Copa do MundoEliminatórias da Copa

Lesão de Vanderson pode abrir espaço para estreante na seleção brasileira

Jogador do Mônaco sofreu uma lesão no joelho durante um treino nesta sexta-feira

A bruxa está solta na Seleção Brasileira. Após os cortes de Raphinha e Caio Henrique, mais um jogador do Mônaco acabou se lesionando e vai desfalcar o Brasil nos duelos diante do Uruguai e da Venezuela, nas duas próximas rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026. Na manhã desta sexta-feira (6), o lateral-direito Vanderson, do Mônaco, sofreu uma lesão no joelho durante um treino pelo time francês, e terá de ser cortado pelo técnico Fernando Diniz.

A mais nova baixa pode abrir espaço para um estreante na seleção brasileira. Com a lesão de Dodô, da Fiorentina, que parece estar à frente na “fila” de Diniz, a opção do técnico pode vir do futebol português, mais precisamente do Porto: Pepê. Revelado no Athletico Paranaense e com passagem de destaque no futebol profissional do Grêmio, ele aparece como favorito para substituir o defensor do Mônaco. Samuel Xavier, do Fluminense, corre por fora.

Pepê na seleção brasileira? Jogador teve estilo modificado por Sérgio Conceição em Portugal

Inicialmente atuando como um ponta, Pepê foi deslocado aos poucos para a posição de lateral-direito pelo técnico Sérgio Conceição, que gostou muito do desempenho do brasileiro nesta função, defendendo, inclusive, a sua convocação para a Seleção Brasileira. O ex-jogador do Tricolor Gaúcho disputou 55 jogos com a camisa dos Dragões, e foi o primeiro jogador da história do clube a atingir tal marca.

Mesmo fora de sua posição original, Pepê se adaptou muito bem à função, e não deixou de manter as suas características principais – o drible e sua imensa velocidade. Na última temporada, ele marcou cinco gols e deu dez assistências, e se tornou um dos grandes nomes da posição no futebol europeu, sendo observado inclusive pela seleção da Itália.

Pepe
Ex-jogador do Grêmio, Pepê se reinventou na carreira e é um dos laterais mais prestigiados da Europa. Foto: IconSport

Sérgio Conceição valoriza características de Pepê e defende convocação

Antes da disputa da Taça de Portugal contra o Benfica, que acontece na próxima quarta-feira, no Estádio de Aveiro, o técnico do Porto, Sérgio Conceição, falou sobre as razões que o fazem acreditar que o brasileiro pode se tornar um dos melhores laterais do futebol mundial. Além de sua velocidade, o treinador dos Dragões disse que o jovem brasileiro é um jogador muito inteligente, e associa muito rapidamente o que precisa fazer em campo.

“O Pepê, para mim, além de ser um jogador versátil, é muito inteligente. Tem caraterísticas únicas. É muito forte tecnicamente, é muito rápido, e associa a inteligência a todas essas caraterísticas. Isso faz com que ele seja um jogador excepcional. Há poucos jogadores no mundo com as caraterísticas do Pepê na lateral”, afirmou o treinador.

Recentemente, Pepê conquistou o passaporte italiano, mas ainda não se decidiu em relação à possibilidade de defender as cores de outro país. No primeiro semestre, a imprensa italiana noticiou um possível interesse de Roberto Mancini, então técnico da Itália e hoje na seleção da Arábia Saudita, em contar com o futebol do jogador.

Na América do Sul, a seleção do Paraguai chegou a sondar o jogador. Pepê é filho da paraguaia Zunilda Aquino e tem passaporte do país. Segundo a ESPN, os dirigentes entraram em contato com o atleta, que preferiu aguardar por uma chance com a amarelinha.

 

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo