Brasil

Palmeiras está próximo de superar R$ 1 bilhão em vendas com Crias na Era Abel

Clube alviverde deve concluir as vendas de Luis Guilherme e Estêvão para o futebol inglês ainda neste mês

As negociações de Estêvão, com o Chelsea, e Luis Guilherme, com o West Ham, se fechadas pelos valores apurados pela Trivela, vão gerar 95 milhões de euros — cerca de R$ 544 milhões na cotação atual.

Desse montante, ainda não está definido quanto exatamente vai para os cofres do Palmeiras, quanto fica com os atletas e outras partes. Inclusive, tais tratativas são parte do que ainda impede os martelos de serem batidos definitivamente.

Com tais cifras, a somatória geral dos valores desembolsados pelos clubes compradores de Crias da Academia, na Era Abel Ferreira, vai bater em 237,64 milhões de euros — o equivalente a R$ 1,361 bilhão.

A conta é aproximada e prática. O valor da negociação de Endrick, por exemplo, considera o cumprimento de todas as metas futuras e inclui os impostos quitados pelo Real Madrid na negociação.

Mas, muito embora não tenha precisão absoluta, o cálculo demonstra quanto o Palmeiras fez valer os jogadores que revelou nas suas categorias de base.

Nem todos tiveram chances

O corte temporal “Era Abel” em questão tem menos a ver com a comissão técnica portuguesa do que com o momento em que as negociações aconteceram.

A valorização de alguns atletas tem influência direta do trabalho de Abel Ferreira e sua comissão técnica. O exemplo mais bem-acabado é Danilo, que evoluiu muito sob a batuta do técnico e saiu por 20 milhões de euros para o Nottingham Forest.

Vale o mesmo para Estêvão, embora em menor escala, dado que as propostas por sua contratação já chegavam ao clube quando o jogador estava no sub-17.

Mas, em alguns casos, ter passado pelos profissionais do Palmeiras mudou pouco a vida de alguns jogadores. Até porque, alguns deles mal tiveram chances de jogar.

Negociados, respectivamente, por 9 e 12 milhões de euros, os atacantes Giovani e Kevin jogaram pouco pelo Alviverde.

Atualmente no Al Sadd, do Catar — sim, o mesmo do imbróglio com Abel –, Giovani apareceu em 35 partidas e fez dois gols com a camisa do Palmeiras.

Kevin, no Shakhtar Donetsk desde o começo da temporada, jogou ainda menos: 11 jogos e apenas um gol, ainda em 2021. O zagueiro Pedrão apenas treinou com os profissionais.

Os Crias negociados na era Abel e seus valores (em milhões de euros)

  • Kevin – 12 (Shakhtar Donetsk)
  • Danilo – 20 (Nottingham Forest)
  • Patrick de Paula – 6 (50%) (Botafogo)
  • Gabriel Silva – 1,5 (Santa Clara)
  • Pedrão – 0,8 (Portimonense)
  • Gabriel Veron – 10,34 (Porto, atualmente no Cruzeiro)
  • Wesley – 3 (Cruzeiro, atualmente no Internacional)
  • Endrick – 80 (Real Madrid)
  • Giovani – 9 (Al Sadd)
  • Estêvão – 65 (Chelsea)*
  • Luis Guilherme – 30 (West Ham)*

Valor total em euros sem Estêvão e Luis Guilherme: 142,64 milhões
Valor total em euros com Estêvão e Luis Guilherme: 237,64 milhões

Valor total em R$ sem Estêvão e Luis Guilherme – 817,469 milhões
Valor total em R$ com Estêvão e Luis Guilherme – 1,361 bilhão

* negociações não concluídas 

Próximos jogos do Palmeiras: datas, horários e onde assistir

  • Palmeiras x Vasco — Campeonato Brasileiro — quinta-feira, 13 de junho, às 21h30, no Allianz Parque — Globo (TV aberta) e Premiere (Pay Per View)
  • Atlético-MG x Palmeiras — Campeonato Brasileiro — segunda-feira, 17 de junho, às 21h30, na Arena MRV — SporTV (TV fechada) e Premiere (Pay Per View)
  • Palmeiras x Bragantino — Campeonato Brasileiro — quinta-feira, 20 de junho, às 21h30, no Allianz Parque — SporTV (TV fechada) e Premiere (Pay Per View).
Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata Lima

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, Diego cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo