Brasileirão Série A

Novo técnico, velhos erros: Vasco é humilhado na estreia de Álvaro Pacheco

O Vasco de Álvaro Pacheco até saiu na frente, mas levou a virada e foi goleado pelo Flamengo por 6 a 1, neste domingo, no Maracanã

O Vasco foi humilhado pelo Flamengo na estreia do técnico Álvaro Pacheco. O começo da partida até animou a torcida, mas o Cruz-Maltino voltou a apresentar velhos erros e foi goleado por 4 a 1, neste domingo (2), no Maracanã, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino abriu o placar cedo, com um golaço de Vegetti. Mas sofreu a virada ainda no primeiro tempo, com muitos erros defensivos, e poderia ter levado uma goleada ainda pior, não fossem as tantas chances perdidas pelo Flamengo na etapa final.

Álvaro Pacheco muda esquema e escalação do Vasco

Logo na sua estreia pelo Vasco, o técnico Álvaro Pacheco fez mudanças importantes no time e até mesmo nos jogadores relacionados. Por opção do treinador, o atacante David, que vinha sendo titular com Ramón Díaz e o interino Rafael Paiva, não foi nem seque convocado para a partida. Além disso, o português optou pelo esquema com três zagueiros, com Maicon, João Victor e Léo. Na lateral-direita, Puma Rodríguez voltou a ser titular. No ataque, no lugar de David, Pacheco escalou o garoto Rayan.

Animação do Vasco durou pouco

Mesmo com o pouco tempo de trabalho do técnico Álvaro Pacheco, o começo da partida foi animador para o Vasco. Mostrando uma certa intensidade e boa postura defensiva, com uma linha de cinco jogadores na frente da área, o Cruz-Maltino conseguiu controlar os minutos iniciais de jogo. E abriu o placar logo aos 8′, com um golaço de Vegetti. Após cobrança de lateral e disputa pelo alto, a bola sobrou para o atacante, que finalizou de primeira, de voleio, sem chances para o goleiro Rossi.

O Cruz-Maltino até conseguiu fazer um bom jogo por cerca de 15 minutos. Pouco depois, ainda teve uma chance com Rayan, que desceu em velocidade e finalizou para defesa de Rossi. Mas, depois, só deu Flamengo.

Vasco volta a presentar velhos erros

Antes bem posicionada, a defesa do Vasco voltou a apresentar velhos erros, tanto individuais como coletivos, e não aguentou a pressão do Flamengo. Aos 27′, Maicon chegou atrasado e tentou ir de cabeça em uma bola baixa, que Arrascaeta tocou para Everton Cebolinha finalizar de primeira, de fora da área, no canto de Léo Jardim, empatando a partida.

O mesmo Cebolinha seguiu infernizando a defesa do Vasco pelos lados, o que voltou a mostrar um erro já conhecido do Cruz-Maltino: os problemas que Puma Rodríguez e Lucas Piton têm no setor defensivo. Aos 32′, o camisa 11 do Flamengo passou como quis pelo lateral-esquerdo e cruzou para Pedro, livre, só empurrar de peito para o gol livre, também aproveitando uma saída de bola errada de Léo Jardim. Antes do intervalo, aos 42′, em erro coletivo da defesa, mas, principalmente, de Galdames, David Luiz apareceu livre na área em cobrança de escanteio e fez 3 a 1 para o Flamengo. Para completar, nos acréscimos, em erro de saída de bola de Léo, João Victor tentou consertar e deu uma entrada dura em Cebolinha. Após consulta ao VAR, o zagueiro acabou expulso.

Derrota vira humilhação no segundo tempo

Se no primeiro tempo o Vasco até teve um começo animador, na volta do intervalo, com um jogador a menos, o trabalho era – ou deveria ser – evitar uma goleada. E nem isso o time de Álvaro Pacheco conseguiu. Logo aos 5′, Arrascaeta apareceu nas costas de Léo e tocou na saída de Léo Jardim, ampliando o placar para o Flamengo. Só então, com 4 a 1 no placar, o técnico Álvaro Pacheco tentou ajustar o time, mas fazendo trocas que não mudaram o esquema do time. E, é claro, não deram certo. Aos 27′, com uma incrível facilidade, Bruno Henrique recebeu na entrada da área e finalizou colocado, para fazer 5 a 1 para o Flamengo. Sem qualquer poder de reação, o Vasco viu o Flamengo tocar a bola, com direito a “olé” da torcida rubro-negra. E, no fim, para a humilhação ficar completa, o Flamengo ainda fez 6 a 1 com Gabigol. O juiz, com alguma piedade do Vasco, não deu nem sequer acréscimos no fim da partida.

Como fica a situação do Vasco no Brasileiro?

Com a goleada sofrida para o Flamengo, o Vasco parou nos seis pontos e segue na 13ª colocação do Campeonato Brasileiro.

Próximos jogos do Vasco

  • Palmeiras x Vasco — Campeonato Brasileiro — quinta-feira, 13 de junho de 2024, 21h30 (horário de Brasília);
  • Vasco x Cruzeiro — Campeonato Brasileiro — domingo, 16 de junho de 2024, 18h30 (horário de Brasília);
  • Juventude x Vasco — Campeonato Brasileiro — A definir;
Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Jornalista formado pela UFF e com passagens, como repórter e editor, pelo LANCE!, Esporte News Mundo e Jogada10. Já trabalhou na cobertura de duas finais de Libertadores in loco. Na Trivela, é setorista do Vasco e do Botafogo.
Botão Voltar ao topo