Copa do Brasil

Vasco segura o Fortaleza e cumpre objetivo de voltar vivo para jogo em São Januário

Em crise e com técnico interino, o Vasco ficou no empate em 0 a 0 pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil

O Vasco conseguiu segurar a pressão do Fortaleza e as esquipes ficaram apenas no 0 a 0, nesta quarta-feira (1), na Arena Castelão, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Em meio a crise gerada pela saída do técnico Ramón Díaz, no último sábado, e sob o comando do interino Rafael Paiva, o Cruz-Maltino cumpriu o seu objetivo e voltou vivo do Ceará. Agora, decide a vaga nas oitavas de final em São Januário, no dia 21 de maio.

Com o empate no jogo de ida, quem vencer o segundo jogo, em São Januário, avança para as oitavas de final. Uma nova igualdade no placar leva a decisão entre Vasco e Fortaleza para os pênaltis.

Técnico interino faz mudanças no Vasco

Apesar de estar há poucos dias no comando do Vasco, o técnico interino Rafael Paiva fez mudanças importantes no time do Vasco para o confronto com o Fortaleza. O Cruz-Maltino voltou a utilizar o esquema com três zagueiros, com Rojas, Maicon e Léo entre os titulares. Medel, titular absoluto com Ramón Díaz, foi barrado. E, apesar da expectativa de que o Vasco entrasse com um time mais conservador, com três volantes no meio, Paiva escalou apenas Hugo Moura e Mateus Carvalho entre os onze iniciais, mantendo o ataque com Rayan, David e Vegetti.

Fortaleza domina o Vasco no primeiro tempo

Como era de se esperar, pelo momento e pela qualidade dos times, além do fator local, o Fortaleza buscou — e conseguiu — controlar as ações do jogo desde o início da partida. Pressionando o Vasco, o time cearense se aproveitou justamente dos problemas causados pela escalação do interino Rafael Paiva. O Cruz-Maltino se defendia com uma linha de cinco jogadores, mas tinha apenas os dois volantes na proteção da área. Assim, o Fortaleza, com superioridade numérica, pressionava tanto pelos lados como pelo meio. E, com mais jogadores na entrada da área, ainda ficava com as sobras, sem deixar o Vasco respirar.

O Fortaleza teve duas chances claras de gol no primeiro tempo. Yago Pikachu finalizou uma bola em cima de Léo Jardim e, pouco antes do intervalo, após boa jogada de Zé Welison pela esquerda, Pochettino recebeu livre dentro da área e finalizou na trave. O Vasco, por sua vez, tentava escapar com as bolas longas para Vegetti e Rayan. Mas a melhor chance do Cruz-Maltino veio com David, em finalização de longe que desviou na zaga e passou perto do gol de João Ricardo.

Vasco melhora e sofre menos no Castelão

Por uma entorse de Hugo Moura, o Vasco voltou do intervalo com Galdames no time. Além disso, logo aos 11′, o técnico Rafael Paiva colocou Rossi, Adson e Sforza no time. As mudanças deixaram o time carioca com melhor saída de jogo e toque de bola. Além disso, o Fortaleza não conseguiu manter o ritmo do primeiro tempo e deixou de criar tantas oportunidades como teve antes do intervalo. A melhor chance ainda foi do time da casa, com Zé Welison finalizando de fora da área e obrigando Léo Jardim a fazer boa defesa, mas Leão do Pici aparentou ter sentido um cansaço e perdeu o ritmo de jogo.

Com o Vasco satisfeito com o empate e o Fortaleza aparentemente esgotado fisicamente, a reta final da partida perdeu ainda mais ritmo, com muitos passes errados e poucas finalizações. O time da casa até tentou criar, mas as substituições feitas por Vojvoda, com as entradas de Moisés, Marinho e Kervin Andrade, pouco surtiram efeito e o Fortaleza perdeu força ofensiva. Ainda assim, o Leão voltou a pressionar nos minutos finais e teve uma grande chance com Kervin, que parou em mais uma boa defesa de Léo Jardim. Com muitos erros dos dois lados, o 0 a 0 permaneceu no placar até o fim do jogo.

Próximos jogos do Vasco

  • Athletico-PR — Campeonato Brasileiro — domingo, 05 de maio de 2024, 16h (horário de Brasília);
  • Vasco x Vitória — Campeonato Brasileiro — domingo, 12 de maio de 2024, 11h (horário de Brasília);
  • Vasco x Flamengo — Campeonato Brasileiro — sábado, 18 de maio de 2024, 21h (horário de Brasília);
  • Vasco x Fortaleza — Copa do Brasil — terça-feira, 21 de maio de 2024, 21h30 (horário de Brasília);
Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo