Brasil

Velho conhecido deve voltar ao São Paulo como opção para resolver problema de Zubeldía

Liziero será avaliado por Luis Zubeldía como alternativa para elenco após lesão de Pablo Maia

A menos de 20 dias da abertura da janela de transferências de meio de temporada, em 10 de junho, o São Paulo vasculha o mercado em busca de uma reposição para Pablo Maia. Titular absoluto, o volante se recupera de uma lesão na perna esquerda e será desfalque para Luis Zubeldía por pelo menos dois meses. E enquanto não encontra uma alternativa de negócio, o Tricolor deve repatriar Liziero para um período de observações no CT da Barra Funda.

O volante está de volta ao Brasil após o fim de seu empréstimo ao Yverdon, da Suíça. Por lá, o meio-campista colecionou bons números, a ponto até de deixar saudades nos torcedores suíços. Liziero atuou em 29 partidas, com três gols marcados e cinco assistências. As estatísticas de desarmes, bolas recuperadas e passes decisivos também comprovam que ele foi bem em sua passagem pelo clube.

Conforme apurado pela Trivela, o jogador ainda espera uma posição definitiva do São Paulo sobre o futuro. Mas ele é esperado para se apresentar no CT da Barra Funda após um período de férias. A partir daí, ele será avaliado pelo técnico Luis Zubeldía, com chances de ser aproveitado na sequência da temporada. As oportunidades dependerão, claro, de seu desempenho nos treinamentos.

O volante só pode ser registrado pelo São Paulo, com a publicação de seu nome no Boletim Informativo Diário (BID), a partir do dia 10 de junho, data da reabertura da janela de transferências. O retorno ao Tricolor servirá também de uma espécie de teste para definir os próximos passos da carreira do meio-campista. O contrato de Liziero com o clube vai apenas até o fim do ano.

São Paulo segue no mercado em busca de reposição

O retorno de Liziero é uma espécie de solução paliativa do São Paulo para a ausência de Pablo Maia. O clube segue no mercado em busca de mais um volante para a sequência da temporada e agora ganha tempo para analisar nomes e avançar por eventuais alvos em outros clubes. Inicialmente, o técnico Luis Zubeldía pediu tempo à diretoria para avaliar o elenco.

Só depois veio a decisão de tentar uma reposição ao titular, mas sem lá muita urgência. A avaliação é de que o elenco deu boa resposta para suprir a ausência de Pablo Maia. Mas o Tricolor mantém a posição de volante no radar, também como precaução em caso de uma saída do meio-campista. Convocado recentemente para a Seleção, o jovem é o jogador mais valorizado do elenco.

Sem Pablo Maia, Zubeldía opta por Damián Bobadilla para suprir a ausência no meio-campo. O paraguaio foi o escolhido para formar dupla com Alisson, jogador que encantou o treinador a ponto de receber elogios públicos. Além disso, o argentino conta com o retorno de Luiz Gustavo de lesão e passou a utilizar Galoppo em uma função mais recuada no meio-campo.

A lesão de Pablo Maia

Pablo Maia passou por uma cirurgia para para reinserção do tendão conjunto do semitendíneo e bíceps femoral da coxa esquerda no dia 1º de maio. O volante sofreu a lesão durante um treinamento. O departamento médico do São Paulo evita dar prazos para o retorno de jogadores lesionados. Mas a estimativa é de que o meio-campista precise de três meses para se recuperar do problema.

> Os próximos três jogos do São Paulo:

  • São Paulo x Talleres — Libertadores — quarta-feira, 29 de maio, às 21h30 (horário de Brasília) — Transmissão: TV Globo (TV aberta) e Paramount + (Streaming);
  • São Paulo x Cruzeiro — Brasileirão — domingo, 2 de junho, às 18h30 (horário de Brasília) — Transmissão: Premiere (TV por assinatura).
  • Inter x São Paulo — Brasileirão — quinta-feira, 13 de junho, às 20h (horário de Brasília) — Transmissão: Premiere (TV por assinatura)
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo