Eliminatórias da CopaEspanhaEuropa

Del Bosque: “Vitória afastou as dúvidas sobre a Espanha”

Depois de uma vitória com autoridade da Espanha sobre a França por 1 a 0, neste terça-feira, o técnico da seleção campeã europeia e mundial disse que o time afastou as dúvidas das pessoas. O empate por 1 a 1 com a Finlândia, na sexta-feira, colocou em cheque os espanhóis, que perderam a liderança e poderiam ficar cinco pontos atrás da França. A vitória, com uma boa partida e dominando a França mesmo jogando em Paris, afastou as possíveis dúvidas sobre o time que é o maior adversário a ser batido no futebol mundial de seleções.

LEIA MAIS:
Imposição campeã: Espanha ignora Paris e derruba França
Derrota para a Espanha foi choque de realidade para a França

“As pessoas sempre têm dúvidas. Então esse resultado é importante”, afirmou o treinador espanhol após o apito final. “Nós mostramos convicção em manter nosso estilo. Nós jogamos muito bem. Nós estamos um pouco bagunçados quando eles ficaram com 10 jogadores, mas todo mundo jogou muito bem”, analisou Del Bosque.

O técnico elogiou a participação do lateral Álvaro Arbeloa, que teve do seu lado o jogador mais perigoso da França, Franck Ribéry. “Arbeloa foi fantástico contra Ribéry”, disse Del Bosque sobre o jogador do Real Madrid.

“O próximo passo é a Copa das Confederações e então nós temos que nos preparar para os jogos restantes das eliminatórias da Copa. Nós temos três jogos restantes e nós temos que terminar o trabalho”, afirmou o técnico.

Um dos lances polêmicos do jogo foi um choque do atacante Pedro com o goleiro francês, Lloris, no minuto 32 do primeiro tempo. O árbitro Viktor Kassai mandou o lance seguir. Vendo em tempo real, a impressão foi de pênalti, mas no replay fica claro que o atacante dobrou os joelhos e se atirou antes do choque.

“Para mim foi pênalti”, disse Pedro ao jornal AS. “Eu vi na câmera. Ele [Lloris] me tocou e eu fui derrubado”, disse o atacante do Barcelona, que acabaria fazendo o gol da vitória, no segundo tempo.

“Eu não tive certeza que eu fiz o gol, mas eu consegui tocar a bola para dentro. O mais importante é que nós vencemos. Vencer aqui foi crucial e nós sabíamos que nós poderíamos nos permitir falhar. Eu estou realmente feliz em como as coisas aconteceram”, declarou o jogador.

Com um ponto de vantagem sobre a França, a Espanha terá a Finlândia pela frente na próxima rodada, no dia 6 de setembro, fora de casa. Em outubro, nas duas últimas rodadas, a Espanha joga duas partidas em casa contra Belarus e Geórgia. Assim, a classificação está na mão dos espanhóis.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo