Copa do Brasil

Rodinei fez um bonito gol, Galhardo guardou mais um e o Internacional avançou às quartas da Copa do Brasil

Thiago Galhardo marcou seu 16º gol nos últimos 20 jogos e Rodinei acertou um bonito chute no duelo de oitavas de final da Copa do Brasil contra o Atlético Goianiense. O Colorado acabou vencendo a partida no Beira-Rio por 2 a 1 e garantiu vaga na próxima fase.

Embora tivesse vantagem de apenas 2 a 1 pelo jogo de ida, o alívio foi realmente pequeno quando Galhardo abriu o placar porque, da maneira como o jogo estava caminhando, parecia inconcebível que qualquer um dos lados conseguiria colocar uma bola na rede.

Aos 12 minutos, o lateral Nicolas Vichiatto cobrou falta em cima da barreira, ficou com o rebote e emendou de fora da área. Passou perto do gol de Marcelo Lomba, mas foi a única vez que o Dragão ameaçou no primeiro tempo. Sequer chegou a acertar uma finalização no período.

O Internacional não foi muito melhor. Leandro Fernández também arriscou de longe, mas meio torto, e, nos minutos finais, Nonato bateu forte, também à média distância, e Jean fez uma boa defesa. No entanto, aos nove minutos da segunda etapa, o goleiro do Atlético Goianiense bateu roupa em outro chute forte de Nonato. Thiago Galhardo ficou com o rebote, passou por Jean e tocou para o gol vazio.

Aos 31 minutos, Rodinei acabou com o pouco de suspense que ainda havia. Recebeu de Edenilson, cortou Nicolas e acertou um bonito chute de perna esquerda no ângulo de Jean, que pulou para tentar agarrar, mas não conseguiu.

Dando sequência a um segundo tempo mais animadinho, Júnior Brandão bateu livre da marca do pênalti. A bola passou por Lomba, mas Zé Gabriel cortou em cima da linha. O golzinho de honra acabou saindo com o próprio Brandão, pouco depois. Ele saiu pela direita e bateu cruzado. Lomba não conseguiu a defesa e, desta vez, Zé Gabriel também não conseguiu o corte crucial. Mas nada que abalasse a classificação do Colorado.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo