Brasil

Conheça as equipes invictas em todas as divisões de acesso do Campeonato Paulista

Série A4, mais nova do estado de São Paulo é a competição com maior número de times que ainda não perdeu

O Campeonato Paulista é conhecido por ser o mais disputado do Brasil. Não é à toa que entra ano, sai ano, o estadual de São Paulo se torna cada vez mais concorrido, com equipes menores do cenário chegando longe e surpreendendo. Em 2023, o Água Santa, de Diadema, chocou os amantes do esporte bretão ao chegar na grande decisão da competição, ficando com o vice-campeonato ao perder a final para o Palmeiras. Um dado que chama a atenção neste ano é que nas quatro divisões do estado, ao menos oito times continuam invictos.

Entre eles o São José, que vai voando baixo na Série A2 e é um dos favoritos a conquistar o acesso para a elite do Campeonato Paulista e voltar a disputar a elite após 25 anos. Além da Águia do Vale, a Ferroviária de Araraquara, rebaixada da principal divisão de São Paulo na temporada passada, vai fazendo uma campanha sólida até aqui na segunda divisão estadual com três vitórias e cinco empates. Já na A3, o EC São Bernardo e o Marília são as únicas equipes da divisão que ainda não perderam um jogo sequer.

O Cachorrão, equipe mais antiga da cidade de São Bernardo do Campo, tem três vitórias e três empates na competição. Já o tradicional MAC, equipe que até pouco tempo estava na primeira divisão do estado de São Paulo, é o nono colocado no Paulistão A3 com oito pontos ganhos, sendo uma vitória e cinco empates em seis jogos disputados.

Na A4, três times detém o posto de invictos até o momento. O Grêmio São-Carlense, líder com 10 pontos, sendo três vitórias e um empate, o Taquaritinga, com duas vitórias e dois empates e o Osasco Audax também com duas vitórias e dois empates.

Campanhas dos invictos nas divisões de acesso do Campeonato Paulista

Série A2 – São José

A Águia do Vale vem de um ano de 2023 muito produtivo. O time treinado por Ricardo Costa foi vice-campeão do Paulista A3, perdendo a final para o Capivariano e foi vice-campeão da Copa Paulista, perdendo a final para a Portuguesa Santista. Em 2024, o clube se manteve organizado, encaixou muito bem na Série A2 e não perdeu um jogo sequer na competição em oito jogos disputados. São seis vitórias e dois empates, melhor ataque da divisão com 14 gols marcados e a melhor defesa com três sofridos.

Um dos destaques do time é o meia João Gabriel, camisa dez do time e com perfil de atleta clássico. O jogador é o motorzinho que faz tudo funcionar no time do São José e também é o artilheiro da Águia do Vale no Campeonato Paulista A2 com cinco gols marcados.

Série A2 – Ferroviária

A tradicional Locomotiva foi rebaixada no Campeonato Paulista em 2023, entretanto, conquistou o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. Este ano, a equipe treinada por Vinícius Bergantin soma três vitórias e cinco empates no Campeonato Paulista A2 e está dentro da zona de classificação para as quartas de final da competição. O time marcou oito gols e marcou quatro, ocupando até o momento a quarta colocação na tabela.

Entre os artilheiros da equipe, três jogadores aparecem com dois gols marcados, são eles, o atacante Vitor Barreto, o meia Paulinho e Matheus.

Série A3 – EC São Bernardo

O Cachorrão de São Bernardo do Campo vem praticando um futebol de alto nível, sendo um dos times mais competitivos do Campeonato Paulista A3. Na terceira colocação da tabela com 12 pontos ganhos, a equipe treinada por Renato Peixe tem como trunfo um elenco jovem e repleto de atletas de extrema qualidade. Caso dos laterais João Vitor e Inácio, além do atacante Gustavo Santana, jogador que subiu para o profissional após ótima performance na última Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Um aspecto que chama a atenção nesta equipe do EC São Bernardo é a versatilidade de seus jogadores, principalmente do meio para frente. O próprio Gustavo Santana, por exemplo, é um atacante que pode jogar de forma mais fixa na área, mas também tem qualidade para atuar pelos lados do campo, ou até mesmo como um meia-atacante, como na última rodada, quando o Dogão venceu o líder Catanduva por 2 x 0 no Estádio Primeiro de Maio.

Série A3 – Marília

O tradicional Marília Atlético Clube, do técnico Cléber Gaúcho, é um caso à parte dentro do grupo dos invictos nas divisões de acesso em São Paulo. Isso porque a equipe Alviceleste é a única que está fora da zona de classificação de sua divisão, mesmo sem ter perdido um jogo sequer. Acontece que o MAC empatou nada mais nada menos do que cinco jogos em seis disputados no Campeonato Paulista A3.

A equipe tem jogado bem, saído na frente em seus jogos, mas tem tido o azar de tomar alguns gols nos últimos momentos das partidas. Frente à Itapirense na última rodada, por exemplo, o Marília saiu na frente com um lindo gol de bicicleta anotado por Ruster e na última bola do jogo, a equipe “maqueana” acabou sofrendo um empate dolorido, que tirou o time Alviceleste do G8 da competição.

Série A4 – Grêmio São-Carlense

O líder da mais nova competição do estado de São Paulo é também o time que vem jogando o melhor futebol da divisão até o momento. O Lobo da Central somou dez pontos até o momento, sendo três vitórias e um empate. A equipe de São Carlos é o melhor ataque da competição com nove gols marcados e a segunda melhor defesa da competição, com apenas três sofridos, atrás do Barretos que tem dois.

João Victor e Vinícius Soares, são os artilheiros e principais destaques do time treinado por Leandro Mehlich, que começou muito bem o Campeonato Paulista A4 e é um dos maiores favoritos a garantir o acesso para a Série A3 em 2025.

Série A4 – Osasco Audax

Finalista do Campeonato Paulista de 2016, o Osasco Audax vive um momento bem diferente do tempo em que era treinado por Fernando Diniz. Mesmo assim, a equipe começou muito bem o Campeonato Paulista A4 e, assim como o Grêmio São-Carlense, é um dos favoritos ao acesso em 2024. Até o momento, o time conquistou duas vitórias e dois empates, somando oito pontos e ocupa atualmente a terceira colocação na tabela.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo