Eliminatórias da Copa

Fifa nega recurso do Chile sobre irregularidade de Byron Castillo e confirma Equador na Copa do Mundo

Suspeita era que Byron Castillo tinha sido escalado de forma irregular por ter documentos falsos, mas Fifa não viu irregularidade

O Comitê Disciplinar da Uefa negou o recurso do Chile sobre a potencial inegibilidade de Byron Castillo, da seleção do Equador, que foi escalado em oito jogos das Eliminatórias da Copa. A entidade abriu investigação no dia 11 de maio sobre o caso, diante da suspeita que Castillo nasceu na Colômbia e tinha documentos falsos. O Chile entrou com recurso e alegou que a escalação do jogador pela seleção equatoriana foi, portanto, irregular. Com isso, o Equador está mantido na Copa e o Chile segue fora.

Havia muita especulação sobre qual seria a decisão da Fifa e a Asociación Nacional de Fútbol Profesional (ANFP), do Chile, tinha muitas esperanças de conseguir a vaga na Copa que é do Equador. Isso porque caso o Equador perdesse os pontos dos jogos que Byron Castillo entrou em campo e o Chile recebesse os pontos dos dois confrontos que fez com os equatorianos, as duas seleções inverteriam suas posições na tabela. Isso, porém, era uma expectativa chilena.

“Depois de analisar os envios de todas as partes envolvidas e considerando todos os elementos trazidos antes, o Comitê Disciplinar da Fifa decidiu fechar os procedimentos iniciados contra a Federación Ecuatoriana de Fútbol (FEF)”, diz o comunicado da Fifa. Segundo o comunicado, a decisão ainda está sujeita a recurso, que pode ser feita ao Comitê de Recursos da Fifa.

Ainda em maio, a pressão sobre Byron Castillo estava grande. Em um jogo do seu time, o Barcelona de Guayaquil, ele chegou a pedir para ser substituído quando cometeu um pênalti e dizi que “não aguentava mais”.

A Federação do Chile já avisou que pretende recorrer ao Comitê de Recurso da Fifa e além, ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), o que significa que o caso terá mais capítulos antes do fim. A decisão, porém, parece deixar o caminho difícil para que os chilenos consigam os pontos e os equatorianos os percam. Ao que tudo indica, o Equador continuará como seleção classificada à Copa, enquanto o Chile terá que esperar para tentar chegar ao Mundial de 2026.

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo