Brasil

Grêmio exalta currículo vencedor ao anunciar goleiro Agustín Marchesín como reforço

O Grêmio confirmou nesta quarta-feira (10) a contratação do experiente goleiro argentino Agustín Marchesín, terceiro reforço para a temporada 2024

Como adiantado pelo vice-presidente de futebol Antônio Brum, o Grêmio anunciou nesta quarta-feira (10) seu novo goleiro. É o argentino Agustín Marchesín, de 35 anos, que conseguiu liberação do Celta de Vigo, da Espanha, e assina contrato com o Tricolor Gaúcho até o final de 2025.

No anúncio da contratação, o Grêmio exaltou o currículo vencedor do experiente goleiro, que soma 11 títulos na carreira. No Lanús, onde começou a trajetória profissional e permaneceu por uma década, Marchesín foi campeão argentino e, como titular, da Copa Sul-Americana de 2013, em que superou a Ponte Preta na final.

No México, Marchesín conquistou campeonatos nacionais por dois clubes. Primeiramente, o Clausura de 2015, pelo Santos Laguna, em que era treinado por Pedro Caixinha, atualmente no Red Bull Bragantino. Depois, foi campeão do Apertura de 2018 pelo América, e também ergueu Taça do México Clausura, na temporada 2018/2019.

Marchesín chegou na Europa em 2019 para escrever bonita história no Porto. Já em sua primeira temporada, conquistou o título e foi eleito o melhor goleiro do Campeonato Português. Além de outra liga nacional, também foi bicampeão da Taça de Portugal e da Supertaça de Portugal. Durante o período no Dragão, ainda foi o terceiro goleiro da Argentina na conquista da Copa América de 2021, no Brasil.

Sem espaço após lesão, Marchesín aceitou proposta do Grêmio pela perspectiva de voltar a jogar

Após perder a titularidade para Diogo Costa, Marchesín deixou o Porto no início da temporada 2022/2023 rumo ao Celta de Vigo, em que foi treinado, no início de sua passagem, por Eduardo Coudet, atualmente no Internacional, maior rival do Grêmio. Uma ruptura no tendão de aquiles, no início de fevereiro do ano passado, prejudicou a continuidade do goleiro argentino, que não conseguiu retomar a titularidade e só atuou uma vez na temporada 2023/2024.

Até por isso, Marchesín aceitou a proposta do Grêmio, onde terá a perspectiva de voltar a jogar com frequência, inclusive, e principalmente, na Libertadores. Em entrevista coletiva na terça-feira (10), Brum afirmou que o goleiro se esforçou para vir para o Tricolor Gaúcho.

— Esse goleiro que está vindo quis muito estar aqui no Grêmio. Ele segue o perfil de todos outros atletas que a gente contratou, de abrir mão de coisa para estar no Grêmio, de brigar para estar aqui. Está se debatendo mais, e demorando mais para fechar essa contratação, porque a gente precisava que ele se liberasse de graça no clube em que ele está para vir para cá, e até isso ele conseguiu — contou o vice de futebol gremista.

Grêmio consultou situação de Marcelo Grohe, que não demonstrou interesse em retornar

Essa mesma predisposição não foi vista, de acordo com Brum, em Marcelo Grohe, que tem futuro incerto no Al-Ittihad, da Arábia Saudita, e era o sonho da torcida tricolor. Segundo o dirigente, em três oportunidades foram feitas consultados ao ex-goleiro do Grêmio.

— Quando são feitos todos esses movimentos, em que todos eles deixam as portas abertas do clube para o jogador, e mesmo com todas as notícias o jogador não procura o Grêmio… talvez não seja vontade do jogador voltar ao Grêmio. Eu acho que a nossa parte a gente fez, claro que dentro do que é possível conversar — disse Brum.

Marchesín é o terceiro reforço do Grêmio para 2024

Esperado até o final da semana em Porto Alegre, Marchesín é o terceiro reforço anunciado pelo Grêmio para a temporada 2024. No dia 22 de dezembro, o Tricolor Gaúcho confirmou as contratações do volante Dodi e do atacante Soteldo, ambos ex-Santos. Eles já estão integrados ao elenco e realizam pré-temporada no CT Luiz Carvalho.

O Grêmio deve buscar apenas mais um reforço neste início de ano: um centroavante para substituir Luis Suárez. O Tricolor Gaúcho já tentou, sem sucesso, a contratação do mexicano Funes Mori, que preferiu se transferir para o Pumas, e do camaronês Vincent Aboubakar, do Besiktas, que não teria interesse em jogar no Brasil neste momento.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho. Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Antes de escrever pela Trivela, esteve na Rádio Grenal e na RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo