Brasil

Dois blocos de paulistas

O Carnaval ainda está longe, mas os sete clubes paulistas que disputam a Série B já sabem em qual bloco vão desfilar até o final da competição. Estes simbolizam bem como será a briga até novembro. Enquanto três deles, Portuguesa, Ponte Preta e Americana vão buscar o acesso, Grêmio Barueri, São Caetano, Guarani e Bragantino vão lutar, desesperadamente, contra o rebaixamento.

Na parte de cima, Portuguesa e Ponte Preta só não sobem se uma catástrofe acontecer no returno. Lembrando que falta apenas uma rodada para acabar o primeiro turno. Os dois times frequentaram as primeiras colocações desde o começo da competição e são os dois times mais fortes até agora.

A Lusa tem o melhor ataque, com 38 gols marcados, enquanto a Ponte Preta tem dois meias de fazer inveja aos times da Série A: Renatinho e Renato Cajá. Além disso, a Macaca tem o artilheiro do campeonato, Ricardo de Jesus, com 12 gols marcados. São os dois melhores times da Série B e também do futebol brasileiro.

O Americana, que no início da competição surgia como grande força, vacilou no meio do turno e caiu várias posições. Porém, nas duas últimas rodadas, venceu as duas (2 x 1 sobre Sport e 3 x 1 sobre o Vila Nova) e encostou nos líderes. O time comandado pro Sérgio Guedes, que assumiu o time nestas duas rodadas substituindo Toninho Cecílio, é o quinto colocado, com 27 pontos, um a menos que o Paraná Clube, que é o quarto colocado. Se não tem tradição, tem investimento e bons jogadores, como o meia Fumagalli.

No bloco de baixo, a situação dos quatro paulistas é desesperadora. Pelo menos um deles será rebaixado. São Caetano e Guarani já estão na zona de rebaixamento. O primeiro tem 20 pontos e não se encontrou desde o começo da competição e já mudou de técnico uma vez – saiu Marcio Goiano e entrou Vadão. O Azulão é um dos times que mais empataram no certame, com oito igualdades.

O Guarani começou a Série B com campanha de time que poderia subir, com dois empates e duas vitórias nas quatro primeiras partidas. Os resultados, porém, se mostraram enganosos e o time (limitadíssimo) mostra que não terá forças para escapar do rebaixamento.

O Bragantino tem 21 pontos, um a mais do que o Guarani, último clube na zona de rebaixamento. E mesmo recheado de jogadores que passaram por grandes clubes, terá mesmo que lutar contra a degola, mesmo com a promessa de um prêmio ‘gordo’ prometido pela sua diretoria caso o acesso saia.

O Grêmio Barueri tem 23 pontos. Duas semanas antes de começar a Série B, a equipe deixou a cidade de Presidente Prudente vendida a um grupo de empresários e retornou para Barueri. O valor do negócio não foi divulgado, mas chegaria a R$ 20 milhões. Investimento que não valeu a pena até agora,. O time continua sem torcida e sem força para sair desta situação.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo