Espanha

Iniesta: “Fiz milhões de pessoas felizes e isso não tem preço”

O meio-campista Andrés Iniesta, herói do título espanhol ao marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre a Holanda na prorrogação, declarou estar emocionado por ter causado a alegria de tantas pessoas.

“É muito difícil de explicar o que sinto, mas o importante é que fiz milhões de pessoas felizes e isso não tem preço”, disse o camisa 6 da Roja. O meia foi um dos destaques da equipe na Copa, com boas atuações especialmente nas fases decisivas.

Com o título e o bom desempenho, Iniesta já é candidato ao título de Bola de Ouro, que será pela primeira vez dado em parceria da France Football com a Fifa. “Não perco nem um segundo pensando nisso, os prêmios individuais não são importantes”, afirmou o meio-campista.

O meio-campista comemorou muito o título, mas já se mostrou preocupado com o futuro. “Na próxima temporada começa a partir do zero e com mais desafios pela frente. Queremos continuar nesta mesma linha de títulos. Este título não afetará o desempenho de qualquer jogador”, contou.

Iniesta falou ainda sobre a homenagem que fez a Daniel Jarque, jogador do Espanyol que morreu em um ataque cardíaco no ano passado. “Sempre tiha em mente a homenagem. A ideia surgiu antes da final. Comentei com companheiros que queriam fazer algo parecido”, explicou o jogador do Barcelona.

O seu clube foi o que mais teve jogadores titular da seleção espanhola. Na final, seis jogadores do clube atuaram – sem contar David Villa, contratado para a próxima temporada e que ainda não jogou pelo time. “Todos devemos sentir-se orgulhosos de fazer parte das categorias de base do Barcelona e do Barça ter tantos jogadores na campeã do mundo”, disse.

“Por cima das rivalidade e dos sentimentos, as pessoas gostam de futebol. Todos os espectadores gostam da equipe que joga bem e não vai recusar por ser de uma equipe ou de outra”, contou o jogador.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo