Série B

Sobis fez um golaço do meio-campo, e o Cruzeiro goleou para continuar subindo na Série B

O Cruzeiro venceu a sexta partida em dez rodadas da Série B desde a chegada de Luiz Felipe Scolari e da maneira mais magnífica até agora: goleando o Brasil de Pelotas por 4 a 1 com um golaço de Rafael Sobis do meio-campo.

Felipão foi contratado no começo de outubro. O auxiliar Célio Lúcio comandou o empate por 0 a 0 com o Juventude, antes de ele assumir o time oficialmente para enfrentar o Operário, pela 17ª rodada da segunda divisão.

Quando Felipão chegou, a Raposa era vice-lanterna da Série B com apenas 13 pontos. Desde então, perdeu apenas uma vez e, com seis vitórias e três empates, chegou a 34 pontos. Foi alçado ao 11º lugar e buscará mirar o grupo de acesso. Está a oito pontos do Juventude, quarto colocado.

Logo aos dez minutos do primeiro tempo, Sobis cruzou de perna esquerda para a segunda trave, e Arthur Caíke apareceu para abrir o placar. O segundo não demorou para aparecer. Aos 13, Filipe Machado cobrou falta na área, e Jarro marcou contra. Bruno José descontou com um chute cruzado de canhota, e Sobis, de pênalti, manteve a vantagem em dois gols para o segundo tempo.

Aos 28 minutos da etapa final, Sobis fez a sua pintura. Recebeu a bola no círculo central, ainda no campo de defesa, e nem hesitou: mandou direto para o gol. Rafael Martins estava adiantado e não conseguiu voltar a tempo para evitar o golaço – embora tenha até chegado perto.

O Brasil de Pelotas é o 14º colocado, agora um ponto atrás do Cruzeiro, e enfrenta o Náutico, fora de casa, na próxima rodada. O Cruzeiro mede forças com o CRB, também como visitante.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo