Brasileirão Série A

Cabem no seu time? Esses são os jogadores com menos de 7 jogos no Brasileirão

A Trivela preparou uma lista com os jogadores com menos de sete jogos no Brasileirão e que podem reforçar o seu time

Com a janela de transferências prestes a abrir, os clubes do Campeonato Brasileiro estão à procura de reforços. Entre as opções disponíveis no mercado nacional, estão aqueles jogadores que ainda não completaram sete jogos na competição.

A CBF permite que tais atletas atuem por outros times na mesma edição do Brasileirão antes de atingir o limite de partidas, o que representa uma oportunidade de transferência.

Pensando nisso, a Trivela trouxe uma lista dos jogadores com menos de sete jogos do que se convencionou chamar os 12 grandes clubes do futebol brasileiro (menos o Santos, que está fora da elite do futebol brasileira).

Jogadores com menos de 7 jogos no Campeonato Brasileiro

Nesse levantamento, a Trivela considerou aquelas atletas mais conhecidos de cada uma das 11 equipes consideradas tradicionais que ainda não completaram sete jogos na Série A.

Entretanto, alguns desses jogadores não atingiram o limite de partidas no campeonato por diversas razões, como lesões, convocações, ou simplesmente escolha técnica.

Além disso, alguns desses atletas já têm algum tipo de negociação encaminhada ou estão acertados com outros clubes, esperando somente a abertura da janela para concretizar a transferência. Confira:

Atlético-MG

  • Matheus Mendes;
  • Mariano;
  • Alan Franco;
  • Mauricio Lemos;
  • Paulo Vitor;
  • Rubens;
  • Guilherme Arana;
  • Otávio;
  • Robert;
  • Brahian Palacios;
  • Eduardo Vargas;
  • Alan Kardec

Entre os jogadores do Atlético-MG que não completaram sete jogos, os nomes que mais chamam atenção são de Guilherme Arana, Alan Franco, Eduardo Vargas e Otávio. No entanto, isso só não ocorreu ainda, pois os três primeiros foram para a Copa América e o último se lesionou.

Dos realmente pouco utilizados, Mauricio Lemos pode sair com a chegada de Lyanco e Junior Alonso. Alan Kardec também é um nome que o Galo não se esforçaria para segurar.

Foto: (Pedro Souza/Atlético) - Guilherme Arana, do Atlético-MG
Foto: (Pedro Souza/Atlético) – Guilherme Arana ainda não completou sete jogos no Brasileirão pelo Atlético-MG

Botafogo

  • Gatito Fernández;
  • Marçal;
  • Luis Segovia;
  • Patrick de Paula;
  • Fabiano;
  • Yarlen

Ídolo do Botafogo, Gatito Fernández perdeu espaço no time após a chegada de John. O goleiro paraguaio tem contrato com o Glorioso até o fim de 2024 e já pode assinar um pré-contrato com outro clube.

Já Patrick de Paula chegou ao Botafogo com muitas expectativas, no começo da era SAF, e ainda não conseguiu corresponder. No começo de 2023, sofreu uma grave lesão no joelho e voltou a atuar em março deste ano. Ainda busca espaço o elenco e fez três jogos no Brasileirão.

Foto: (Vítor Silva/Botafogo) - Gatito Fernández, do Botafogo
Foto: (Vítor Silva/Botafogo) – Gatito Fernández ainda não completou sete jogos no Brasileirão pelo Botafogo

Corinthians

  • Carlos Miguel;
  • Matheus Donelli;
  • Fagner;
  • Léo Maná;
  • Diego Palácios;
  • Matheus Bidu;
  • Caetano;
  • Gustavo Henrique;
  • João Pedro Tchoca;
  • Fausto Vera;
  • Guilherme Biro;
  • Matheus Araujo;
  • Giovane;
  • Pedro Henrique

Ainda que esteja na lista, Fausto Vera está a caminho do Atlético-MG justamente por não ter feito sete jogos pelo Corinthians no Brasileirão. Oficialmente, ele ainda pertence ao clube alvinegro, pois o acordo com o Galo ainda não foi formalizado, mas o próprio atleta solicitou não cumprir o sétimo jogo exatamente para ser negociado.

Se recuperando de lesão, Fagner é outro que não cumpriu sete jogos. Porém, o lateral está com a renovação bem avançada com o Timão.

Embora tenha sido capitão no clássico contra o Corinthians, o zagueiro Gustavo Henrique não vinha sendo titular com regularidade e é outro atleta corintiano que não tem sete jogos completos pelo Corinthians.

PS: Carlos Miguel não está oficialmente confirmado no Nottingham Forest e, caso o negócio com o clube inglês, por exemplo, não se concretize, é outro que não tem sete jogos disputados pelo Timão.

Foto: (IconSport) - Fagner, do Corinthians
Foto: (IconSport) – Fagner ainda não completou sete jogos no Brasileirão pelo Corinthians

Cruzeiro

  • Léo Aragão;
  • Gabriel Grando;
  • Helibelton Palacios;
  • Wesley Gasolina;
  • Neris;
  • Lucas Villalba;
  • Pedrão;
  • Kaiki;
  • Filipe Machado;
  • José Cifuentes;
  • Japa;
  • Jhosefer;
  • Mateus Vital;
  • João Pedro;
  • Rafael Bilu;
  • Juan Dinenno;
  • Arthur Viana

Alguns dos nomes mais chamativos da lista do Cruzeiro, como Juan Dinenno, Mateus Vital e Japa, têm menos de sete jogos por sofrerem com lesões que os tiraram de muitas partidas.

As jovens promessas Pedrão, Jhosefer, João Pedro e Arthur Viana ainda passam pela transição do sub-20 para com o profissional.

Kaiki, talvez o garoto com o maior potencial do elenco, ganhou a titularidade de Marlon recentemente. Já Cifuentes, além de não engrenar, defende a seleção equatoriana na Copa América.

Foto: (Staff Images/Cruzeiro) - Mateus Vital, do Cruzeiro
Foto: (Staff Images/Cruzeiro) – Mateus Vital ainda não completou sete jogos no Brasileirão pelo Cruzeiro

Flamengo

  • Gabigol
  • Matheus Cunha
  • Cleiton
  • Varela
  • Viña
  • Igor Jesus
  • Erick Pulgar
  • Matheus Gonçalves
  • Carlinhos

Alguns titulares citados, como Varela, Viña e Erick Pulgar, só não completaram os sete jogos necessários por conta de convocações para Uruguai e Chile, respectivamente. Os que realmente têm chances de deixar o Flamengo são Gabigol e Matheus Gonçalves. O atacante está sem clima no clube e pode assinar pré-contrato com a equipe que desejar, ainda que o Rubro-Negro aguarde compensação financeira pela mudança. O Garoto do Ninho, por sua vez, está sem espaço com Tite e pode ser emprestado novamente. 

Gabigol no banco de reservas Flamengo
Com menos de sete jogos no Brasileirão, Gabigol pode deixar o Flamengo já na próxima janela (Foto: Icon Sport)

Fluminense

  • Felipe Alves;
  • Guga;
  • Thiago Santos;
  • Antônio Carlos;
  • André;
  • Gabriel Pires

Com a mudança de comando recente, o Fluminense tem alguns jogadores com menos de sete jogos. Além de André, que sofreu estiramento no ligamento colateral medial do joelho direito e está fora por lesão, o destaque é o lateral-direito Guga.

Em 2023, o jogador de 25 anos foi um dos reservas mais utilizados por Fernando Diniz e chegou a atrair o interesse do futebol europeu, mas o Tricolor negou. Nesta temporada, foi preterido por Diniz e por Marcão e disputou apenas três jogos no Brasileirão.

Foto: (Lucas Merçon/Fluminense FC) - André, do Fluminense
Foto: (Lucas Merçon/Fluminense FC) – André ainda não completou sete jogos no Brasileirão pelo Fluminense

Grêmio

  • Rafael Cabral;
  • Caíque;
  • Reinaldo;
  • Zé Guilherme;
  • Mayk;
  • Pedro Geromel;
  • Kannemann;
  • Natã;
  • Villasanti;
  • Ronald;
  • Carballo;
  • Pepê;
  • Nathan Pescador
  • Soteldo;
  • Diego Costa

Villasanti e Soteldo têm desfalcado o Grêmio por estarem na disputa da Copa América com suas seleções.

Por conta de lesões, jogadores como Geromel, Reinaldo e Diego Costa também conta com baixa minutagem no Campeonato Brasileiro até aqui.

Como o Tricolor Gaúcho priorizou a classificação para as oitavas de final da Libertadores, titulares como Kannemann e Pepê foram preservados de algumas partidas.

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA) - Pedro Geromel, do Grêmio
Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA) – Pedro Geromel ainda não completou sete jogos no Brasileirão pelo Grêmio

Internacional

  • Rochet;
  • Fabrício;
  • Robert Renan;
  • Igor Gomes;
  • Rômulo;
  • Bruno Gomes;
  • Hyoran;
  • Alan Patrick;
  • Gabriel Carvalho;
  • Matheus Dias;
  • Lucca Drummond;
  • Lucca;
  • Enner Valencia;
  • Lucas Alario;
  • Borré.

Alan Patrick e Lucas Alario sofreram com lesões no início deste Campeonato Brasileiro, e por isso ainda não completaram sete jogos pelo Internacional.

Rochet, Enner Valencia e Borré atuaram poucas vezes porque estão com suas seleções na disputa da Copa América.

Como o Inter tem dois jogos atrasados, e Coudet roda bastante o grupo, outros nomes importantes do elenco, como Robert Renan, também ainda não completaram sete partidas.

Foto: (IconSport) - Alan Patrick, do Internacional
Foto: (IconSport) – Alan Patrick ainda não completou sete jogos no Brasileirão pelo Internacional

Palmeiras

  • Gustavo Garcia;
  • Gustavo Gómez;
  • Vitor Reis;
  • Vanderlan;
  • Caio Paulista;
  • Jhon Jhon.
  • Rômulo;
  • Dudu.

É mais fácil a presidente Leila Pereira ser negociada com outro clube do que Gustavo Gómez, que só não chegou a sete jogos no Brasileirão pelo Palmeiras por conta da seleção paraguaia.

Assim, Dudu, que volta de dez meses parado, por conta de cirurgia no joelho direito, é o maior nome dentre os atletas do Verdão que ainda podem mudar de time no Campeonato Brasileiro.

Depois do malfadado episódio com o Cruzeiro, o camisa 7 voltou a ser opção no Palmeiras, mas sem conseguir espaço. No clube alviverde, sua saída ainda neste ano não é descartada.

Exceto por ele, ninguém mais tem chances de deixar o clube para outro time brasileiro nesta temporada. No dia 17 de julho, o clube ainda deve estrear Maurício (ex-Inter), Agustín Giay (ex-San Lorenzo) e Felipe Anderson (ex-Lazio).

Foto: (Cesar Greco/Palmeiras) - Gustavo Gómez, do Palmeiras
Foto: (Cesar Greco/Palmeiras) – Gustavo Gómez ainda não completou sete jogos no Brasileirão pelo Palmeiras

São Paulo

  • Young;
  • Jandrei;
  • Igão;
  • Rafinha;
  • Moreira;
  • Igor Felisberto;
  • Sabino;
  • Ferraresi;
  • Matheus Belém;
  • Patryck;
  • Bobadilla;
  • Pablo Maia;
  • Iba Ly;
  • Negrucci;
  • Rodriguinho;
  • James Rodríguez;
  • Wellington Rato;
  • Henrique Carmo;
  • William Gomes;
  • Erick.

James Rodríguez não chegou e nem chegará a sete jogos pelo São Paulo. Principal nome da lista, o meia está fora dos planos de Luis Zubeldía.

O clube conta com a valorização do colombiano na Copa América para encontrar outra equipe interessada em sua contratação para o segundo semestre.

Antigos titulares, Rafinha, Pablo Maia e Wellington Rato só não cumpriram sete jogos por conta de lesões. Bobadilla, por sua vez, ainda não estourou o limite porque está convocado pelo Paraguai.

Foto: (Rubens Chiri/saopaulofc.net) - Pablo Maia, do São Paulo
Foto: (Rubens Chiri/saopaulofc.net) – Pablo Maia ainda não completou sete jogos no Brasileirão pelo São Paulo

Vasco

  • Keiller;
  • Puma Rodríguez;
  • Rojas;
  • Erick Marcus;
  • Victor Luís;
  • Praxedes;
  • Payet;
  • Serginho;
  • Clayton Silva.

Principal nome da lista do Vasco, o meio-campista Dimitri Payet ainda não fez sete jogos por ter sofrido com lesões neste começo de Campeonato Brasileiro. No momento, ele está recuperado de um problema na coxa direita e deve ter uma sequência no time.

Já Keiller, reserva de Léo Jardim, é considerado um goleiro promissor desde a base do Inter, mas ainda não atuou pelo Vasco devido ao ótimo momento do titular.

Pode ser uma boa opção para quem busca um jogador para a posição e caso o próprio Keiller deseje buscar o seu lugar em um clube onde possa ter mais oportunidades.

Foto: (Leandro Amorim/Vasco) - Payet, do Vasco
Foto: (Leandro Amorim/Vasco) – Payet ainda não completou sete jogos no Brasileirão pelo Vasco
Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo