Brasil

Como Filipe Luís pulou etapas para assumir o sub-20 do Flamengo

Ex-jogador ficou pouco menos de seis meses à frente do sub-17 antes de assumir o maior desafio da carreira como treinador

Agora é oficial. O Flamengo anunciou que Filipe Luís será o próximo treinador do sub-20, mediante a saída de Mário Jorge, que está a caminho do Oriente Médio para comandar o sub-17 da Arábia Saudita.

É um passo grande para o ex-atleta, que queimou etapas para assumir o maior desafio da carreira até então.

O momento é de festa nos bastidores, já que Filipe é muito querido, mas o Mundial sub-20 está no horizonte e demanda grande atenção dos Garotos do Ninho. Um título pode ser grande divisor de águas para a carreira do querido, como é carinhosamente chamado.

Etapas queimadas em busca da glórias

Filipe Luís pendurou as chuteiras em dezembro do ano passado, mas já dá passos importantes em busca do sonho de se tornar treinador. O ex-lateral esquerdo do Flamengo estava empregado dois meses depois, no próprio clube, para moldar a próxima grande safra da categoria sub-17.

Joias que, com Mário Jorge, seu antecessor, tinham conquistado a tríplice coroa do Brasil em 2021.

O tempo no sub-17, no entanto, foi bem curto. Difícil segurar o crescimento quando a oportunidade bate na porta assim, de maneira tão inesperada.

A saída de Mário Jorge pode até ter deixado a diretoria do Flamengo com o leque aberto em primeiro momento, mas a solução caseira se mostrou. Filipe Luís é, de fato, o mais preparado para o cargo.

Como antecipado pela Trivela, na última terça-feira (11), Raphael Bahia assumirá o sub-17 do Flamengo após a saída de Filipe.

Despedida do sub-17

Mesmo que já tenha sido anunciado como novo treinador do sub-20, Filipe Luís ainda tem um desafio a ser cumprido na categoria inferior.

Trata-se da grande final da Copa Rio, que será disputada na próxima segunda-feira (17), às 15h (de Brasília), em São Januário. A data da decisão foi alterada justamente para comportar a despedida do ex-jogador.

O Flamengo venceu o jogo de ida por 2 a 1, na Gávea, e será campeão em caso de empate. Nada melhor para Filipe do que deixar o sub-17 com um título nas mãos, antes de assumir a principal categoria da base rubro-negra.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme XavierSetorista

Jornalista formado pela PUC-Rio. Da final da Libertadores a Série A2 do Carioca. Copa do Mundo e Olimpíada na bagagem. Passou por Coluna do Fla e Lance antes de chegar à Trivela, onde apura e escreve sobre o Flamengo desde 2023.
Botão Voltar ao topo