Brasil

Um motivado e recuperado Lucas Alario foi apresentado pelo Internacional

Internacional apresentou oficialmente o atacante Lucas Alario, que se mostrou motivado com o retorno à América do Sul e garantiu estar plenamente recuperado da lesão no joelho

Após desembarcar com calorosa recepção no Aeroporto Salgado Filho, Lucas Alario foi apresentado oficialmente nesta sexta-feira (12) como novo reforço do Internacional. O atacante argentino de 31 anos se mostrou motivado para o desafio, e se disse plenamente recuperado da lesão no joelho direito que sofreu na metade do ano passado, pelo Eintracht Frankfurt. Por consequência, seu último jogo oficial foi em abril.

Alario foi apresentado pelo vice-presidente de futebol Felipe Becker e pelo gerente esportivo Magrão. Foto: Nícolas Wagner/Trivela

— É verdade que faz muito tempo. Joguei partidas, mas não oficiais. No meio do ano, em junho, tive uma pequena cirurgia, na qual graças a Deus pude seguir, e hoje me encontro em boas condições, em perfeitas condições, treinando. Hoje foi meu primeiro treinamento. Quero estar com meus companheiros, mas o professor e a comissão técnica que definem quando — disse Alario, que realizou atividades físicas separado do grupo no CT Parque Gigante.

Conversas com Coudet motivaram Alario a vir para o Internacional

No Inter, Alario reencontra ex-companheiros de River Plate — Gabriel Mercado e Lucho Gonzáles — e Bayer Leverkusen — Charles Aránguiz. Além deles, o técnico Eduardo Coudet teve papel importante na contratação do atacante, com quem conversou muitas vezes antes do acerto.

— Para mim, pessoalmente, significa muito que o treinador chame o jogador, e neste caso com Chacho falamos em várias oportunidades. Manifestou sua gana, seu desejo que eu estivesse aqui. Obviamente que também é uma motivação, que o treinador demonstre isso. Da minha parte, tinha muita gana de poder vir. Graças a Deus pôde acontecer — comemorou Alario.

Alario terá disputa intensa pela titularidade no ataque colorado

Coudet gosta de utilizar esquema tático com dois atacantes. Isso pode ser um alento para Alario na ferrenha briga que se desenha pela titularidade. O argentino desconversou sobre Rafael Borré, ex-companheiro de Eintracht Frankfurt, que o Inter tenta contratar. Mas projetou a disputa e a possibilidade de parceria com jogadores como Enner Valencia.

— Está com o treinador, escolher e decidir quem joga e quem não. Mas creio que ter jogadores em várias posições, faz com que cada um treine o máximo e dê o melhor para o treinador possa ver quem pode render mais dentro da equipe e no sistema que quer. […] Vai muito da inteligência de cada jogador. Creio que o Inter tem jogadores bons e inteligentes. Eu não vejo nenhum problema, cada jogador pode se adaptar a outro. Seja como dupla, ou com outra forma de jogo. Creio que na atualidade, o futebol requer isso: não somente bons jogadores, mas jogadores inteligentes. Para mim são os que mais conseguem vantagem — opinou Alario.

Alario diz que River Plate não fez proposta

O novo atacante colorado, que vestirá a camiseta 31, garantiu que não teve dúvida de vir para o Inter. E que não houve disputa com o River Plate, seu ex-clube, cujos torcedores se mostraram chateados com o acerto com outro clube sul-americano, que inclusive o eliminou da última Libertadores, nas oitavas de final.

— Nunca chegamos a ter negociação. Se falaram meu nome, sim, houve sondagens, mas nada mais. Creio que não aconteceu porque não tinha que acontecer. Não teve um motivo pelo qual não se deu a negociação. Tampouco chegou a isso. Não era o River ou o Inter. Não se chegou a esse caso — explicou Alario.

Alario não esperava recepção tão calorosa em Porto Alegre

De qualquer forma, pela recepção que teve em Porto Alegre, Alario não deve ter se arrependido da escolha. Cerca de trezentos colorados fizeram a festa após seu desembarque no Aeroporto Salgado Filho, na tarde de quinta-feira (11).

— Sendo sincero, não esperava um recebimento assim. Estou muito agradecido, agradeço às pessoas por essa amostra de carinho e afeto. Desfrutei muito. Passei um grande momento, apesar de que vinha de várias horas de vôo, depois de ter perdido uma conexão em São Paulo. Esse momento foi muito lindo — comentou.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo