Brasil

Grêmio aproveita saldão do Santos e traz Soteldo e Dodi

Soteldo será o primeiro venezuelano da história do Grêmio, que também anunciou Dodi, ambos do Santos, rebaixado à segunda divisão

Ao longo da temporada de 2023, era comum o técnico Renato Portaluppi cobrar publicamente o presidente Alberto Guerra, em entrevistas coletivas, para a contratação de um ponta driblador e rápido, que daria mais repertório ao Grêmio, marcado pela construção de jogo mais lenta por conta das características do elenco. Nesta sexta-feira (22), enfim, Renato ganhou essa opção: o ponta esquerdo Yeferson Soteldo chega por empréstimo até o fim de 2024, conforme publicou a Trivela nas últimas semanas. Ele será o primeiro venezuelano da história do Imortal.

A contratação se aproveita da queda do Santos à Série B do Campeonato Brasileiro, precisando se desfazer de peças mais caras do elenco. O meio-campista Dodi, também do Peixe, veio junto do venezuelano, mas em definitivo com contrato até 2026.

Ótimo tecnicamente, Soteldo precisa focar no campo e se afastar dos problemas fora dele

Não há dúvidas da qualidade de Soteldo, tecnicamente um dos melhores jogadores do Santos, seja pela velocidade, precisão nos duelos mano a mano, a ambidestria e os dribles desconcertantes. A questão para o Grêmio, que Renato Gaúcho deve se ater, é o extra-campo. Não foram raros no desastroso 2023 do Peixe os atos de indisciplina do venezuelano. Em julho, o então técnico Paulo Turra afastou o atacante por questões disciplinares, que respondia com provocações nas redes sociais, como a postagem de uma foto com a legenda “disciplina”.

Em agosto, foi reintegrado por Diego Aguirre e no mês seguinte mais uma polêmica: uma inexplicável expulsão por reclamação na derrota para o lanterna América-MG, que rendeu multa do clube e irritação do grupo de jogadores. Superou esse problema e voltou a mostrar bom futebol na reta final, marcada, infelizmente aos torcedores santistas, pelo rebaixamento.

Fechou a temporada com apenas um gol e oito assistências em 32 partidas. O número baixo de jogos é explicado, além pelo afastamento no meio do ano, por conta das lesões. Foram dois problemas físicos, o primeiro ainda no começo do ano, uma ruptura total do tendão do músculo peitoral esquerdo, ficando fora por três meses. Voltou em abril e dias depois nova lesão, agora na coxa esquerda, afastando-o por 30 dias.

Bem fisicamente, com a cabeça do lugar, Soteldo pode ajudar o Grêmio a ter um repertório tático maior, justamente pelas falas de Renato. Antes um time lento para atacar, de muitos toques por dentro, agora pode ter uma alternativa para contra-ataques velozes e duelos 1 x 1 nas laterais.

Dodi também chega para agregar – mesmo em uma posição lotada de boas opções

A Trivela também publicou do interesse do Imortal em levar Dodi em definitivo, consumado hoje. Revelado pelo Criciúma – e com passagem pela base gremista -, o meio-campista, que pode ser primeiro ou segundo volante, teve bom desempenho no Fluminense entre 2018 e 2021, até ser vendido ao Kashiwa Reysol, do Japão.

Fechou com o Santos no início do ano, sem custos, e trazia boas expectativas. Até teve momento interesse no Campeonato Paulista, competição que foi titular em todos os jogos, mas passou a perder espaço, especialmente com a chegada da dupla Tomás Rincon e Jean Lucas, no meio do ano.

Para posição de volante, o Grêmio tem algumas boas opções, mas normalmente para segunda função de homem do meio, como o uruguaio Felipe Carballo (que passará por cirurgia no púbis nesta sexta), o ótimo paraguaio Mathías Villasanti e Pepê, outro com boa qualidade no passe.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo