Brasil

Na boca e na bola, sobrou categoria e coração a Valdívia, desabafando com um golaço

Valdívia vem atravessando dias movimentados. Mas não necessariamente pelo lado bom. Muito se falou sobre a negociação do meio-campista, com Corinthians e Palmeiras manifestando interesse na contratação. Some-se a isso a fase difícil do jovem no Internacional, sem emplacar no início da temporada e lidando com diversas críticas. Nesta quinta, saindo do banco de reservas, ele deu sua resposta na boca e na bola. Com um golaço, fechou a vitória por 3 a 1 sobre o Cruzeiro de Porto Alegre, na ida das quartas de final do Campeonato Gaúcho. E desabafou aos microfones, em depoimento cheio de emoção.

Brenner vinha sendo o protagonista da partida. O atacante anotou os dois primeiros gols do jogo, antes que Dão descontasse para o Cruzeiro. Em campo desde os 26 minutos do segundo tempo, Valdívia brilhou nos acréscimos. Cobrou falta do meio da rua e mandou no canto da meta do goleiro Deivity. Pintura, que possibilitou a entrevista cheia de sentimentos aos microfones do Sportv na saída aos vestiários. Prova de quem, mesmo sem render tanto, se esforça para fazer o seu melhor. Ganha o respeito da torcida, que, se cobra, também é porque reconhece o talento do meia e sabe que ele pode mais.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo