Brasil

Com Luiz Henrique e de olho na Libertadores, Botafogo tem, contra o Flamengo, o seu primeiro grande teste no ano

A duas semanas do início do mata-mata da Copa Libertadores, o Botafogo encara o clássico com o Flamengo, pelo Campeonato Carioca, e deve contar com a estreia de Luiz Henrique, contratação mais cara da história do clube

Agora é para valer. Nesta quarta-feira (7), o Botafogo tem o seu primeiro grande teste da temporada. De olho na estreia pela Copa Libertadores, daqui a duas semanas, o Glorioso encara o clássico com o Flamengo, nesta noite, às 21h30 (horário de Brasília), pelo Campeonato Carioca. E, em meio a um começo de temporada irregular, que pese o pouco tempo de trabalho, o técnico Tiago Nunes já deve contar com a grande contratação do Botafogo para 2024: o atacante Luiz Henrique.

Anunciado na semana passada e apresentado na última terça-feira, no Nilton Santos, o atacante de 23 anos e contratação mais cara da história do clube e uma das maiores do futebol brasileiro, já será relacionado para o clássico com o Flamengo. Inclusive, de acordo com o “ge”, ele já vai iniciar a partida como titular no ataque alvinegro, ao lado de Tiquinho Soares e Júnior Santos.

Até o momento, Luiz Henrique teve apenas dois treinamentos com o elenco do Botafogo. Ele desembarcou no Rio de Janeiro na noite do último domingo e, no dia seguinte, iniciou os trabalhos no Espaço Lonier, centro de treinamentos do Glorioso. Mas isso não foi visto como um grande problema pela comissão técnica de Tiago Nunes.

Luiz Henrique vinha atuando pelo Real Betis, da Espanha, e treinando sem restrições, mesmo com as negociações já avançadas com o Botafogo. Assim, não precisaria de trabalhos específicos para recondicionamento físico. O último jogo do atacante pelo clube espanhol aconteceu no dia 27 de janeiro, quando ele esteve em campo por 84 minutos na vitória do Betis sobre o Mallorca, pelo Campeonato Espanhol.

Na sua emocionante coletiva de apresentação, na manhã da última terça-feira, no Nilton Santos, Luiz Henrique havia deixado em aberto a possibilidade de estrear no clássico com o Flamengo. Mas revelou que, por um motivo pessoal, iniciar a trajetória no Botafogo nesta quarta-feira poderia ser ainda mais especial.

– Estou com a expectativa lá em cima. Vai ser uma estreia muito boa para mim, se seu jogar. Amanhã é o aniversário da minha filha, de um ano. Se Deus quiser, vou ajudar o Botafogo a sair com a vitória – afirmou Luiz Henrique.

Luiz Henrique teve dois dias de treinos com o elenco do Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Botafogo quer intensificar entrosamento de olho na Libertadores

Fora do G-4 do último Campeonato Brasileiro, o Botafogo vai precisar passar pelas fases prévias da Copa Libertadores para chegar na fase de grupos. E o primeiro desafio é já daqui a duas semanas, contra o vencedor do confronto entre Melgar, do Peru, e Aurora, da Bolívia. Coincidentemente, os dois clubes começam a definir o adversário do Botafogo nesta quarta-feira (7), na Bolívia.

A estreia do Botafogo vai acontecer no dia 21 de fevereiro, fora de casa, e o jogo da volta é uma semana depois, no dia 28, no Nilton Santos. Até estas duas partidas, o Botafogo quer ter o time mais completo possível. Agora, Tiago Nunes já não conta com os lesionados Jeffinho e John, mas a ideia é dar entrosamento ao jogadores considerados titulares. E isso inclui, é claro, Luiz Henrique.

Dessa forma, o jogo com o Flamengo, nesta quarta-feira, se torna ainda mais importante. Será o primeiro grande teste do time clube na temporada. Até o momento, o Botafogo só enfrentou clubes de menor expressão na Taça Guanabara. E vem apresentando desempenho irregular, apesar de ser vice-líder da competição. O Glorioso tem 11 pontos em seis jogos. Mas, desses pontos, apenas cinco foram conquistados pelos titulares. O time principal do Botafogo venceu o Madureira, empatou com a Portuguesa e o Nova Iguaçu, e perdeu do Boavista.

Provável escalação do Botafogo contra o Flamengo

De acordo com o “ge”, além da estreia de Luiz Henrique, o Botafogo vai ter grandes novidades nesta quarta-feira. Com um começo de ano ruim, o meia Eduardo deve ser barrrado do time por Tiago Nunes, que vai utilizar um meio com três volantes (Danilo Barbosa, Marlon Freitas e Tchê). Além disso, o Glorioso também deve ter Mateo Ponte como titular na lateral-direita. O uruguaio está de volta ao Botafogo depois de disputar o Pré-Olímpico com a seleção do seu país.

Provável escalação do Botafogo

Gatito Fernandez, Mateo Ponte, Halter, Barboza, Hugo; Danilo, Marlon Freitas e Tchê Tchê; Luiz Henrique, Júnior Santos e Tiquinho Soares. Técnico: Tiago Nunes.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor do Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo