Brasil

Em ritmo de pré-temporada, Internacional joga para o gasto e estreia no Gauchão com vitória magra

Com portões fechados no Beira-Rio, Wanderson marcou o único gol da vitória do Internacional na estreia no Campeonato Gaúcho contra o Avenida

Ainda longe do ideal, algo normal pelo pouco tempo de pré-temporada, o Internacional jogou apenas o suficiente para superar o Avenida e estrear com vitória no Campeonato Gaúcho 2024. Wanderson marcou o único gol do jogo, na tarde deste domingo (21) em um Beira-Rio que teve portões fechados devido a punição referente à edição passada do estadual.

Com a vitória, o Inter se iguala ao Juventude e larga na vice-liderança do Campeonato Gaúcho, com três pontos — o líder Caxias, que venceu o Grêmio, leva vantagem no número de gols feitos. Na quarta-feira (24), às 19h, o Colorado vai a Ijuí enfrentar o São Luiz, no 19 de Outubro. No mesmo dia, mas às 20h, o Avenida fará sua estreia em casa, nos Eucaliptos, contra o Brasil de Pelotas.

Organizado defensivamente e apostando nos contra-ataques, Avenida é melhor no primeiro tempo

O Avenida foi melhor do que o Internacional no primeiro tempo. Desembocado após menos de duas semanas de pré-temporada, o Colorado cometia erros técnicos incomuns, e tinha dificuldade de infiltrar na organizada defesa da equipe de Santa Cruz do Sul, que se postava em duas linhas de quatro num bloco baixo de marcação, e procurava explorar os contra-ataques.

Foi assim, em transições, que o Avenida mais levou perigo na primeira etapa, principalmente a partir do lado esquerdo, com Felipe Cruz nas costas de Bustos. Logo aos dois minutos, o camisa 11 ganhou dividida de Vitão e cruzou rasteiro. Carlos Alberto concluiu, mas fraco, nas mãos de Ivan. Aos 18, Carlos Alberto caiu pela esquerda e rolou para trás. Carlos Henrique bateu de primeira, de canhota, com perigo sobre o gol.

Diferente do que habitualmente acontece no Beira-Rio, o time de Coudet demorou para conseguir concluir. Depois de Hyoran chutar travado após Alario escorar, em jogada de estreantes, aos 15 minutos, a primeira finalização certa do Inter aconteceu apenas aos 30 minutos. Bustos arriscou de fora da área em chuta cruzado e rasteiro. Ruan Carneiro caiu no canto para encaixar.

O Avenida voltou a assustar em contra-ataques na reta final do primeiro tempo. Aos 37, Bruno Camilo apareceu na intermediária ofensiva e chutou forte. Ivan espalmou. Cinco minutos depois, Carlos Henrique foi que finalizou firme de fora da área. A bola passou à esquerda do gol. Já nos acréscimos, após cobrança de escanteio vinda do lado esquerdo, Ivan saiu mal do gol, e Dadalt cabeceou por cima. No lance, o goleiro colorado sofreu entorse no joelho direito, e precisou ser substituído no intervalo por Anthoni, que fez sua estreia como profissional.

Internacional aproveita cansaço do Avenida para chegar ao gol da vitória

O Avenida quase abriu o placar com um golaço aos três minutos do segundo tempo. A defesa do Inter não conseguiu afastar cruzamento vindo do lado direito, e a bola sobrou para Felipe Cruz, que, impedido, rolou para Carlos Alberto. De fora da área, o camisa 10 acertou belo chute no ângulo direito. A bola acertou a trave e quicou dentro do gol, mas o lance já era paralisado pela arbitragem. Essa foi a última participação de Felipe Cruz no jogo. O atacante do Avenida sentiu e precisou ser substituído aos cinco minutos. O lateral esquerdo Alan Cardoso entrou, e César Nunes foi adiantado para a ponta esquerda.

O Inter teve a oportunidade de abrir o placar aos seis minutos. Wanderson cruzou da esquerda e Bruno Henrique subiu livre para cabecear dentro da área. Porém desvio do camisa 8 acertou seu próprio corpo, e a bola saiu pela linha de fundo. Dois minutos depois, Robert Renan quase marcou gol contra. O zagueiro tentou interceptar cruzamento rasteiro de César Nunes e mandou para trás. Com o braço direito, Anthoni fez grande intervenção para salvar o Inter.

Mesmo com pré-temporada bem mais longa, o Avenida sentiu o cansaço, com alguns jogadores apresentando cãimbras. O Inter aproveitou, e cresceu no jogo. Aos 17, Enner Valencia girou e, da meia lua da grande área, chutou forte. A bola desviou em Rafael Goiano e saiu pela linha de fundo. Aos 24, Renê cruzou da esquerda na segunda trave para Valencia, que escorou de cabeça. Também de cabeça, após o quique da bola na pequena área, Wanderson marcou o primeiro gol da temporada colorada.

O gol deu tranquilidade para o Inter, que passou a ter o controle total do jogo. Coudet esperou um pouco, mas aos 31 promoveu as três trocas que planejava fazer ainda antes do gol. Saíram Bruno Henrique, Enner Valencia e Lucas Alario, entraram Rômulo, Pedro Henrique e Luiz Adriano. Após um longo período sem chegar na área adversária, o Avenida voltou a finalizar aos 35 minutos, mas a cabeçada de Hélio Paraíba, que havia entrado no lugar de Carlos Henrique, saiu torta.

Hyoran teve grande oportunidade de marcar seu primeiro gol pelo Inter e ampliar aos 40. Após Bustos roubar a bola próximo à entrada da área, o camisa 7 recebeu o passe e teve a goleira escancarada, mas chutou na rede pelo lado de fora.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho. Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Antes de escrever pela Trivela, esteve na Rádio Grenal e na RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo