Brasil

O Corinthians já vai começar 2024 como retardatário em relação a Palmeiras e São Paulo

Vantagem do Corinthians é a experiência de Mano Menezes em montar elenco, mas torcedor precisará de paciência para ter bons resultados

A temporada de 2023 chegou ao fim, jogadores e comissão técnica estão de férias, mas o tempo não para e faltam um pouco mais de um mês para o Corinthians estrear pelo Campeonato Paulista de 2024, e até agora o próximo ano do Timão é uma grande incógnita até para os jogadores do elenco.

As mudanças no elenco já começaram com as saídas de Renato Augusto, Gil e Giuliano, vai continuar mesmo com o clube em férias. Em entrevista no último domingo para a rede Bandeirante de Televisão, o presidente alvinegro, Augusto Melo, disse que apesar do treinador já estar de férias de Rio Grande Sul, os dois mantém contato, e que ele optou por uma reformulação total:

— A gente tem uma comissão que vai ser bem bacana, independentemente do diretor de futebol que vier, que já estamos monitorando. Numa reunião com o Mano, em comum acordo, na sexta-feira, a gente decidiu pela reformulação total. É uma preferência minha – revelou o dirigente alvinegro

Enquanto o Corinthians começa trabalho do zero, os adversários fazem apenas contratações pontuais

A temporada deste ano foi extremamente complicada, e a equipe alvinegra passou perto de ser rebaixada no Campeonato Brasileiro, com isso para o próximo ano a expectativa é que o Timão dispute de maneira mais “digna” as quatro competições que tem pela frente.

Mas com as mudanças que o time pretende passar para 2024, o Corinthians saí atrás dos rivais, em vários sentidos, principalmente pelo fato de que enquanto os rivais estão apenas se reforçando e repondo seus elencos com contratações pontuais, o alvinegro pretende começar do zero, isso pode ser um revés, já que um dos obstáculos pode ser o tempo de adaptação desses atletas, ainda mais se for atrás de jogadores estrangeiros, que levam um pouco mais de tempo para entender a loucura que é o calendário do Brasil.

Um fator a favor de todas essas mudanças, acaba sendo Mano Menezes, que já participou de outras montagem de elenco nos clubes por onde passou, entre elas as duas vezes anteriores que comandou o Corinthians. Todos eles foram bem estruturados e vencedores, em 2014, usou a base, e recebeu reforços pontuais, porém o treinador ficou apenas um ano no comando, e na temporada seguinte o time foi campeão brasileiro, com a base do elenco formado por ele, mas que não desfrutou das mudanças que fez, aliás, um dos argumentos pelo tempo de contrato assinado em setembro. Apesar desse ponto a favor, o torcedor corintiano precisará ter muita paciência para que os resultados comecem a chegar.

Período da janela de transferência pode interferir diretamente na reformulação do Corinthians 

Com o curto espaço de tempo, a vontade do presidente do Corinthians em fazer uma reformulação total pode ser diretamente afetada pela data da primeira janela de transferência, já que o staff do clube teria que buscar pelo menos um jogador por posição, e os atuais mandatários, não fecharam ainda com nenhum diretor de futebol, poderia agir com mais rapidez no mercado.

O calendário da Confederação Brasileira de Futebol para 2024, apresentou algumas mudanças, principalmente nas datas da janela de transferências, para contratação e venda de atletas, o primeiro período para as negociações começa em 11 de janeiro – dez dias antes do início do Paulistão – e termina em 7 de março.

Foto de Jade Gimenez

Jade Gimenez

Jornalista, fascinada por esporte desde a infância, paixão que se tornou profissão. Além do futebol me mantenho por dentro de outras modalidades desde Fórmula 1 até NFL. Trabalhei como repórter em TV e rádio cobrindo partidas de futebol, futsal e basquete.
Botão Voltar ao topo