Brasil

Conheça a curiosa rivalidade entre São Bernardo e Santo André, uma das mais tradicionais da região do ABC Paulista

Bernô e Ramalhão prometem jogo disputado na noite desta segunda-feira no complemento da nona rodada do Paulistão

São Bernardo e Santo André se enfrentam na noite desta segunda-feira (19), no complemento da nona rodada do Campeonato Paulista. As duas equipes estão em situações bem diferentes na tabela de classificação da competição e duelam às 19h no Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo. Curiosamente, os dois clubes representam cidades muito próximas, que estão a aproximadamente quatro quilômetros de distância. A história da rivalidade entre os dois municípios é muito curiosa também. As informações foram coletadas pelo pessoal da página Última Divisão em sua página oficial do X (antigo Twitter).

Moradores de São Bernardo do Campo são conhecidos como batateiros e os moradores de Santo André ceboleiros e o motivo por trás disso é surpreendente. Tudo parte de 1920, quando os times da cidade eram o Atlético de São Bernardo e o Corinthians de Santo André. Aqueles que moravam na Vila São Bernardo eram conhecidos como “batateiros” pelos paulistanos, nome dado de forma pejorativa aos residentes daquela região por conta da força do plantio de batatas daquela terra.

Até aquele momento, Santo André não era considerada uma cidade independente e estava atrelada à cidade de São Bernardo. Os moradores dali queriam a sua emancipação e deram início a uma intensa rivalidade, presente até os dias atuais. Após um duelo entre os times da cidade, os torcedores do Atlético São Bernardo atiraram batatas podres contra a torcida do Corinthians de Santo André. O troco veio um tempo depois, com a torcida corintiana atirando cebolas nos rivais.

Após 18 anos, em 1938, Santo André finalmente conseguiu sua emancipação como município, se separando de São Bernardo. Entretanto, os apelidos “batateiros” dos moradores de São Bernardo do Campo e “ceboleiros” pelo pessoal de Santo André foram aceitos pelos cidadãos da região, que hoje usam tais nomes como símbolo de orgulho e representatividade.

São Bernardo e Santo André marca duelo de gerações

O Esporte Clube Santo André foi fundado em 18 de setembro de 1967, mas tinha outro nome, Santo André Futebol Clube. A denominação atual só foi registrada oito anos mais tarde, em 22 de março de 1975. É o segundo time mais antigo da região do ABC Paulista, atrás do Esporte Clube São Bernardo, que disputa a Série A3 do Paulistão. O Ramalhão teve o seu auge na primeira metade dos anos 2000, quando foi campeão da Copa do Brasil em 2004 e chegou a disputar a elite do futebol brasileiro em 2010.

Este ano, a equipe do EC Santo André vem fazendo uma de suas piores campanhas no Paulistão e é candidato sério ao rebaixamento da competição. Em momento completamente oposto, o São Bernardo Futebol Clube, outro time da cidade, tem bem menos idade do que seu rival na noite desta segunda-feira. O Bernô foi fundado no dia 19 de dezembro de 2004 e tem um dos projetos de futebol mais bem estruturados entre os times de São Paulo.

O Tigre do ABC, apesar da pouca idade, vem ganhando notoriedade não só dentro do cenário estadual, mas também nacional. A equipe comandada por Márcio Zanardi quase conseguiu o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro e ao lado de outras forças do estado como Novorizontino e Mirassol, representa um momento mais competitivo dos times fora do eixo dos clubes “grandes” do estado de São Paulo.

Em termos de conquistas, o São Bernardo Futebol Clube conquistou a Copa Paulista em 2013 e 2021, além dos títulos do Campeonato Paulista A2 em 2012 e 2021. Desde 2022, o Tigre do ABC vem fazendo grandes campanhas na elite do futebol de São Paulo. Na temporada passada, o time Aurinegro fez a segunda melhor campanha da primeira fase, sendo eliminado pelo campeão paulista, o Palmeiras nas quartas de final da competição.

Sendo assim, podemos dizer que Santo André e São Bernardo marca um confronto de diferentes gerações dentro do estado de São Paulo e representa a grandeza e força do futebol do ABC Paulista no estado. Outro confronto entre times da região acontece no próximo dia três de março. O Bernô encara o Água Santa, time da cidade de Diadema. A partida acontece no dia três de março (domingo), às 16h (horário de Brasília) no Estádio Primeiro de Maio.

Retrospecto é favorável ao Tigre do ABC

Apesar de ser o time mais novo em relação ao adversário, o São Bernardo leva vantagem nos jogos contra o Santo André. São 15 jogos com cinco vitórias do Ramalhão, três empates e sete triunfos do Bernô. No último confronto entre os times pelo Campeonato Paulista, o Santo André bateu o São Bernardo pelo placar de 1 x 0 em jogo disputado no Estádio bruno José Daniel.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo