Copa do Brasil

Corinthians mostra resiliência e vence América-RN, de virada, pela Copa do Brasil

Após sofrer gol cedo, Corinthians busca reação na Arena das Dunas e leva boa vantagem para o jogo de volta

Nesta quarta-feira (1), o Corinthians conquistou vitória importante diante do América-RN, em duelo válido pela ida da terceira rodada da Copa do Brasil. Após sair atrás no placar, o Timão buscou a virada na Arena das Dunas e bateu a equipe alvirrubra por 2 a 1. Breno Bidon e Cacá marcaram os gols do Alvinegro paulista. Marcos Ytalo anotou o tento dos donos da casa.

O Corinthians volta a campo no próximo sábado (4), quando recebe o Fortaleza, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. A bola rola a partir das 16h (horário de Brasília), na Neo Química Arena. Já o América-RN encara o Atlético-CE, domingo (5), às 18h (horário de Brasília), na Arena das Dunas, pela Série C.

A partida de volta entre Corinthians x América-RN está marcada para às 20h (horário de Brasília) do dia 21 de maio (terça-feira).

Corinthians sofre com início forte do América-RN, mas busca empate

Empurrado por sua torcida, o América-RN começou a partida pressionando o Corinthians, que tinha a bola, mas encontrava dificuldades para sair jogando. Apesar de ditar o ritmo do jogo, o Timão sofria quando perdia a posse. Na primeira descida de contra-ataque dos donos da casa, Rafinha se posicionou nas costas de Matheuzinho, recebeu cruzamento vindo da direita e finalizou de primeira, obrigando Carlos Miguel a fazer defesa no susto e reflexo.

O Corinthians não fazia um jogo ruim. Entretanto, a postura enérgica e avassaladora do América se sobressaía sobre a qualidade técnica do time alvinegro. Aos 12′, isso ficou claro e puniu o Timão. Livre de marcação, Marcos Ytalo avançou em liberdade pelo lado direito do ataque. Da intermediária, o lateral emendou chute forte e rasteiro, que desviou em Norberto e “matou” Carlos Miguel. Alvirrubro merecidamente em vantagem.

Precisando correr atrás do prejuízo, o Corinthians esboçou reação após levar o gol. A equipe paulista colocou a bola no chão e passou a atuar majoritariamente no campo de ataque. Ciente da superioridade técnica do adversário, o América baixou suas linhas e apostou no jogo físico para frear as investidas corintianas. Com 20′ no relógio, por pouco o empate não saiu. Matheus Bidu cruzou na direção de Félix Torres que, de cabeça, acertou a trave.

Na arquibancada visitante da Arena das Dunas, a torcida alvinegra sentiu o bom momento do Corinthians e aumentou o volume. O Timão manteve a intensidade no ataque e conseguiu o gol de empate aos 29′. Wesley fez bonita jogada individual no lado esquerdo, passou fácil pela marcação, invadiu a área e rolou para trás. Breno Bidon, de primeira, estufou as redes e deixou tudo igual.

Nos 15 minutos finais, o Corinthians explorou os lados de campo e abusou dos cruzamentos na área. Entretanto, quem levou perigo mesmo foi o América. Com postura reativa, o Dragão jogava no erro do Timão e apostava em contragolpes rápidos. Antes do término do 1º tempo, Carlos Miguel efetuou quatro defesas difíceis e manteve o 1 a 1 no placar.

Cacá marca pelo segundo jogo consecutivo e decreta virada

O América repetiu a estratégia do 1º tempo e iniciou a etapa complementar em cima do Corinthians, mordendo na marcação e não deixando a equipe alvinegra respirar. Sonolento e moroso, o Timão não voltou bem do intervalo e foi salvo pela trave aos 6′. Wenderson emendou um sem-pulo após receber lançamento na entrada da área e carimbou o poste. Em resposta imediata, Matheus Bidu finalizou à esquerda da meta de Renan Bragança.

Aos poucos, o Corinthians foi se reencontrando em campo e arrefecendo o ímpeto dos donos da casa. Aos 17′, o Timão castigou o América através do jogo aéreo e tomou a dianteira do placar pela primeira vez. Matheus Bidu cobrou escanteio com curva venenosa, perto da marca do pênalti, e encontrou Cacá. O camisa 25 subiu alto e testou firme, sem chance de defesa para Renan Bragança. Mais um gol do jovem zagueiro, que havia marcado também no último domingo (28), contra o Fluminense.

O América não se abateu ao tomar a virada e buscou o empate poucos minutos depois. Souza cobrou falta na área, e Matheus Ferreira subiu na frente de Pedro Raul. O volante cabeceou cruzado e venceu Carlos Miguel. Todavia, para alívio do Corinthians, o tento acabou anulado por impedimento após checagem do VAR.

E terminou assim na Arena das Dunas. O Dragão martelou em busca do gol de empate, mas o Corinthians soube se segurar. Segunda vitória seguida para o time de António Oliveira, que ganha respiro no comando do Alvinegro após sofrer forte pressão nas últimas semanas.

Estatísticas de América-RN 1 x 2 Corinthians – Copa do Brasil 2024

  • Posse de bola: 32% x 68%
  • Faltas: 13 x 10
  • Finalizações: 16 x 15
  • Finalizações no gol: 7 x 4

Próximos jogos do Corinthians

  • Corinthians x Fortaleza — Campeonato Brasileiro — 04/05
  • Nacional-PAR x Corinthians — Copa Sul-Americana — 07/05
  • Flamengo x Corinthians — Campeonato Brasileiro — 11/05
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo