Brasil

Novo uniforme do Flamengo divide opiniões, mas anima por motivo inusitado

Torcida do Flamengo não gostou do vazamento e nem da estética da nova camisa, e isso foi considerado bom por vários rubro-negros

Depois de muita especulação sobre o modelo, o Flamengo finalmente anunciou sua camisa oficial para 2024. O uniforme já conta com a PixBet, novo patrocinador master, em destaque, além das mudanças do Banco BRB e patchs exclusivos. A revelação aconteceu na tarde desta terça-feira (23) e, por mais que muitos não tenham gostado, esteticamente, a maioria se rendeu por motivo inusitado.

Antes mesmo do Flamengo, a Adidas, fornecedora de material esportivo do clube, fez uma publicação oficial com a nova camisa. Nela, o atacante Pedro aparece ao lado de Donovan Mitchell, astro do Cleveland Cavaliers, da NBA.

Adidas “quebra” protocolo do Flamengo

O lançamento do novo uniforme do Flamengo só estava previsto para sexta-feira (26), mas a Adidas se antecipou com o encontro de duas estrelas, de futebol e basquete, respectivamente. O Rubro-Negro, como mencionado, dançou conforme a música e fez mistério, mesmo sem negar que esse seria o novo modelo. A Trivela apurou que os preços da camisa serão divulgados a partir do fim de semana.

A estreia do Manto Sagrado — alcunha da torcida do Flamengo para a camisa — também já está marcada. Será diante do Orlando City, neste sábado (27), no segundo e último amistoso da equipe profissional nos Estados Unidos. É importante frisar que o Rubro-Negro também utilizou seu uniforme número 3 pela primeira vez na Flórida, na vitória sobre o Philadelphia Union.

Como Pedro encontrou com Mitchell

Magic e Cavs se enfrentaram na noite da última segunda-feira (22), e a equipe de Orlando preparou uma noite brasileira, ciente de que o Flamengo estaria no Kia Center. O atacante Pedro, entusiasta da NBA, esteve na beira da quadra para acompanhar a vitória de Cleveland, por 126 a 99, em jogo totalmente dominado por Donovan Mitchell, que terminou com um duplo duplo: 25 pontos e 13 assistências.

Depois do jogo, Pedro encontrou com Mitchell nos acessos da arena, e os dois trocaram camisas oficiais autografadas. O atacante do Flamengo, inclusive, usou o apelido de Donovan, Spida, na dedicatória do novo uniforme rubro-negro.

No detalhe, a dedicatória de Pedro ao amigo e astro da NBA, Donovan Mitchell (Foto: Reprodução/Twitter)

Uniforme é feio, mas isso é bom (?)

O vazamento antes da hora pela própria fornecedora do clube por si só já seria o suficiente para irritar a torcida, mas a maioria dos adeptos foi além e criticou a camisa pela estética. Muitos acharam o modelo feio e pediram simplicidade a Flamengo e Adidas nas próximas edições. Outros, no entanto, foram sagazes e gostaram do uniforme, mas por um motivo totalmente inusitado.

Pelo que foi visto nos últimos anos, um uniforme feio significa que as chances de título aumentam. Não é brincadeira, e a teoria é baseada em fatos. A camisa de 2019, por exemplo, foi muito criticada no seu lançamento, mas se tornou um dos mais procurados do século pela quantidade de conquistas e dominância daquela equipe.

2022 foi outro ano em que a camisa não foi bem recebido, e o Rubro-Negro foi campeão da Copa do Brasil e da Libertadores. Quando teve uniformes considerados “lindos”, como 2015 e 2021, o clube terminou o ano com uma e nenhuma conquista. Para os superticiosos, a discussão foi um prato cheio. E você? Como recebeu o novo modelo de jogo do Flamengo?

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo