Brasil

Promessa do Vasco volta da seleção sub-20 em busca espaço no time profissional

Com multa milionária, volante JP, de 19 anos, ainda busca espaço no Vasco, mas já foi sondado por clubes do exterior

O Vasco terá um reforço caseiro na sequência da preparação para a partida contra Palmeiras, na próxima quinta-feira (13), pelo Campeonato Brasileiro. E um reforço valioso. Depois de uma semana de treinos com a seleção brasileira sub-20, o volante JP, de 19 anos, se reapresenta ao Cruz-Maltino neste domingo (9).

Promessa do Vasco, com multa rescisória de mais de R$ 300 milhões, JP buscaespaço no elenco profissional.

João Pedro Murilo, conhecido como JP, foi convocado pelo técnico Ramon Menezes para um período de treinos com a seleção brasileira sub-20, na Granja Comary.

O volante estava em Teresópolis desde o começo da última semana. Sem amistoso marcados, o elenco brasileiro ficou até o último sábado (8) em preparação para o Sul-Americano, que será disputado em janeiro de 2025, no Peru. A competição vale quatro vagas para a Copa do Mundo da categoria.

Esta foi a segunda vez de JP com a seleção sub-20. Em 2023, ele também foi chamado por Ramon Menezes para outro período de treino antes da Copa do Mundo da categoria, no Uruguai. Ele não foi convocado para o Mundial, mas participou dos treinamentos na Granja Comary antes da delegação embarcar para o país vizinho.

JP foi convocado para semana de treinos com a seleção brasileira sub-20 (Foto: Joilson Marconne/CBF)

JP busca espaço no profissional do Vasco

Agora de volta ao Vasco, JP vai seguir brigando por espaço no elenco profissional. Ele está com o grupo principal desde o começo da temporada, mas chegou a disputar jogos com a equipe sub-20 entre março e abril.

O volante fez a sua estreia — e, até agora, único jogo — como profissional na partida contra o Grêmio, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. Foram 16 minutos em campo. Ele teve dois desarmes e acertou 12 dos 13 passes que tentou. Depois da partida, o então técnico Ramón Díaz elogiou o garoto.

– Jogador jovens que tem muito futuro. Tem que seguir melhorando na parte tática e física. Temos a obrigação de trabalhar com nossos jovens e seguir lhes dando oportunidades – disse Ramón Díaz.

JP seguiu sendo relacionado por Ramón Díaz, mas não foi mais utilizado pelo argentino. Depois, com o interino Rafael Paiva, o garoto chegou a ficar fora do banco em algumas partidas, mas voltou a ser relacionado por Álvaro Pacheco, na última semana, na derrota para o Flamengo, no Maracanã. Agora, com a bagagem de mais um período com a seleção sub-20, JP vai seguir buscando seu espaço no Vasco.

Destaque no sub-17 e multa milionária

Natural de Goiânia, JP começou a carreira no Goiás, clube que defendeu até os 13 anos. O volante chegou ao Vasco em 2019 e se destacou em 2022 pelo time sub-17. Naquela temporada, ele marcou seis gols e deu 11 assistências em 40 partidas. JP ajudou o Vasco a conquistar o Campeonato Carioca, a Recopa Carioca e a Copa Rio, além de ser vice-campeão da Copa do Brasil.

Na última temporada, JP também se destacou no sub-20, com cinco gols em 28 partidas. Conhecido pela qualidade com a bola nos pés e pelo bom passe, o volante chamou a atenção de clubes do Brasil e de Portugal no fim de 2023.

A diretoria do Vasco, então, tratou de renovar o contrato com o jovem, que, agora, vai até o fim de 2025 e tem multa rescisória de 60 milhões de euros (R$ 342,2 milhões, na cotação atual) para clubes do exterior.

O volante chegou a disputar um jogo pela Copinha deste ano, quando foi chamado por Ramón Díaz para a pré-temporada do elenco principal.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Jornalista formado pela UFF e com passagens, como repórter e editor, pelo LANCE!, Esporte News Mundo e Jogada10. Já trabalhou na cobertura de duas finais de Libertadores in loco. Na Trivela, é setorista do Vasco e do Botafogo.
Botão Voltar ao topo