Copa do Mundo

É Copa do Mundo, amigo! Fifa anuncia as 16 cidades-sede da Copa 2026 nos Estados Unidos, México e Canadá

A primeira Copa do Mundo com 48 seleções e sediada em três países, com 11 nos Estados Unidos, três no México e duas no Canadá

O clima de Copa do Mundo se espalhou nesta quinta-feira em três países da América do Norte. Foi o dia que a Fifa anunciou as 16 cidades que irão sediar a Copa do Mundo de 2026 nos Estados Unidos, México e Canadá. Será a primeira Copa do Mundo com 48 seleções, o que exige mais cidades e estrutura.

Foram anunciados também os estádios que sediarão os jogos, que já estão todos prontos. Não será necessária a construção de nenhum estádio novo, já que um dos critérios que a Fifa anunciou para esta Copa, com a reformulação das exigências para os países-sede, é que as cidades já tivessem infraestrutura de transporte, treinamentos e, claro, um estádio apto a receber a Copa.

Havia bastante expectativa para o anúncio, especialmente para as cidades americanas, com 16 candidatas. As três candidatas mexicanas entraram e duas das três cidades canadenses foram escolhidas. O presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse que a seleção dessas cidades foi acirrada e a escolha só terminou nesta quinta-feira.

“Parabenizamos as 16 cidades-sede da Copa do Mundo por seu excelente compromisso e paixão. Hoje é um dia histórico — para todos nessas cidades e estados, para a Fifa, para o Canadá, os Estados Unidos e o México, que farão o maior show da Terra. Estamos ansiosos para trabalhar em conjunto com eles para entregar o que será uma Copa do Mundo sem precedentes e um divisor de águas, enquanto nos esforçamos para tornar o futebol verdadeiramente global”, disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino.

“Ficamos encantados com a competitividade inigualável desse processo seletivo. Somos extremamente gratos não apenas às 16 cidades que foram selecionadas, mas também às outras seis — com as quais esperamos continuar a nos envolver e explorar oportunidades adicionais para receber torcedores e equipes participantes. Esta sempre foi uma Copa do Mundo da FIFA de três países e isso, sem dúvida, terá um tremendo impacto em toda a região e na comunidade futebolística em geral”, acrescentou o vice-presidente da Fifa e presidente da Concacaf, Victor Montagliani.

Será a terceira Copa do Mundo sediada pelo México, já que o país recebeu o torneio em 1970 e 1986. Os Estados Unidos receberão a Copa pela segunda vez, depois de sediarem em 1994. Já o Canadá sediará a Copa pela primeira vez em sua história. O país sediou a Copa do Mundo Feminina em 2015, com grande sucesso. Também sediou eventos de categorias de base, como o Mundial Sub-20 de 2007.

Com as 48 seleções, serão 80 jogos disputados, com 60 deles nos Estados Unidos. Todos os jogos das quartas de final em diante serão nos Estados Unidos, ainda sem definição de onde serão os jogos de abertura e a final. A expectativa é que a abertura seja na Cidade do México, com a final realizada em Nova York/Nova Jersey.

A Copa do Mundo de 1994 é, até hoje, a Copa com maior público na história. Um recorde que certamente será batido em 2026, com maior número de jogos e com estádios enormes para receberem os jogos. Será uma Copa que irá agradar muitos dos patrocinadores da Fifa também, já que os Estados Unidos são sede de muitas das empresas.

Em 1994, a final foi realizada no Estádio Rose Bowl (que ficou fora desta vez), em Los Angeles, e houve muitas críticas porque o horário foi 12h no horário local, com um calor tremendo. Desta vez, a história deve ser diferente e, até para atender demandas de horário de outros locais, a final tende a ser em Nova York. A Fifa ainda definirá onde serão cada um dos jogos de cada fase em uma data posterior.

“Vamos levar um tempo para tomar essa decisão. Há algumas discussões para continuar e certamente escolheremos as melhores cidades para abertura e final”, afirmou Gianni Infantino à Fox logo após o anúncio.

A Fifa separou as cidades em três grandes regiões: oeste, central e leste. O anúncio grupo a grupo. Confira todas as cidades abaixo:

Oeste

  • Vancouver – BC Place
  • Seattle – Lumen Field
  • Baía de San Francisco – Levi’s Stadium
  • Los Angeles – SoFi Stadium
  • Guadalajara – Estadio Akron

Central

  • Kansas City – Arrowhead Stadium
  • Dallas – AT&T Stadium
  • Atlanta – Mercedes-Benz Stadium
  • Houston – NRG Stadium
  • Monterrey – Estadio BBVA
  • Cidade do México – Estadio Azteca

Leste

  • Toronto – BMO Field
  • Boston – Gillette Stadium
  • Filadélfia – Lincoln Financial Field
  • Miami – Hard Rock Stadium
  • Nova York/Nova Jersey – MetLife Stadium

O anúncio significa o fim do sonho de sediar a Copa para seis cidades, cinco americanas e uma canadense: Baltimore (M&T Bank Stadium), Cincinnati (Paul Brown Stadium), Denver (Empower Stadium), Nashville (Nissan Stadium), Orlando (Camping World Stadium) e Edmonton (Commonwealth Stadium).

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo