Brasileirão Série A

Internacional precisa superar desfalques e algoz recente para não sair da parte de cima do Brasileiro

Mais uma vez desfalcado, principalmente no sistema ofensivo, Colorado quer reverter histórico recente de insucessos contra o Rubro-Negro Baiano

Novamente desfalcado, principalmente no sistema ofensivo, o Internacional enfrenta o Vitória, neste domingo (16), às 16h, no Barradão, em Salvador/BA, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Com suas seleções no período de preparação para a Copa América, Sergio Rochet, Rafael Borré e Enner Valencia só voltarão a jogar pelo Inter em julho. À lista formada pelos selecionáveis se somam Maurício, que se recupera de trauma no joelho e pode ser vendido para o Palmeiras, e Alan Patrick, que sofreu estiramento muscular na coxa esquerda no primeiro minuto do empate com o São Paulo, na última quarta-feira (12), em Criciúma/SC.

Mercado e Alario retornam

Ao menos Lucas Alario, recuperado de desconforto no ombro sofrido na comemoração do gol da vitória sobre o Delfín, no dia 8, pela Copa Sul-Americana, volta a ficar à disposição. Ele deve formar dupla de ataque com Hyoran ou Wesley — nesse segundo caso, se Wanderson começar o jogo.

Quem também retorna é Gabriel Mercado, que cumpriu suspensão contra o São Paulo. Ele pode aparecer na zaga, que em Criciúma foi formada por Vitão e Fernando. 

No 4-1-3-2, uma provável escalação do Inter para enfrentar o Vitória tem Fabrício; Bustos, Igor Gomes, Mercado e Robert Renan; Thiago Maia, Hyoran, Bruno Gomes e Wanderson; Wesley e Alario.

Rebaixamento e eliminações na Copa do Brasil marcam retrospecto recente do Inter contra o Vitória

Mesmo que o Vitória enfrente dificuldades e ainda não tenha vencido no Campeonato Brasileiro, o Inter precisa reverter um histórico recente traumático contra este adversário.

No Brasileirão de 2016, as duas derrotas, por 1 a 0, para o Rubro-Negro Baiano foram decisivas para o primeiro e único rebaixamento colorado para a Série B. O Vitória foi o primeiro time fora do Z-4, com dois pontos a mais do que o Inter, que tentou se livrar nos tribunais com o caso Vitor Ramos.

Além disso, duas das últimas seis eliminações do Inter na Copa do Brasil foram para o Vitória, mesmo com o adversário na segunda divisão. 

Em 2018, o Colorado caiu nos pênaltis, na quarta fase, após vencer por 2 a 1 no Beira-Rio e perder por 1 a 0 no Barradão. 

Em 2021, pela terceira fase, o Inter venceu no Barradão, por 1 a 0, mas perdeu por 3 a 1 no Beira-Rio. A desclassificação culminou na queda do técnico Miguel Ángel Ramirez. 

Internacional busca se manter na ‘primeira página’ da tabela 

Esse, inclusive, foi o último encontro entre as equipes. Três anos depois, com o Vitória de volta à Série A, o Inter busca melhorar o retrospecto contra esse adversário para seguir na metade de cima da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

Com dois jogos atrasados, devido às enchentes no Rio Grande do Sul, atualmente o Inter é o décimo colocado, com seis pontos. Se vencer no Nordeste, o Colorado pode ganhar até quatro posições. Se empatar ou perder, pode ser ultrapassado pelo Fortaleza.

Internacional no Campeonato Brasileiro 2024

  • 10° colocado com 11 pontos em 6 jogos
  • 3 vitórias, 2 empates e 1 derrota
  • 5 gols feitos e 3 gols sofridos
  • 61% de aproveitamento
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas WagnerSetorista

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo