Brasil

Vasco soma diversas frustrações na busca por reforço dos sonhos

A poucos dias do início do Campeonato Brasileiro, o Vasco segue sem conseguir contratar o volante pedido pelo técnico Ramón Diaz

O Vasco viu duas negociações se encerrarem com finais frustrantes na última segunda-feira (9), e pode chegar no Campeonato Brasileiro sem o tão sonhado volante do técnico Ramón Diaz. Nos últimos dias, o Cruz-Maltino não conseguiu avançar por Emmanuel Martínez, do Fortaleza, e nem por Marlon Freitas, do Botafogo. Agora, a poucos dias da estreia pelo Brasileirão e a dez dias do fim da janela de abril, o Vasco vai precisar buscar alternativas no mercado.

A prioridade do Vasco era Marlon Freitas. O voltante do Botafogo era uma escolha pessoal de Ramón Diaz, que gostou do que viu do jogador. Mas, desde surgimento do interesse do Vasco, em contatos com o empresário do atleta, o Botafogo já havia deixado claro que não tinha a intenção de negociar o jogador. John Textor, dono da SAF alvinegra, falou publicamente que contava com o Marlon Freitas no clube e rasgou elogios ao jogador, que tem sido titular do clube neste começo de 2024.

Segundo o SBT, o Vasco chegou a acenar com uma proposta na casa dos R$ 15 milhões, mas nem isso foi capaz de dobrar John Textor e o Botafogo. O dono da SAF alvinegra, inclusive, não teria nem se interessado em analisar a proposta do Vasco. Assim, sem sucesso, o Cruz-Maltino não deve mais insistir na contratação do jogador.

Marlon Freitas chegou a passar por um momento conturbado com a torcida do Botafogo. O volante foi um dos jogadores mais criticados pela queda de produção do time na reta final do Campeonato Brasileiro de 2023, e foi vaiado até mesmo nos primeiros jogos do clube neste ano. No entanto, com boas atuações, Marlon Freitas superou as críticas e passou a ser elogiado pelos alvinegros, que o aplaudiram nos últimos jogos e, inclusive, cantaram “parabéns” ao jogador no dia do seu aniversário, há duas semanas.

Marlon Freitas era a prioridade do Vasco e de Ramón Diaz para a posição (Foto: Icon Sport)

Emmanuel Martínez também ficou distante do Vasco

Em paralelo à negociação de Marlon Freitas, o Vasco também conversava com o América-MG na tentativa de contatar o volante Emmanuel Martínez. Diferente da situação de Marlon, Martínez tinha o desejo de deixar o Coelho, que também estava disposto a negociar o jogador.

O Vasco já vinha conversando informalmente com o América-MG desde a última semana e tentou estreitar as relações durante o amistoso realizado entre os clubes, em São Januário, no último sábado.

No entanto, mais uma vez, o Vasco não teve um final feliz. O Cruz-Maltino tentou a contratação de Martínez por empréstimo, enquanto o América-MG desejava negociar o atleta em definitivo, em uma negociação de cerca de US$ 2 milhões (R$ 10 milhões, na cotação atual). Quem mais chegou perto do desejo do time mineiro foi o Fortaleza, que também disputava o jogador. De acordo com o jornalista César Luis Merlo, o time cearense já tem um acordo verbal com o Coelho e a negociação deve ser concretizada em breve.

Ramón Diaz insiste em contratação de voltante

Desde o começo da temporada, Ramón Diaz deixou claro o seu desejo por um volante “que saiba jogar”. Sforza, contratado em fevereiro, preenche, em parte, essa característica. No entanto, o treinador também deseja um jogador mais experiente, que possa chegar para jogar.

Ramón Diaz e o auxiliar técnico Emiliano Diaz falaram repetidas vezes – e publicamente – sobre a necessidade do Vasco contratar reforços neste começo de temporada. Depois do fim da janela, em que o Vasco investiu mais de R$ 100 milhões, o técnico ainda insistiu na contratação de um volante.

– Pedimos ao clube um volante. Acredito que com o tempo vamos poder tê-lo. Falamos com o clube. Existe o jogador que quero. E vão ver o que podem fazer – afirmou Ramón Diaz após a eliminação para o Nova Iguaçu, em março, pelo Campeonato Carioca.

Antes de Marlon Freitas, o grande sonho de Ramón Diaz era Gustavo Cuellár, ex-Flamengo e que hoje está no Al Shabab, da Arábia Saudita. O clube chegou a sondar a situação do colombiano no começo da temporada, mas os valores estavam longe do que o Vasco poderia bancar, tanto pela rescisão do contrato com o clube árabe como pelo salário do jogador, que trabalhou com Ramón Diaz no Al-Hilal.

Quais as opções do Vasco para a posição?

Além de Marlon Freitas e Martínez, o Vasco já havia demonstrado interesse no volante Caíque, do Juventude. Mas o jogador, que foi vice-campeão do Campeonato Gaúcho no último sábado, está valorizado no mercado e é disputado por outros clubes. Mas, sem as duas primeiras opções, o Cruz-Maltino deve insistir no jogador de 28, que será a prioridade do clube agora.

Sem diretor de futebol desde a demissão de Alexandre Mattos, o CEO Lúcio Barbosa vem tocando as negociações do Vasco com o apoio da comissão técnica e dirigentes e funcionários do scout da 777 Partners, além do próprio departamento de scout do Vasco.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Jornalista formado pela UFF e com passagens, como repórter e editor, pelo LANCE!, Esporte News Mundo e Jogada10. Já trabalhou na cobertura de duas finais de Libertadores in loco. Na Trivela, é setorista do Vasco e do Botafogo.
Botão Voltar ao topo