BrasilCampeonato Brasileiro

Renê e Paulão resolveram competir pelo gol contra mais bonito no início do Brasileirão

Se o primeiro dia de Brasileirão ficou marcado pelos resultados definidos em cima da hora, o segundo pode ser o dia dos gols contra. O primeiro a nos agraciar com um lance de boa técnica na hora errada foi Renê, do Sport. Um lance acrobático para evitar a conclusão da jogada do Figueirense, mas que acabou no fundo das redes. Depois bateu aquela inveja em Paulão, do Inter, que fechou a boa vitória do Atlético Paranaense sobre o Colorado com um carrinho fulminante.

VEJA TAMBÉM: Arena Pantanal vazia é a prova da desconexão de nossos dirigentes com a realidade

Embora a finalização sem querer de Paulão tenha sido indefensável para Alisson, o vencedor da disputa pelo gol contra mais bonito da rodada de abertura do brasileirão tem de ser mesmo Renê. Um carrinho como o do zagueiro do Inter, mesmo tão forte, qualquer um é capaz de fazer. Já o defensor do Sport realmente se esforçou por ali para alcançar a bola daquela maneira. Para sua sorte, a dor de cabeça não foi tão grande, já que o Leão bateu o Figueira por 4 a 1. Paulão, por outro lado, decretou a derrota colorada por 3 a 0, marcada por boa atuação coletiva do Furacão, mas com destaque para Walter, autor do primeiro gol.

O gol acrobático de Renê

O carrinho fulminante de Paulão

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo