Espanha

Guardiola sai em defesa de Joan Laporta

O técnico do Barcelona, Josep Guardiola, entrou em cheio na guerra aberta entre o atual presidente do clube, Sandro Rosell, e seu antecessor, Joan Laporta. Guardiola saiu em defesa de Laporta: “Ele está sofrendo muito e não merece. Não merece ir aos tribunais, tenho muito afeto por ele”, disse o treinador.

O técnico valorizou os êxitos que o Barcelona conseguiu durante a gestão de Laporta: “me escolheram para treinar o Barcelona. Pegamos o clube em situação precária e lhe devemos muito porque fizeram coisas extraordinárias. Espero que os sócios reflitam sobre isso”. Guardiola ainda acrescentou: “tenho muita gratidão por eles e me sinto triste”, concluiu sobre Laporta e sua diretoria.

Rosell e Laporta endureceram sua batalha particular nos últomos dias. O ex-presidente acusa a diretoria de Rosell de mentir e de estar “invejosa e ressentida”. “Dedicamos tempo e esforços para construir o melhor Barcelona da história e não merecemos essas acusações. Não merecemos que nossos filhos sofram as consequências desta tempestade de mentiras e ataques que estão fazendo contra nós”, queixou-se Laporta em comunicado à imprensa.

O ataque mais recente de Rosell envolveu a contratação do sueco Zlatan Ibrahimovic, em 2009. De acordo com o atual presidente do Barça, “foi o pior negócio da história do clube”. Ibrahimovic passou apenas uma temporada no Camp Nou, e saiu para o Milan no ano seguinte.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo