Brasileirão Série A

Atuações de Jandrei mostram que Young merece uma chance no gol do São Paulo

Luis Zubeldía banca titularidade de goleiro, mas números mostram que a decisão não é a mais indicada

O São Paulo vivia uma noite tranquila nesta quinta-feira (27), no MorumBIS, até os 47 do segundo tempo. Foi quando Jandrei cobrou um tiro de meta errado nos pés de Arthur Caíque.

O atacante não só marcou o gol de honra do Criciúma, como deu contornos de tensão aos minutos finais da vitória do Tricolor por 2 a 1 sobre o Tigre, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O São Paulo sofreu bem mais do que devida, graças à falha do goleiro.

A falha não passou incólume nas arquibancadas. Jandrei deixou o campo sob alguns xingamentos de torcedores próximos ao túnel de acesso ao vestiário. Nas redes sociais, logo veio uma enxurrada de críticas ao goleiro, somada a pedidos por oportunidades para Young, hoje terceiro na hierarquia da posição.

Números mostram que Young merece ao menos ser testado

Ainda antes de Rafael viajar aos Estados Unidos para se apresentar à seleção brasileira na disputa da Copa América, Luis Zubeldía já havia confirmado que Jandrei seria o goleiro na ausência do titular. O técnico descartou rodízio na posição e indicou que não daria chances a Young.

Mas os números recentes do São Paulo mostram que o garoto merece ao menos ser testado. Não apenas por seu potencial, mas pelo desempenho negativo de Jandrei. A média de gols sofridos pela equipe simplesmente dobrou desde que Rafael foi para Seleção.

> Os goleiros do São Paulo em 2024

  • Rafael: 25 jogos e 22 gols sofridos (média: 0,88 gol sofrido por jogo)
  • Jandrei: 9 jogos e 9 gols sofridos (média: 1 gol sofrido por jogo)
  • Jandrei desde a convocação de Rafael: 5 jogos e 8 gols sofridos (média: 1,6 gol sofrido por jogo)

Por que Young não ganha chances?

Conforme a Trivela ouviu de pessoas que acompanham o dia a dia de trabalhos do São Paulo, a opção de Zubeldía por Jandrei se dá pelas observações nos treinamentos. O goleiro sempre é elogiado por seu desempenho nas atividades e pelo jogo com os pés.

Além disso, a avaliação é de que Young ainda não está pronto para assumir tamanha responsabilidade no gol do Tricolor. O garoto ainda precisa evoluir no dia a dia de treinamentos.

Zubeldía banca Jandrei

Na entrevista coletiva após a partida, o técnico Luis Zubeldía bancou a permanência de Jandrei na equipe titular. O treinador citou a experiência do goleiro para lidar com as críticas e cobranças da torcida.

— Jandrei é um goleiro de experiência. Claro que atacar em equipes grandes sempre pode chegar a haver algum tipo de polêmica. Um tempo atrás, falava sobre duas posições que permanentemente sendo observadas com lupa. A do centroavante e o goleiro. Mas também devo reconhecer que a trajetória de Jandrei é importante.

— Se hoje teve participação no gol, sempre espero que com um goleiro de trajetória e nível de profissionalismo dele reverta essa situação. Pronto, na próxima partida, atacará. Esses desafios sempre são importantes para o jogador. O que posso fazer é dar apoio e também estamos em um momento onde necessitamos de todos. Internamente, tratamos de apoiar — Zubeldía.

> Os próximos três jogos do São Paulo

  • São Paulo x Bahia — Brasileirão — domingo (30), às 16h (horário de Brasília);
  • Athletico-PR x São Paulo — Brasileirão — quarta-feira, 3 de julho, às 21h30 (horário de Brasília).
  • São Paulo x Red Bull Bragantino — Brasileirão — sábado (6), às 21h (horário de Brasília)
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Jornalista pela PUCRS, é setorista de Seleção e do São Paulo na Trivela desde 2023. Antes disso, trabalhou por uma década no Grupo RBS. Foi repórter do ge.globo por seis anos e do Esporte da RBS TV, por dois. Não acredite no hype.
Botão Voltar ao topo