La Liga

O Athletic Bilbao quer (e precisa muito) se vingar do atropelo de uma Real Sociedad que sofre com empatite

No primeiro turno, uma sacolada da Real Sociedad sacudiu o Athletic Bilbao, que hoje está melhor na tabela e mais perto de ir para a próxima Champions League

O Derbi Basco tem sido um jogo cada vez melhor, temporada a temporada. Enquanto o Athletic Bilbao segue ao lado de Real Madrid e Barcelona como um dos três únicos times a nunca ter sido rebaixado em La Liga, a Real Sociedad vem de uma ascendente nos últimos anos que culminou com a presença do time nas oitavas de final da Champions League nesta temporada — enfrentará o poderoso PSG em fevereiro.

Neste sábado (12) as equipes rivais entram em campo para mais um clássico e, desta vez, com os dois times no alto da tabela. O Athletic, que ficou longe das competições europeias nesta temporada, tenta manter uma sequência de ótimos jogos para conseguir permanecer na zona de classificação à Champions League, na qual está atualmente pelo quarto lugar que ocupa no Campeonato Espanhol. Já a Real Sociedad quer voltar a vencer após três empates consecutivos e tentar retornar à disputa por uma vaga europeia — mesmo que na Liga Europa.

Athletic Bilbao joga pela tabela, mas também pela honra

Se a classificação à próxima edição da Champions League é tida como o grande objetivo do Athletic Bilbao para esta temporada, vencer a Real Sociedad já seria um desejo grande por se tratar do maior clássico dos dois times, mas o primeiro turno ainda machuca Los Leones. Uma incontestável vitória por 3 a 0 de La Reale brecou os planos de ponta de tabela do rival e colocou diversas interrogações — depois devidamente retiradas — em cima do que poderia vir a ser a temporada do Athletic.

Agora em fase ainda melhor do que no começo da temporada, o Athletic Bilbao defende contra a Real Sociedad uma sequência invicta que já dura quase três meses. A última derrota do clube, seja por La Liga ou seja pela Copa do Rei, aconteceu em 22 de outubro do ano passado, quando Los Leones foram batidos por 1 a 0 pelo Barcelona, fora de casa. Vingar o primeiro turno no dérbi é também uma forma dos comandados de Ernesto Valverde manterem essa excelente série invicta.

E mais do que vingança ou série invicta, claro, tem a questão da tabela, que guia o Bilbao neste momento. Hoje, está em quarto lugar com 38 pontos, mesma pontuação do quinto colocado Atlético de Madrid, que fica para trás no confronto direto, primeiro critério de desempate. Atualmente, a vantagem para a Sociedad, sexta colocada com 32 pontos, é de seis pontos e uma vitória poderia dar ao Athletic a tranquilidade de que uma vaga ao menos na Liga Europa está muito bem encaminhada.

Real Sociedad joga por feito que não consegue há 5 anos, retomada das vitórias e caça à Champions League

Do lado da Real Sociedad a ida para a Champions League também é a grande obsessão no decorrer da segunda metade de La Liga. Sensação da competição europeia nesta temporada, na qual está nas oitavas de final contra o PSG, La Reale precisa vencer o dérbi de qualquer jeito para não deixar o rival e uma vaga na próxima edição da maior competição de clubes da Europa escaparem por entre os dedos — afinal, uma derrota custaria uma desvantagem de nove pontos para a Sociedad.

Assim como seu rival, a Real Sociedad também defende uma série invicta que dura desde o ano passado: contando La Liga, Champions League e Copa do Rei, a última derrota de La Reale aconteceu em 4 de novembro do ano passado, coincidentemente também por 1 a 0 contra o Barcelona. O problema, no entanto, é o retrospecto recente. A Sociedad empatou os três últimos jogos no Campeonato Espanhol e viu seu arquirrival a ultrapassar na tabela, além de ficar um pouco mais longe de uma vaga na Champions ou na Liga Europa — atualmente, está na zona de classificação para a Conference League.

E para finalizar, desde a temporada 2018/19 que a Real Sociedad não vence no turno e no returno de La Liga o Athletic Bilbao. Se quiser continuar sonhando com uma vaga entre os quatro melhores times do Espanhol, não há hora melhor para que Le Reale repita esse feito.

 

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo