Brasil

Corte de Bento é uma pena, mas Lucas Perri também merece convocação para Seleção

Após lesão de Bento, Diniz convoca Perri, do líder Botafogo, para jogos pelas Eliminatórias

Após perder Vini Jr, Fernando Diniz teve mais uma baixa para a sua estreia como técnico da Seleção. A CBF comunicou nesta quarta-feira (30) que Bento foi cortado devido a uma lesão muscular na coxa direita. O problema médico tira um goleiro que fez por merecer a sua primeira convocação na carreira. Mas coloca na lista de convocados um outro jogador da posição que também merecia ser chamado: Lucas Perri.

O goleiro é um dos destaques do Botafogo, líder isolado do Campeonato Brasileiro. Ele, aliás, será o único representante da equipe na convocação para os jogos contra Bolívia e Peru pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026.

Assim como Bento, Perri foi convocado pela primeira vez pela Seleção principal. O goleiro era figurinha carimbada nas seleções de base, quando defendia o São Paulo. A sua convocação, aliás, segue a lógica semelhante à aplicada por Diniz para convocar o camisa 1 do Athletico.

O técnico convocou Bento para ser o terceiro goleiro, atrás de Alisson e Ederson, devido à idade e ao potencial de evolução que ele tem. A ideia do treinador era dar experiência e aproximar da Seleção um atleta jovem, de 24 anos, e que vinha se destacando no país. Perri é um ano mais velho: tem 25 anos.

– Bento tem a ver com idade, por ser um goleiro com grande destaque no Brasil. E imaginando a experiência de aproximar ele da Seleção – disse Diniz, no dia da convocação.

A convocação é um prêmio por tudo o que fez pelo Botafogo em 2023. Ele chegou ao clube em agosto do ano passado para ser reserva de Gatito Fernández. Uma lesão do paraguaio fez com que o goleiro assumisse a titularidade desde o início desta temporada. O transformou não só em destaque, mas também em um dos responsáveis pela liderança da equipe carioca no Brasileirão/

A lesão de Bento

Bento sentiu dores na coxa direita durante o treino do último sábado. Ele ficou fora do jogo contra o Fluminense, no domingo, e foi substituído por Leo Linck. Em nota oficial, a CBF informou que o goleiro foi desconvocado devido a uma lesão muscular no posterior. O médico da Seleção, Rodrigo Lasmar, entrou em contato com o departamento médico do Athletico para receber os exames e consultar a situação do atleta.

Vini Jr também foi cortado

A CBF anunciou oficialmente nesta terça-feira (29) o corte de Vini Jr para os primeiros dois jogos da Seleção sob o comando de Fernando Diniz. Antes de definir o corte de Vini Jr, o médico da Seleção, Dr. Rodrigo Lasmar, entrou em contato com o departamento médico do Real Madrid, que enviou o laudo dos exames.

O técnico convocou Raphinha para o seu lugar. O atacante do Barcelona volta a defender o Brasil pela primeira vez desde a Copa do Mundo do Catar, em 2022. Ele foi titular de Tite no Mundial e atuou nas cinco partidas até a eliminação para a Croácia nas quartas de final.

Vini Jr sofreu uma lesão muscular no bíceps femoral da coxa direita durante a vitória do Real Madrid por 1 a 0 sobre o Celta de Vigo, no último fim de semana, em partida válida pelo Campeonato Espanhol. O atacante apresentou o problema ainda nos primeiros minutos da partida.

Aos 14, ele arrancou para receber um lançamento de Camavinga e sentiu a fisgada do local lesionado. O brasileiro de imediato sentou no gramado e pediu atendimento médico. Acabou substituído por Joselu. O Real Madrid confirmou a lesão após exame médico na última segunda-feira. No comunicado oficial, o clube não informou o prazo de recuperação, mas Vini deve ficar fora por pelo menos duas semanas.

 

Quando Diniz vai estrear na seleção brasileira?

Fernando Diniz estreia como técnico da Seleção no duelo com a Bolívia, no próximo dia 8, às 21h45 (horário de Brasília), no Mangueirão, pela primeira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. Depois, no dia 12, às 23h (horário de Brasília), o Brasil enfrenta o Peru, no Estádio Nacional, em Lima.

A comissão técnica e os jogadores desembarcam em Belém a partir da próxima segunda-feira (4). Diniz terá três treinos com os atletas antes da primeira partida – todos eles, no Estádio Mangueirão. Do Pará, a Seleção parte para Lima no sábado, com mais dois treinos previstos antes do duelo com o Peru.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo