Brasileirão Série A

Nem mais uma lesão de Payet impediu o Vasco de vencer o Fortaleza em São Januário

Mais uma vez quando retornava de lesão, o meia Payet voltou a sentir uma lesão e deixou o Vasco no começo da vitória por 2 a 0 sobre o Fortaleza

O Vasco conseguiu uma boa e importante vitória por 2 a 0 sobre o Fortaleza, nesta quarta-feira (3), em São Januário, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado, conquistado com gols de Mateus Carvalho e Vegetti, afastou o clube da zona de rebaixamento do Brasileiro. No entanto, mais uma vez, o meia Dimitri Payet voltou a preocupar o Vasco.

Pela segunda vez nesta temporada, Payet voltou a sentir dores quando retornava de alguma lesão. O francês, que ficou fora durante quase todo o mês de junho por uma lesão na coxa direita, voltou a atuar no último sábado, contra o Botafogo, quando deixou o campo irritado, e, nesta quarta-feira, foi titular, mas durou apenas 14 minutos em campo.

Contra o Fortaleza, Payet caiu no gramado sozinho no começo do primeiro tempo, aparentando ter voltado a sentir dores na coxa direita. O camisa 10 foi substituído pelo jovem JP.

Uma situação parecida também aconteceu no começo deste Campeonato Brasileiro. Antes da competição, Payet sofreu uma lesão no joelho direito, que o deixou fora das três primeiras rodadas.

Em crise, Ramón Díaz o escalou como titular contra o Criciúma, na quarta rodada. Mas ele só jogou 45 minutos e, depois, voltou a desfalcar o time, indicando uma volta precipitada naquele momento.

Com um possível novo — ou velho — problema na coxa direita, Payet vira dúvida para a partida contra o Inter, no próximo domingo (7), no Beira-Rio, pela 15ª rodada do Brasileiro.

Como foi a vitória do Vasco

Para a sorte da torcida do Vasco, o time aparentou não ter sentido tanto a ausência de Payet depois da substituição do meia no começo do primeiro tempo.

O jogo contra o Fortaleza foi equilibrado e o time visitante também teve chances de marcar — em uma delas, quando o placar ainda estava em branco, Breno Lopes obrigou Léo Jardim a fazer uma grande defesa, mas o Vasco foi superior durante quase todos os 90 minutos.

O time de Rafael Paiva teve mais a bola e conseguiu empurrar o Fortaleza no seu campo de defesa. Mas encontrou algumas dificuldades no último passe. A situação melhorou aos 39′, quando o Fortaleza teve o volante Hércules expulso por fazer uma falta dura para matar o contra-ataque puxado por Adson.

Com a vantagem em campo, o Vasco conseguiu abrir o placar aos 47′, com Mateus Carvalho pegando uma sobra e finalizando com qualidade de fora da área, no canto de João Ricardo.

Com um a mais, o Vasco foi ainda melhor no segundo tempo. O time vascaíno pressionou o Fortaleza nos minutos iniciais e teve chances com Vegetti, Rojas e Paulo Henrique. E não demorou para ampliar em uma jogada já conhecida. Aos 17′, Lucas Piton cobrou escanteio e Vegetti subiu alto para mandar, de cabeça, para as redes, fazendo 2 a 0 para o Vasco.

Com a vantagem no placar, um jogador a mais e um Fortaleza praticamente sem poder de reação, o Vasco diminuiu o ritmo no decorrer do segundo tempo e administrou o placar, mas sem recuar o time e chamar o Fortaleza para o seu campo. A estratégia do interino Rafael Paiva deu certo e o Vasco conseguiu a importante vitória no Brasileiro.

Como ficam as situações de Vasco e Fortaleza no Brasileiro?

Com a vitória desta noite, o Vasco foi aos 14 pontos e subiu para a 14ª colocação. No próximo domingo (7), o Cruz-Maltino visita o Inter, no Beira-Rio. Já o Fortaleza parou nos 20 pontos e é o nono colocado do Brasileirão. No mesmo domingo (7), o Leão do Pici recebe o Fluminense, na Arena Castelão.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel RodriguesSetorista

Jornalista formado pela UFF e com passagens, como repórter e editor, pelo LANCE!, Esporte News Mundo e Jogada10. Já trabalhou na cobertura de duas finais de Libertadores in loco. Na Trivela, é setorista do Vasco e do Botafogo.
Botão Voltar ao topo