Copa do Brasil

Gabriel Veron mostrou classe na estreia de Abel Ferreira e marcou na classificação tranquila do Palmeiras

Abel Ferreira chegou ontem. Literalmente. Foi apresentado na última quarta-feira e estreou no banco de reservas do Palmeiras, nesta quinta, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Red Bull Bragantino. Não dava para esperar nada. Ele manteve a mesma estrutura e escalação que vinham sendo usadas, com sucesso, por Andrey Lopes e conseguiu confirmar com tranquilidade a classificação, com vitória por 1 a 0 no Allianz Parque, belo gol de Gabriel Veron, após 3 a 1 na ida em Bragança Paulista.

A vaga nunca esteve em risco. O Red Bull Bragantino até teve um começo animador, com duas chegadas perigosas nos primeiros minutos. Lucas Evangelista recebeu de Claudinho e bateu rasteiro de fora da área. Weverton pulou bem para espalmar. Aderlan aproveitou um erro de Viña e finalizou, também de média distância, mas muito para longe.

Mas não durou muito tempo. O jogo rapidamente entrou em um equilíbrio maior, e o Palmeiras começou a ameaçar, também de fora da área. Felipe Melo deu sequência a um bom desarme na intermediária ofensiva com um forte chute de perna direita, que passou perto do gol de Cleiton, e Rony completou – mal – o bom lançamento de Gabriel Veron.

Veron, aliás, havia entrado no lugar de Wesley, machucado, aos 18 minutos do primeiro tempo. Aos 28, ele roubou a bola no campo de defesa e deu início ao ataque palmeirense. Rony abriu para Viña. O cruzamento encontrou o garoto livre dentro da área. Com tranquilidade, ele dominou a bola e tocou na saída de Cleiton para ampliar ainda mais a vantagem do Palmeiras.

Com excelente vantagem e conseguindo administrá-la muito bem, o segundo tempo se arrastou, e qualquer chance de reviravolta do Red Bull Bragantino saiu pela janela quando Luan Cândido foi expulso, por volta dos 20 minutos. Depois disso, tornou-se uma questão de esperar o tempo terminar para que Abel Ferreira possa começar de verdade o seu trabalho à frente do Palmeiras.

.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo