Brasileirão Série A

Matheus Pereira segue dando as cartas no Brasil e volta a salvar o Cruzeiro

Camisa 10 marca gol e dá assistência em vitória do Cruzeiro, por 2 a 1, sobre o Cuiabá

Matheus Pereira segue fazendo a diferença no futebol brasileiro e decidiu mais um jogo para o Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. O camisa 10 da Raposa marcou um gol e deu uma assistência na vitória da azul, por 2 a 1, sobre o Cuiabá. Pitta descontou para o Dourado e Rafa Silva definiu o triunfo celeste.

Com a vitória, o Cruzeiro se recuperou da derrota para o São Paulo na última rodada e se garantiu na parte de cima da tabela do Brasileirão. O Cuiabá segue afundado na vice-lanterna do campeonato.

Fernando Seabra manteve base do Cruzeiro que já vinha jogando

O treinador Fernando Seabra voltou a manter a estrutura do time que vinha jogando, fazendo apenas uma mudança: Kaiki entrou na vaga de Marlon, suspenso por ter sido expulso contra o São Paulo.

O Cruzeiro entrou em campo assim:

  • Anderson; William, Zé Ivaldo, João Marcelo e Kaiki; Lucas Romero e Lucas Silva; Gabriel Veron, Matheus Pereira e Álvaro Barreal; Rafa Silva.
Craque do Cruzeiro, Matheus Pereira completou sete jogos pela Raposa no Brasileirão 2024, o que impossibilita que ele defenda outra equipe na competição
Craque do Cruzeiro, Matheus Pereira completou sete jogos pela Raposa no Brasileirão 2024, o que impossibilita que ele defenda outra equipe na competição – Foto: Icon Sport

Já o Cuiabá do treinador português Petit, que disputou as Copas do Mundo de 2002 e 2006 por sua seleção, veio a campo da seguinte forma:

  • Walter; Raylan, Marllon, Alan Empereur e Ramon; Lucas Mineiro, Denilson e Max; Jonathan Cafú, Clayson e Isidro Pitta.

O que melhor aconteceu para o Cruzeiro no jogo?

  • Atuação do jovem lateral-esquerdo Kaiki
  • Linda assistência de William
  • Matheus Pereira sendo decisivo novamente
  • Mais um gol importante de Rafa Silva
  • Retorno de Japa
  • Grande atuação de João Marcelo

O que de pior aconteceu para o Cruzeiro no jogo?

  • Dificuldade em parar os contra-ataques do Cuiabá
  • Erros no último passe e finalização
  • Pouca criatividade
  • Lesão de Álvaro Barreal
  • Pênalti bobo de Zé Ivaldo

Matheus Pereira faz a diferença em primeiro tempo fraco

Quando a bola rolou, o que se viu foi um primeiro tempo com o Cruzeiro buscando jogo, mas tendo bastante dificuldades contra um Cuiabá bem fechado.

As poucas finalizações da Raposa aconteciam em lances esporádicos, como chutes de fora da área ou cruzamentos. O Dourado, por sua vez, buscava os contra-golpes e assustava em jogadas pelo alto.

A primeira chance clara do Cruzeiro aconteceu aos 27. William roubou bola no meio, deixou com Lucas Romero e o camisa 29 achou bela bola para Matheus Pereira.

O meia deu ótimo passe para dentro da área e Barreal, que fazia boas dobradinhas com Kaiki, teve tempo de dominar e encher o pé, para boa defesa de Walter, em chance clara perdida.

Aos 41, foi a vez do Cuiabá assustar em jogada de contra-ataque na qual a defesa do Cruzeiro bateu cabeça. Apesar da bola ficar viva na área, Clayson, que conseguiu o domínio, isolou.

Três minutos depois, em novo contra-golpe do Dourado, Max avançou, mas também chutou por cima.

Matheus Pereira volta a aparecer nas dificuldades

Quando o Cruzeiro vinha mal na partida, Matheus Pereira voltou a desequilibrar.

Eram decorridos 45 minutos quando William recebeu bola na direita e viu uma excelente infiltração de Matheus.

Mesmo baixinho, o camisa 10 subiu bem entre os zagueiros e completou, de cabeça, cruzamento perfeito do camisa 12, abrindo o placar no Mineirão antes do intervalo.

Pitta empata, mas Rafa Silva brilha

Logo aos quatro minutos de segunda etapa, uma notícia ruim para o Cruzeiro. Barreal se lesionou e saiu de campo muito chateado, substituído pelo jovem Japa.

Quatorze minutos depois, nova notícia ruim. Zé Ivaldo caiu em drible de Clayson e cometeu pênalti. Pitta foi para a cobrança e não perdoou. Ele deslocou Anderson para empatar, 1 a 1.

Mas o Cruzeiro não se abateu e logo depois uma dupla iluminada apareceu. Aos 21 minutos, Matheus Pereira deu lindo passe para Rafa Silva.

O camisa 8 deu lindo drible de corpo e tocou sutilmente, tirando de Walter. Gol construído por uma dupla que costuma fazer a diferença pela Raposa. Dois a um para o Cruzeiro.

Matheus Pereira ainda mandou uma bomba de direita no travessão nos acréscimos, mas o jogo terminou em 2 a 1 para a Raposa.

Matheus Pereira não enfrenta o Vasco no domingo

Se Matheus Pereira foi o craque do jogo, o final da partida não foi bom para o camisa 10 e, consequentemente, para o Cruzeiro.

O camisa 10 foi amarelado no final do jogo, recebendo seu terceiro na competição. Ele não enfrentará o Vasco, no domingo (16), em São Januário, pela nona rodada do Brasileirão.

Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa é mineiro, formado em Jornalismo na UFOP, em 2019. Passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas, antes de se tornar setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo