Copa do Brasil

Renato praticamente joga a toalha na Copa do Brasil: o que resta ao Grêmio?

Grêmio perdeu por 2 a 0 para o Flamengo no jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil e viu seu técnico, Renato Portaluppi, admitir falhas coletivas

Renato Portaluppi concedeu entrevista coletiva após a derrota do Grêmio para o Flamengo, nesta quarta-feira (26), e avaliou a atuação da sua equipe. O treinador reconheceu os erros cometidos, salientou a qualidade do adversário, isentou a arbitragem e praticamente jogou a tolha em relação à possível reversão do placar.

O Grêmio atacou o Flamengo, criou oportunidades na parte inicial do jogo, mas não aproveitou. O Flamengo conseguiu colocar a bola na rede nas suas principais chances criadas e ainda desperdiçou um pênalti com Gabigol.

Renato cita situação do Grêmio para justificar derrota

O treinador gremista lembrou que a equipe tem feitos boas campanhas em 2023 mesmo sendo o primeiro ano após o retorno para a elite do futebol nacional.

— A gente sempre trabalha por títulos, mas precisamos ser realistas também. O Grêmio vem de uma Segunda Divisão, trocamos praticamente 50% do nosso grupo, ganhamos a Recopa, o Estadual e estamos bem no Brasileirão. Não vamos ganhar sempre. Temos que elogiar também o adversário, que tem muita qualidade.

Renato admitiu que sua equipe não atuou bem como em partidas anteriores e não deixou de reconhecer também os méritos do time do Flamengo.

— Hoje as coisas deram certo para eles e não deram pra nós. Perdemos chances. Teve aquela claríssima com o Villasanti. O Flamengo aproveitou as oportunidades. Tivemos depois um jogador expulso, o que dificulta ainda mais. Não deu nada certo pra nós, mas não podemos tirar o mérito deles [Flamengo].

— Quando fizeram o gol, deu uma tranquilidade ainda maior para eles. São jogadores que pensam sempre na frente, são diferenciados. Uma noite em que deu tudo certo pra eles. Temos que virar a chave e pensar novamente no Campeonato Brasileiro, que estamos muito bem.

Ferreira perdeu oportunidade de marcar pelo Grêmio (Foto: Iconsport)

Erros individuais do time do Grêmio

Reinaldo acabou errando o passe na saída de bola do Grêmio e iniciando a jogada do primeiro gol do Flamengo na partida. Além disso, o meio-campo, principalmente, esteve abaixo tecnicamente. Apesar disso, o técnico tricolor evitou responsabilizar individualmente os atletas pela derrota.

— Não vou apontar um ou outro. A equipe toda esteve abaixo. Faz parte. Pegamos uma equipe muito qualificada, que jogou mais do que a gente e aproveitou as oportunidades.

— Meus volantes não foram tão bem como de costume, mas faz parte. Estamos tristes, vamos reconhecer a força do adversário e não vamos achar que está tudo errado.

+ LEIA MAIS: Suárez não foge da responsabilidade, mas o Grêmio foi pior que o Flamengo

Objetivos do Grêmio ainda para 2023

Renato praticamente jogou a toalha em relação a uma possível reversão do placar na partida de volta, dia 16 de agosto, no Maracanã. Mas o treinador gremista salientou a boa campanha no Campeonato Brasileiro e disse que a briga continua na competição de pontos corridos, contando o principal objetivo na atual temporada.

— O maior troféu para o Grêmio e para a torcida é chegar na Copa Libertadores por tudo que aconteceu ano passado e nesse ano também. Mas não vamos esquecer de brigar pelos títulos. Sabemos que está muito difícil, mas não vou desistir do jogo de volta da Copa do Brasil e estamos bem no Brasileirão.

Renato valorizou temporada do Grêmio (Foto: Iconsport)

Renato isenta a arbitragem da semi

Os jogadores do Grêmio e os mais 52 mil torcedores que estiveram presentes na Arena do Grêmio para acompanhar a partida fizeram fortes reclamações contra o árbitro Raphael Claus. As principais reivindicações foram no pênalti marcado para o Flamengo, na expulsão de Kannemann, em outros cartões e faltas durante a partida.

Renato reclamou em campo com veemência em relação a um cartão amarelo para o lateral-direito Wesley, que estava pendurado e ficaria fora da partida de volta. Porém, na entrevista, o treinador tratou de comentar o lance e elogiar o árbitro do jogo.

— Claus foi nota 10. A única coisa que fui cobrar dele, pois eu não tinha certeza, foi sobre o cartão amarelo que ele não deu para o Wesley. Na hora achei que tivesse dado um carrinho, mas depois vi que não e foi à decisão certa. Teve um erro aqui e outro ali, mas tudo dentro da normalidade. Não teve nada a ver com ele.

Renato cobra reforços outra vez

O treinador chegou a afirmar em determinado momento da temporada que o Grêmio só teria chance de conquistar títulos em 2023 caso fizesse contratações. Após a derrota para os cariocas, o treinador comentou a iminência da chegada de novos atletas para o plantel gremista e a importância da permanência de Suárez.

— Eles vão chegar, a gente já segurou o Suárez até dezembro. A novela ia até dia 2, mas foi antecipada. Ele vai ficar até dezembro e isso já é um grande reforço pra gente. Esses reforços vão chegar e, é logico, quanto mais reforços melhor. Saíram vários jogadores e agora é óbvio que precisam chegar.

Suárez fica no Grêmio até o final de 2023 (Foto: Iconsport)

Treinador pede paciência com Luan

Luan está contratado pelo Grêmio, foi confirmado nos bastidores e também publicamente por Renato na entrevista coletiva. O treinador aproveitou também para pedir paciência da torcida com o jogador, que ainda não entrou em campo em 2023.

— A camisa 7 será dele. Sempre foi o desejo dele. É um jogador que vai chegar. Ele já nos deu muitas alegrias. Quero que o torcedor tenha muita paciência com ele. Ele já nos ajudou muito, tem muita qualidade e está no fundo do poço. Vindo para o Grêmio, ele está saindo do fundo do poço.

— Ele sabe que precisa se recuperar. Agora é com ele. Aqui ele terá o carinho de todo mundo. Ele me prometeu que vai se ajudar. Eu conversei com ele e ele me disse que quer e quer muito. Será mais um reforço nosso.

Luan chega a Porto Alegre no início da tarde desta quinta-feira (27). O jogador será recepcionado por torcedores no aeroporto Salgado Filho.

Foto de Bruno Soares

Bruno Soares

Bruno Soares nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) em 2023. Antes de escrever para Trivela, passou por rádio Grenal, Ulbra TV e MS+ Sports
Botão Voltar ao topo