Copa do Rei

Em meio a conflito entre presidente e torcida, Rayo Vallecano chega à semi da Copa do Rei pela primeira vez em 40 anos

Os Bukaneros, insatisfeitos com o novo técnico do time feminino, flagrado em um áudio extremamente machista, entraram em Vallecas, sem camisa, apenas aos 40 minutos do primeiro tempo, a tempo de ver Óscar Trejo marcar o único gol da vitória sobre o Mallorca

As arquibancadas de Vallecas onde os Bukaneros geralmente apoiam o Rayo Vallecano ficaram vazias até o final do primeiro tempo e, por coincidência ou não, encheram-se de torcedores em protesto pouco antes de Óscar Trejo marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Mallorca que coloca o Rayo na semifinal da Copa do Rei pela primeira vez em 40 anos.

As rusgas entre o grupo de torcedores e o presidente Raúl Martín Presa se intensificaram com o anúncio de Carlos Santino para treinar o time feminino na última sexta-feira. Chegou a público em novembro um áudio de quatro anos atrás que Santino enviou a um grupo de WhatsApp com membros da sua comissão técnica no qual ele faz uma piada que incentiva o estupro.

Santino fez alusão ao “caso Arandina”, em que três jogadores do clube da quarta divisão estupraram uma garota de 15 anos. Santino, na época técnico do sub-12 da Federação Madrilenha de Futebol, disse que a sua comissão técnica deveria fazer o mesmo, mas com uma maior de idade, porque “é isso que realmente une uma equipe”.

Os três jogadores foram condenados a 38 anos de prisão, mas um tribunal de apelações acabou absolvendo um deles e reduzindo a sentença para quatro e três anos aos outros dois. De qualquer maneira, a referência era clara, e a contratação de Santino gerou notas de repúdio de jogadoras do Rayo Vallecano, grupos de torcedores, do Conselho Superior de Esportes e do Sindicato de Jogadores.

Santino pediu desculpas pelo que classificou como uma “piada machista infeliz e de muito mau gosto”, que não foi feita com “má intenção” e implorou que a opinião pública tentasse lhe conceder o perdão que o “Rayo Vallecano já me concedeu para que eu não seja destruído como ser humano”.

Os Bukaneros, grupo de torcedores politizados do Rayo Vallecano que no passado ajudaram a expulsar o ucraniano Roman Zozulya do clube por supostas ligações com a extrema-direita e o neonazismo do seu país, estiveram entre os que expressaram irritação com a contratação de Santino.

Foram proibidos pelo presidente de entrar no jogo mais importante do Rayo Vallecano em muito tempo, a menos que deixassem no lado de fora todas as bandeiras, faixas, instrumentos e até camisetas que os identificassem como Bukaneros. O jogo começou com o setor que costumam ocupar em Vallecas vazio, mas, aos 40 minutos, eles entraram no estádio.

A imagem acabou sendo forte porque, obedecendo as regras, entraram com a parte de cima do corpo descoberta, sob cerca de nove graus celsius no inverno de Madri, por volta dos 40 minutos do primeiro tempo. Aos 44, pênalti para o Rayo Vallecano, que Óscar Trejo converteu para fazer o único gol do jogo.

“Claro que nos afeta”, afirmou o técnico do Rayo, Andoni Iraola. “Somos todos pessoas. No início do jogo, parecia que todos estavam prestando atenção em tudo, exceto no que estava acontecendo em campo. No final do primeiro tempo, a situação voltou ao normal e acredito sinceramente que a equipe se sentiu grata. As pessoas voltaram-se para os jogadores, e o jogador percebe isso. Quando estamos todos juntos somos mais fortes. Não sei se foi coincidência o gol ter sido marcado naquele momento, mas é evidente que nos ajudou”.

Mesmo sem Falcao García, com a seleção colombiana, o Rayo Vallecano deu sequência a uma temporada que já é histórica, com classificação à semifinal da Copa do Rei pela primeira vez desde 1981/82, quando foi derrotado pelo Sporting Gijón na briga por vaga na final. O Valencia derrotou o Cádiz por 2 a 1 e também avançou. Nesta quinta-feira, Real Sociedad x Betis e Athletic x Real Madrid definem os outros dois integrantes do sorteio da próxima sexta-feira. As semifinais serão em jogos de ida e volta.

A grande campanha na Copa do Rei não é uma surpresa porque o Rayo Vallecano também faz uma excelente participação no Campeonato Espanhol, em oitavo lugar após 21 jogos disputados.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo