Brasileirão Série A

São Paulo enfim vence a primeira fora de casa e afunda o Bahia na Fonte Nova

Caio Paulista marca já nos acréscimos o gol da vitória do São Paulo por 1 a 0 na Fonte Nova

O Bahia se via obrigado a vencer para respirar na briga contra o rebaixamento. O problema é que o São Paulo tinha uma de suas últimas duas chances de enfim conseguir uma vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro – e ainda garantir matematicamente a permanência na Série A. Uma vitória que demorou tanto, que só saiu nos acréscimos do segundo tempo: Caio Paulista saiu do banco de reservas e entrou para marcar o gol do 1 a 0 do Tricolor Paulista nesta quarta-feira (29), na Arena Fonte Nova, pela 36ª rodada do Brasileirão. Um resultado que afunda o Bahia no Z4.

Uma chance para cada no primeiro tempo

Obstinado a resolver as suas duas últimas pendências no Brasileirão, o São Paulo jogou de mandante no primeiro tempo em plena Fonte Nova. O Tricolor paulista teve imponentes 66% de posse de bola, controlou as ações ao longo dos 45 minutos iniciais e poderia até ter saído em vantagem no placar. Logo aos seis minutos, Michel Araújo tabelou com Juan e saiu na cara de Marcos Felipe. Canhoto, o uruguaio chutou de pé direito e parou em grande defesa do goleiro adversário. O São Paulo seguiu pressionando, mas por apenas mais seis minutos.

Isso, porque aos 12, refletores do sistema de iluminação da Arena Fonte Nova estouraram, e cacos de vidro foram parar no gramado. A arbitragem teve de paralisar o jogo para retirar os estilhaços do campo. Quando a partida foi retomada, o Tricolor paulista incorreu em algo que tem sido sua rotina. A equipe muito fica com a bola, mas pouco consegue criar e levar perigo – foi assim, inclusive, no empate em 0 a 0 com o Cuiabá, no último domingo (26). O Bahia, em sua estratégia de não se expor de forma desnecessária conseguiu controlar o jogo a sua maneira e até criou uma grande chance já nos acréscimos. Aos 47, Cauly foi acionado por Biel dentro da área. Ele bateu cruzado, e a bola saiu passando muito perto de Thaciano, que se aproximava para tentar empurrar para as redes.

Bahia é melhor no segundo tempo, mas Caio Paulista decide

A derrota na Fonte Nova tem gosto ainda mais amargo para o Bahia pelo enredo do que foi o segundo tempo. O Bahia voltou do intervalo com uma postura mais agressiva e foi superior ao São Paulo até o final da partida. É bem verdade que os visitantes assustaram em cobrança de falta de Lucas Moura, aos 12, e depois em finalização de Michel Araújo, aos 19. Mas as mudanças feitas pelos dois treinadores alteraram também o cenário do jogo, que ficou bem mais franco, com duas equipes que apostaram mais nas transições em velocidade na segunda etapa.

No toma lá, dá cá, os donos da casa ameaçaram com Thaciano e depois com Biel. O São Paulo respondeu com Alisson, em finalização que obrigou o goleiro rival a fazer grande defesa. O Bahia se lançou ao ataque para pressionar, desesperado contra o Z4, e de fato levou perigo. Mas também foi muito ameaçado. Enquanto Lucas Mugni e Ademir deram trabalho a Rafael, Luciano obrigava Marcos Felipe a fazer grande defesa, já nos acréscimos. Também já nos acréscimos, aos 51, Caio Paulista invadiu a área e finalizou de pé esquerdo para dar ao Tricolor paulista a sua primeira vitória fora de casa.

Reencontro com Rogério Ceni

O duelo desta quarta-feira, tão decisivo na parte de baixo tabela do Brasileirão, também foi especial pelo reencontro entre Rogério Ceni e São Paulo. O ídolo ficou frente à frente com o ex-clube pela primeira vez desde a sua saída do comando da equipe, há sete meses. Na Arena Fonte Nova, se confirmou uma escrita incômoda para o treinador: ele segue sem vencer o Tricolor. O tabu agora é de nove jogos, com sete derrotas e dois empates.

Rogério Ceni reencontra o São Paulo e ganha o abraço dos ex-comandados (IconSport)

São Paulo pode sair de férias

Com a vitória, o São Paulo está livre de pendências do Brasileirão. A equipe garante matematicamente a permanência na Série A e também vence a sua primeira partida fora de casa na competição. A primeira vitória como visitante pelo Brasileirão em mais de um ano. Ao Tricolor agora, só resta cumprir tabela. O próximo compromisso é neste sábado (2), às 21h (horário de Brasília), contra o Atlético-MG, no Mineirão, pela 37ª rodada.

Bahia respira fora do Z4

Com o empate, o Bahia ao menos respira fora do Z4 do Brasileirão. A equipe tem os mesmos 42 pontos do Vasco, atual 17º colocado, mas leva vantagem no saldo de gols e, assim, sobe para a 16ª colocação. O Tricolor de Aço volta a campo no próximo domingo (3), às 16h (horário de Brasília), para enfrentar o lanterna e já rebaixado América-MG no Independência.

Os últimos dois jogos do Bahia

  • América-MG x Bahia – 37ª rodada – domingo (3), às 16h (horário de Brasília), no Independência;
  • Bahia x Atlético-MG –38ª rodada – quarta-feira (6), às 21h30 (horário de Brasília), na Arena Fonte Nova.

Os últimos dois jogos do São Paulo

  • Atlético-MG x São Paulo – 37ª rodada – sábado (2), às 21h (horário de Brasília), no Mineirão
  • São Paulo x Flamengo – 38ª rodada – quarta-feira (6), às 21h30 (horário de Brasília), no Morumbi.
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo