Brasil

Vasco acerta venda de Marlon Gomes para o Shakhtar Donetsk, e meia não atua mais pelo clube

Depois de Gabriel Pec, o meia Marlon Gomes é mais uma cria da Colina vendida pelo Vasco neste começo de 2024

O Vasco acertou a venda de mais uma cria de São Januário. Depois de Gabriel Pec, a diretoria vascaína fechou, nesta quinta-feira, a transferência do meio-campista Marlon Gomes para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. A informação foi publicada inicialmente pelo jornalista Fabrizio Romano e confirmada pela Trivela.

O Shakhtar Donetsk vai pagar 12 milhões de euros (cerca de R$ 63,9 milhões, na cotação atual) ao Vasco por Marlon Gomes. Além disso, o contrato prevê metas e bônus, que podem chegar em até 4 milhões de euros, fazendo a negociação poder render até R$ 85 milhões para o Cruz-Maltino.

Marlon Gomes tinha contrato com o Vasco até o fim de 2026. O Cruz-Maltino tem 85% dos direitos econômicos do jogador de 20 anos, enquanto o Nova Iguaçu, clube que o revelou, tem os outros 15%. A última renovação de vínculo do Vasco com Marlon aconteceu no começo de 2023, após o meia se destacar na campanha da Série B do ano anterior. A multa rescisória no contrato de Marlon era de 16 milhões de euros, valor total que o Shakhtar pode pagar pela negociação.

Atualmente, Marlon Gomes está com a seleção brasileira sub-23 na Venezuela para a disputa do Pré-Olímpico, que vai até o dia 11 de fevereiro. Como a venda para o Shakhtar já está acertada e assinada, o meia não volta mais para o Vasco e vai se apresentar direto no clube ucraniano para a sequência da temporada 2023/24.

Apesar de contar com a simpatia de Ramón Diaz e do potencial que já apresentou pelo clube e pelas seleções de base, Marlon Gomes teve dificuldades para se firmar entre os titulares em 2023 e também deveria seguir sem tanto espaço na atual temporada. Assim, a venda, pelo valor da multa, chega em um bom momento para o Vasco, que pode fazer novos investimentos de olho no futuro do clube.

Marlon Gomes disputou 26 jogos pelo Vasco em 2023, sendo apenas 15 como titular (Foto: Icon Sport)

Marlon Gomes teve dificuldades para se firmar no Vasco em 2023

Apesar de ser uma das melhores revelações do Vasco nos últimos anos, Marlon Gomes teve dificuldade para se firmar no time titular na última temporada, tanto pelas convocações para as seleções de base, como por lesões. Em 2023, foram 26 jogos com a camisa vascaína, sendo 15 como titular. Ele não balançou as redes e nem deu assistências. Quando vinha ganhando espaço com Ramón Diaz no returno, em outubro, ele sofreu uma lesão na coxa esquerda e só voltou ao time na reta final do Brasileiro. No entanto, na última rodada do Brasileirão, contra o Red Bull Bragantino, em São Januário, quando foi titular, ele voltou a sentir uma lesão e deixou o jogo ainda aos 25′ do primeiro tempo.

No Vasco desde o sub-15, Marlon Gomes se destacou na disputa da Série B de 2022. Ele passou a integrar o elenco profissional no meio da competição e foi importante na campanha do acesso para a Série A. Marlon marcou dois gols e deu duas assistências em 18 partidas naquele Brasileiro.

Marlon Gomes é a segunda venda milionária nesta janela

Antes de acertar a venda de Marlon Gomes para o Shakhtar Donetsk, o Vasco também encaminhou outra venda milionária neste começo de 2024. Há duas semanas, a diretoria vascaína acertou a venda do atacante Gabriel Pec ao LA Galaxy, dos Estados Unidos.

Depois de uma primeira proposta, recusada pela diretoria, o Vasco melhorou os termos e aceitou a mesma oferta de US$ 10 milhões (cerca de R$ 48,9 milhões) do LA Galaxy. Mas por “apenas” 70% dos direitos econômicos de Gabriel Pec. Além disso, foram incluídos metas no contrato que, se batidas, podem render mais US$ 1,5 milhão (R$ 7,3 milhões). Assim, a negociação pode sair por até R$ 52,9 milhões. E o clube ainda mantém 30% dos direitos que podem ser envolvidos em outra possível negociação.

Além de Marlon Gomes e Gabriel Pec, o Vasco ainda pode negociar o meia-atacante Luca Orellano. O argentino pediu para deixar o clube – e o futebol brasileiro -, mas a diretoria vascaína ainda aguarda ofertas pelo jogador de 23 anos.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo