O técnico da seleção italiana, Roberto Mancini, foi precavido em relação ao sorteio do grupo das Eliminatórias da Copa 2022 na Europa, realizado nesta segunda-feira pela Fifa. A Itália caiu no Grupo C, com Suíça, Irlanda do Norte, Bulgária e Lituânia. Para o treinador, a Azzurra não pode subestimar os adversários na caminhada para chegar ao Catar. Os italianos ficaram fora da última Copa 2018, depois de perder a repescagem para a Suécia.

LEIA MAIS: Fifa sorteia grupos das Eliminatórias da Copa 2022 na Europa

“É um grupo que não deve ser subestimado”, declarou Mancini à Sky Sport Italia. “A Suíça é a segunda seleção mais difícil que poderíamos pegar. Eles poderiam ser cabeças de chave. É claro, eles não ficarão felizes de nos enfrentar”.

“Isso não muda quando nós os enfrentarmos, sabemos para onde queremos ir. Em qualquer caso, será um grupo cheio de armadilhas, nunca podemos perder o foco do objetivo final”, continuou Mancini. “Nós vamos para a Eurocopa para vencer, nós sabemos que não é fácil e será preciso alguma dose de sorte, mas essa é a intenção”.

A Eurocopa 2020 será realizada em 2021, depois do adiamento por causa da pandemia. A Itália é uma das sedes previstas e a Azzurra sonha com a possibilidade de título. “Nós temos um grupo forte e bem estabelecido, mas muitos jogadores interessantes estão surgindo e nós os monitoramos. Em maio, nós iremos avaliar e fazer as escolhas, torcendo para não termos lesões. Nós iremos para a Eurocopa para sermos protagonistas e tentar vencer”.