida quiser se agarrar em algo, tem seus dois últimos jogos, dois empates, a melhor sequência (é sério) que o time teve na temporada. Poucas vezes se viu algo tão ruim como este Almería. Sorte (ao que tudo indica) do Atlético de Madrid.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo