Brasil

No dia em que recebe medalha do Mérito Farroupilha, Suárez fala como se estivesse indo embora

Ao receber medalha do Mérito Farroupilha, distinção máxima oferecida pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, Luis Suárez deu discurso em tom de despedida do Grêmio e do estado

Luis Suárez recebeu nesta terça-feira (28) a medalha do Mérito Farroupilha. Trata-se da distinção máxima da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, destinada a figuras que contribuíram para o desenvolvimento econômico, social e cultural do estado. A honraria ao centroavante do Grêmio foi proposta pelo deputado estadual Airton Artus (PDT) e pelo secretário estadual do Trabalho e Desenvolvimento Profissional, Gilmar Sossella (PDT).

O discurso de Suárez foi em tom de despedida. Como já havia adiantado em julho, o craque uruguaio acertou com a direção gremista que deixaria o clube ao final desta temporada, apesar do contrato até dezembro de 2024, por entender que não conseguiria contribuir da maneira ideal por mais um ano, devido à intensidade e ao calendário do futebol brasileiro. O provável destino do centroavante de 36 anos é o Inter Miami, dos Estados Unidos, time de Messi, Busquets e Jorge Alba.

Suárez agradece honraria, e destaca que quis levar vida ‘normal' no Rio Grande do Sul

Além de agradecer aos deputados, que sugeriram e aprovaram a entrega da honraria, Suárez também ressaltou o carinho do povo gaúcho. Segundo o uruguaio, isso ratificou a escolha de destino após deixar o Nacional, no final do ano passado.

— É uma honra. Em primeiro lugar, agradecer a cada um deles [deputados]. Mas, acima de tudo, agradecer ao povo do Rio Grande do Sul pelo carinho com que me trataram desde o primeiro dia. É uma confirmação de uma grande decisão que tomei, que minha família tomou, de vir para cá, a uma cidade, a um país muito querido, no qual sabíamos que íamos estar bem — destacou Suárez.

O centroavante comentou sobre a vida ‘normal' que teve nesses quase 11 meses no Rio Grande do Sul. Disse que era uma imagem que queria passar às pessoas. Não só em Porto Alegre, mas também em Eldorado do Sul, onde residiu, e no interior do estado, em viagens com a família.

“Tento ser um ser humano como qualquer outro. Necessito ser pai, marido, amigo” — Luis Suárez

— Como todo viu, tento ser um ser humano como qualquer outro. Necessito ser pai, marido, amigo. Trato de ser assim, e por isso tentei que a gente aqui do Rio Grande do Sul me visse dessa forma. De ir ao supermercado, levar meus filhos, buscá-los no colégio. Acompanhar minha filha na hípica, de ir a uma galeria, de “matar mosquitos”, como disseram. Não estava matando mosquitos, estava brincando com meu filho, mas enfim… desfrutar de tudo de lindo que tem aqui em Porto Alegre. Desfrutamos dos arredores, do Rio Grande do Sul. Fomos a Gramado, desfrutamos em uma estância, desfrutamos muito — frisou.

Suárez celebra gols nos clássicos, mas ressalta carinho que recebeu também da torcida do Internacional

Os verbos utilizados no passado já davam indícios de um discurso de despedida. E não teve como ficar mais claro quando Suárez falou sobre o que ele e sua família deixarão para trás.

— A dor que te dá estar uma cidade em que deixa amigos… nossas crianças deixam grandes amizades, eu deixo um momento único que vivi, que foi fazer gols nos clássicos — citou El Pistoleiro. Ele marcou duas vezes em três Gre-Nais disputados. Um golaço na vitória por 3 a 1, na Arena do Grêmio, no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, e um gol de falta na derrota por 3 a 2, no Beira-Rio, no segundo turno da competição nacional.

Suárez comemora golaço no Gre-Nal do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Apesar disso, Suárez ressaltou o tratamento dispensado também pela torcida colorada. Na parte final do discurso, deixou mensagem contra a violência no futebol.

“A torcida do Inter vir me pedir fotos tem que ser uma linda mensagem” — Luis Suárez

— Fico com o carinho que me deu a torcida do Grêmio, a torcida do Internacional, porque querendo ou não há uma rivalidade, mas tirei muitas fotos com gente [do Internacional]. A paixão pelo futebol tem que unir, e tem que ser uma mensagem à sociedade contra a violência. A torcida do Inter vir me pedir fotos, tem que ser uma linda mensagem — ressaltou.

Suárez terá, no máximo, mais três partidas pelo Grêmio

Os gremistas, colorados e amantes do futebol terão no máximo mais três partidas para desfrutar o talento do craque uruguaio em solo brasileiro. Pelo Brasileirão, o Grêmio ainda enfrenta Goiás e Vasco da Gama, em Porto Alegre, e Fluminense, no Rio de Janeiro. Porém, Suárez está pendurado, com dois cartões amarelos.

Até aqui, El Pistolero tem 26 gols e 16 assistências em 51 jogos pelo Grêmio. Apenas no Campeonato Brasileiro, são 14 gols e 10 assistências em 30 partidas. Ele é líder em participações em gol tanto da competição nacional em si, quanto da temporada do futebol brasileiro como um todo.

Suárez pelo Grêmio

  • 51 jogos
  • 26 gols
  • 16 assistências

Próximos jogos do Grêmio

  • Grêmio x Goiás – Campeonato Brasileiro – quinta-feira, 30 de novembro, às 19h
  • Grêmio x Vasco da Gama – Campeonato Brasileiro – domingo, 3 de dezembro, às 18h30min
  • Fluminense x Grêmio – Campeonato Brasileiro – quarta-feira, 6 de dezembro, às 21h30min

 

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho. Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Antes de escrever pela Trivela, esteve na Rádio Grenal e na RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo