Brasil

E o Léo Ortiz? Impasse entre Flamengo e Bragantino segue e contratação do zagueiro pode melar

Flamengo e Bragantino ainda não chegaram ao denominador comum por Léo Ortiz, e prazo para contratações termina no dia 07 de março

Se dentro de campo dá show, invicto em 2024 e com vitória diante do Fluminense no último compromisso, o Flamengo vive uma longa novela no mercado. O impasse com o Red Bull Bragantino pelo zagueiro Léo Ortiz, principal alvo para a defesa desde dezembro, permanece. Restam apenas dez dias de janela de transferências e nenhum dos clubes parece ceder.

As partes até voltaram a se aproximar em meados de fevereiro, mas os valores pedidos pelo clube paulista ainda estão fora da corda esticada pelo Flamengo. O zagueiro, que já expressou desejo de vestir a camisa rubro-negra, segue treinando e participando dos compromissos do Bragantino normalmente. A Trivela conta um pouco mais dessa história, que está chegando nos seus capítulos finais.

O que impede o acerto?

Flamengo e Léo Ortiz já têm valores salariais e bonificações alinhados há algum tempo, mas o Bragantino faz jogo duro com relação aos valores da transferência. O clube de Bragança Paulista chegou a pedir 12 milhões de euros (cerca de R$ 60 milhões), na esperança de uma boa proposta da Europa, porém se tornou mais flexível sem nenhuma oferta vantajosa. O Massa Bruta não quer reforçar um rival direto pelo Campeonato Brasileiro.

Léo Ortiz é um pedido de Tite ao departamento de futebol do Flamengo (Foto: Diogo Reis/AGIF/Sipa USA)

No momento, a distância entre o pedido e o oferecido é bem menor. A última oferta do Flamengo superou os 8 milhões de euros (R$ 42 milhões), mas o Bragantino pede um milhão de euros a mais, e os valores se aproximam dos R$ 48 milhões. Desde então, cada diretoria aguarda um movimento da outra, algo que estende ainda mais a já cansativa novela.

Léo Ortiz quer jogar no Flamengo

O jogador nunca escondeu o desejo de vestir a camisa rubro-negra. Desde que o interesse se tornou oficial, Léo Ortiz e seu estafe trabalham nos bastidores para tentar convencer o Red Bull Bragantino a chegar nesse sonhado denominador comum com o Flamengo. Essa vontade, inclusive, é um dos maiores trunfos do Rubro-Negro para tentar fechar a contratação.

Apesar disso, a operação não depende só dele e, por isso, Léo Ortiz jamais faltou com profissionalismo junto ao Red Bull Bragantino. O zagueiro, inclusive, foi inscrito na Libertadores pelo Massa Bruta e disputou os primeiros minutos da equipe na fase prévia da competição continental. É importante frisar que o movimento não impede que o Flamengo o inscreva na fase de grupos do torneio.

Flamengo mantém tranquilidade

Depois do triunfo sobre o Fluminense, por 2 a 0, Tite concedeu entrevista coletiva e foi perguntado sobre Léo Ortiz. O zagueiro é um pedido do comandante, com quem trabalhou na Seleção Brasileira. O treinador frisou que o Rubro-Negro não precisa somente de um defensor, ainda que tenha carinho pelo jogador do Red Bull Bragantino, além do encaixe, que seria perfeito.

— Não só zagueiro, mas tem outras funções. Existe uma série de jogadores selecionados. O Flamengo tem que ter a responsabilidade de antecipar as situações porque temos que ter jogadores de qualidade. Esse é o ônus de uma equipe como o Flamengo — disse o comandante.

Outro que falou sobre a negociação foi Marcos Braz. O vice-presidente de futebol do Flamengo falou com a imprensa na zona mista do Maracanã e, assim como Tite, exaltou a qualidade do elenco. Além disso, explicou os detalhes que faltam para que Léo Ortiz vista a camisa rubro-negra.

— A data limite é no dia 7 de março (encerramento da janela de transferências), não é o limite do Flamengo. É até quando você pode inscrever o jogador. Agora, eu acho que, se o Flamengo não fechar a questão com o Bragantino e vice-versa, com calma as coisas vão se ajustando. Ou eles descem o valor um pouquinho ou o Fla aumenta um pouco. Vai ajustando para ver se a gente chega a um denominador comum. Se não chegar o Léo Ortiz, estamos bem assistidos pelos zagueiros que estão aqui e os meninos da base. Não vai ser nenhum desespero não ter ele. Não vai ser nenhum desespero nosso não ter o Léo Ortiz

Como mencionado pelo dirigente, o Flamengo tem até a próxima semana para contratar (e inscrever) Léo Ortiz, pensando no primeiro semestre. É importante frisar que o Rubro-Negro, caso deseje, pode realizar novas investidas na segunda janela de transferências, que começa no dia 10 de julho. O Rubro-Negro conta com Fabrício Bruno, Léo Pereira e David Luiz para a zaga, além dos jovens Cleiton e Carbone, do sub-20.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance! e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo