Brasil

Palmeiras abre conversas para tirar Gabigol do Flamengo; Cruzeiro bate em retirada

Clube alviverde vê situação como complicada e ainda em estágio inicial, mas está no páreo

O Palmeiras abriu conversas com o atacante Gabigol, do Flamengo. Com contrato só até o fim do ano, o jogador já pode assinar um pré-contrato com outra agremiação.

A Trivela apurou com fontes do clube que as conversas estão ainda em estágio muito inicial, mas já existem. Se conseguir chegar a um bom termo com o jogador, o clube alviverde viverá dois cenários.

Para trazê-lo para São Paulo antes do fim deste ano, terá que compensar o Flamengo financeiramente. Caso contrário, aguarda pelo jogador em janeiro – situação que não seria problema para o Verdão.

Revelado pelo Ge, o início das negociações foi confirmado pela Trivela também com pessoas ligadas ao jogador.

Cruzeiro bate em retirada

Na manhã desta terça-feira (2), Pedro Lourenço, principal acionista do Cruzeiro, afirmou que o clube não fará mais contratações nesta janela de transferências e complementou ao dizer que a Raposa não apresentará proposta por Gabriel Barbosa.

Um clube a menos interessado no atacante, que também teve nome ligado a Santos e Grêmio recentemente.

Cautela do Palmeiras

Embora tenha havido uma evolução, o clube alviverde vê a situação com muita cautela, por não acreditar que o Flamengo deixaria um de seus jogadores mais importantes na história reforçar um rival.

Mas chegará um ponto em que o Flamengo não terá muito o que fazer, a não ser melhorar a oferta já sinalizada ao jogador.

Gabigol recebeu a proposta de um ano a mais de contrato – até o fim de 2025 — e aumenta de salário de 50%. A oferta inicial do Flamengo, apresentada no ano passado, era de mais cinco anos, com compensação salarial inferior, é verdade.

Gabigol pode deixar o Flamengo nesta janela de transferências (Foto: Thiago Ribeiro/AGIF/Sipa USA) – Photo by Icon Sport

Encaixe na filosofia

O treinador Abel Ferreira já deixou claro que aprovaria a chegada do atacante ao elenco. Entende tratar-se de um jogador acima da média e acredita que possa fazê-lo trabalhar dentro das regras de trabalho de sua comissão técnica.

Gabriel também é visto como uma ótima opção para substituição de Endrick, que está com a seleção brasileira na Copa América e se junta ao Real Madrid após o torneio.

A presidente Leila Pereira também não teria qualquer restrição quanto à sua chegada. Preliminarmente, os valores imaginados para uma transação deste tamanho poderiam ser encaixados no orçamento alviverde e teriam sinal verde da dirigente.

Dentro do clube, porém, entre os aliados políticos de Leila, existe certa resistência. Desde os seus primeiros momentos como titular, no Santos, Gabriel tem um histórico de provocações contra o Palmeiras.

E o recente episódio do jogador vestindo uma camisa do Corinthians, em um churrasco na sua residência, vazado por um dos presentes ao local, não ajudou a amaciar os ânimos em relação a Gabriel.

Opção viável

Pensando no lado de Gabigol, a Trivela também apurou que o Flamengo é a prioridade número um do atacante, a despeito dos recentes desgastes. As partes continuam buscando um denominador comum para atingir a renovação, mas cada um defende os seus interesses dentro da negociação.

Se não houver acordo com o Rubro-Negro, o atacante enxerga o Palmeiras como uma opção viável. Mas sabe que muito da idolatria que conquistou dos flamenguistas se perderá em uma transferência para um rival direto. E isso vai para a balança na hora de decidir o caminho.

Marcos Braz, vice de futebol do Flamengo, explicou que a situação do centroavante na zona mista do Maracanã, após vitória sobre o Cruzeiro.

— O Flamengo não está abrindo mão do Gabriel. O Flamengo ainda tem contrato com o Gabriel até 31/12. Caso não seja viável nessa próxima semana ou na outra a saída dele, ele continuará aqui no Flamengo fazendo e exercendo o contrato até o final. Não quer dizer que a gente vai abrir mão. A renovação continua muito difícil — disse.

O risco de perder um ídolo para o rival também é uma questão dentro do Flamengo, que aguarda a chegada de uma oferta vantajosa para ambas as partes, a fim de atingir resolução nesta janela.

Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata LimaSetorista

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, Diego cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023.
Foto de Guilherme Xavier

Guilherme XavierSetorista

Jornalista formado pela PUC-Rio. Da final da Libertadores a Série A2 do Carioca. Copa do Mundo e Olimpíada na bagagem. Passou por Coluna do Fla e Lance antes de chegar à Trivela, onde apura e escreve sobre o Flamengo desde 2023.
Foto de Maic Costa

Maic CostaSetorista

Maic Costa é mineiro, formado em Jornalismo na UFOP, em 2019. Passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas, antes de se tornar setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo