Brasil

‘O que passou, passou’: após críticas no Cruzeiro, Wesley quer escrever história diferente no Internacional

Internacional apresentou nesta terça-feira (20) o atacante Wesley, que chega com contrato de três anos após passagem ruim no Cruzeiro

O Internacional apresentou oficialmente, nesta terça-feira (20), no CT Parque Gigante, o atacante Wesley. O jogador de 24 anos, ex-Palmeiras e Cruzeiro, foi anunciado na última sexta-feira (16) como reforço Colorado, e assinou contrato até o final de 2026.

Em sua primeira entrevista coletiva com a camiseta do Inter, Wesley falou sobre sua recente passagem pelo Cruzeiro, em que recebeu fortes críticas da torcida. Contratado por cerca de R$ 16 milhões do Palmeiras, o atacante marcou apenas quatro gols e distribuiu duas assistências em 42 jogos pela Raposa.

— Críticas acontecem. Acho que no Cruzeiro pela questão do investimento que foi feito pelo clube é normal as críticas, a cobrança. Acho que o que passou, passou. Aqui é uma nova história, e vamos construir ela da forma mais bonita possível — afirmou Wesley.

Coudet conversou com Wesley, mas ainda não disse onde pretende utilizá-lo

As conversas com profissionais do Internacional foram decisivas para que Wesley aceitasse a proposta. Não só com o diretor de futebol Magrão — que já havia tentado levar o atacante para o Estados Unidos, quando trabalhava no Seattle Sounders –, mas também com o técnico Eduardo Coudet.

— Vindo um primeiro contato de um treinador de uma equipe como o Inter, qualquer atleta daria uma balançada. Tive um primeiro contato, uma ligação, ele deixou claro o desejo de contar comigo na equipe — contou Wesley.

De acordo com o atacante, essa conversa ainda não teve viés tático. Pelas características de drible e velocidade, Wesley chega para ser alternativa a Wanderson, destaque do Inter neste início de temporada. E o novo reforço acredita que terá condições de executar a mesma função do companheiro, que atua como meia pela esquerda e tem muitas atribuições defensivas no 4-1-3-2 de Coudet.

— Isso aí a gente deixa para a parte de scout do clube. Se eu fui selecionado para estar aqui, acho que tenho condições de fazer o que o treinador vai me pedir. Não só nessa função, mas em outras, em qualquer circunstância que o Inter precisar, que o treinador precisar, vou estar à disposição — garantiu.

Para eventualmente atuar na dupla de ataque, Wesley terá concorrência pesada. Afinal, mesmo com a saída de Pedro Henrique para o Corinthians, o elenco do Inter conta com Enner Valencia, Lucas Alario, Alan Patrick, Lucca e Luiz Adriano, além de Borré, que ainda não chegou.

Estreia no Gre-Nal?

Já regularizado no BID da CBF e inscrito no Campeonato Gaúcho, Wesley pode, legalmente, estrear no clássico Gre-Nal do próximo domingo (25), às 18h, no Beira-Rio. O atacante sabe que Coudet exige muito fisicamente de seus atletas, e que sua utilização no final de semana dependerá da evolução que apresentar durante os treinamentos dos próximos dias.

— Cheguei na quinta-feira (15), e desde já ele me perguntou como eu estava. [Disse] Que ele gosta de um time apto para estar desempenhando. Acho que essa semana vai dar para ver o trabalho do professor, e durante a semana vamos ver o que el acha, se posso estar à disposição para o clássico — projetou Wesley.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo