Brasileirão Série A

Suárez decide em sua despedida da Arena do Grêmio, e estende agonia do Vasco para última rodada

Em seu último jogo na Arena do Grêmio, Luis Suárez marcou o único gol da vitória que recoloca o Tricolor Gaúcho no G-4, e estendeu agonia do Vasco na briga contra o rebaixamento

Em sua despedida da Arena do Grêmio, Luis Suárez repetiu o que tanto fez em sua memorável passagem pelo Tricolor Gaúcho: decidiu. Com gol do camisa 9, o Grêmio venceu o Vasco por 1 a 0, na noite deste domingo (3), pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, e estendeu a agonia do Cruzmaltino na briga contra o rebaixamento para a última rodada.

Com a segunda vitória consecutiva, o Grêmio voltou ao G-4 do Campeonato Brasileiro, na 4ª colocação, com 65 pontos. Já o Vasco, com a derrota do Bahia para o América-MG, segue na beira da zona de rebaixamento, na 16ª colocação, com 42 pontos.

Homenagens a Suárez antes, durante e depois do jogo

Já antes do jogo, série de ações foram feitas pelo Grêmio em homenagem a Suárez. Torcedores puderam tirar fotos com totens do craque na esplanada da Arena do Grêmio, além de utilizarem máscaras do centroavante. El Pistolero teve seu nome muito gritado no aquecimento, e no anúncio na escalação. Quando as equipes entraram em campo, com Suárez à frente, como capitão gremista, a torcida estendeu uma bandeira, na arquibancada, escrita ‘Gracias Lucho'.

Ao final da partida, mais homenagens foram feitas a Suárez. A Geral do Grêmio estendeu nova bandeira, e os telões da Arena do Grêmio reproduziram vídeos. O camisa 9 agradeceu à torcida e recebeu abraços dos companheiros, de Renato e de sua família, que entrou no gramado.

Rodrigo Ely marca com assistência de Suárez, mas gol é anulado por impedimento

Suárez começou o jogo disposto a deixar uma última imagem inesquecível para a torcida do Grêmio. A primeira tentativa aconteceu aos 6 minutos, em chute de fora da área que foi desviado e saiu pela linha de fundo. Um minuto depois, El Pistoleiro passou como quis por Léo Pelé, no lado direito da grande área, e finalizou de perna canhota, mas na rede pelo lado de fora.

Jogando com três zagueiros, o Vasco projetava os alas Puma Rodriguez e Lucas Piton no campo de ataque. E tentava explorar principalmente o segundo, pelo lado esquerdo, com auxílio de Gabriel Pec. Aos 13, Piton recebeu com liberdade nas costas de Fábio e cruzou. A bola passou por todo mundo e chegou no lado direito para Pumita, que bateu cruzado, mas em cima de Reinaldo. Aos 19, em contra-ataque, Pec arrancou pela esquerda, ganhou dividida de Villasanti e tentou cruzar rasteiro, mas Reinaldo, mais uma vez de forma providencial, afastou. Um minuto depois, Fábio recuou errado, mas Vegetti foi travado por Bruno Alves na hora da conclusão.

A resposta gremista veio aos 22. Reinaldo recebeu de Cristaldo na intermediária ofensiva, pela esquerda, e chutou forte, rasteiro e cruzado. A bola passou muito perto da trave esquerda de Léo Jardim. Aos 27, o Grêmio perdeu Fábio, lesionado. Gustavo Martins, zagueiro de origem, entrou em seu lugar, assim como havia acontecido na vitória sobre o Goiás.

Suárez daria a 18ª assistência na temporada, 12ª no Campeonato Brasileiro, aos 35 minutos. Em falta frontal pela direita, todos esperavam cobrança direta do camisa 9, que cruzou na segunda trave na cabeça de Rodrigo Ely, substituto de Kannemann, fora por desgaste físico. O zagueiro se atirou para cabecear para as redes, mas as linhas ajustadas do VAR assinalaram impedimento, frustrando a torcida gremista.

Faltoso e com muitas quedas para atendimento médico, o primeiro tempo foi truncado, principalmente na reta final. Suárez voltou a tentar nos acréscimos, mas Léo Jardim estava bem posicionado para encaixar o chute colocado de fora da área do centroavante.

Suárez marca no primeiro minuto do segundo tempo

O que a torcida gremista tanto esperava aconteceu no primeiro minuto do segundo tempo. Nathan Fernandes arrancou com liberdade e rolou para Suárez. Próximo da meia-lua da grande área, El Pistolero acertou belíssimo chute colocado, de primeira, no canto esquerdo de Léo Jardim, para abrir o placar e explodir a Arena do Grêmio.

O Vasco tentou resposta imediata. Aos 3, Marlon Gomes foi derrubado próximo à entrada da área pela esquerda. Puma Rodríguez cobrou sobre o gol. Um minuto depois, Pec, que foi deslocado para a direita na volta do intervalo, passou por Reinaldo e cruzou rasteiro. Vegetti finalizou forte, mas alto e à esquerda do gol.

Com a vantagem no placar, o Grêmio passou a apostar nos contra-ataques. Aos 7, Suárez tentou retribuir a gentileza de Nathan Fernandes, mas o chute do jovem atacante saiu fraco. O Vasco teve grande oportunidade aos 9. Após cruzamento de Marlon Gomes vindo da esquerda, Vegetti apareceu nas costas de Bruno Alves e desviou. A bola passou muito perto da trave esquerda de Caíque.

Nervoso com o gol sofrido e com a situação delicada no campeonato, o Vasco passou a cometer erros de passes fáceis. Sem mexer na estrutura com três zagueiros, Ramón Diaz apostou na experiência e qualidade ao colocar Payet em campo. Aberto pela esquerda, aos 20 minutos o camisa 10 passou como quis por Gustavo Martins e bateu cruzado. Bruno Alves, na pequena área, afastou.

Aos 28, o Grêmio quase ampliou. Ferreira trouxe para dentro e bateu cruzado e rasteiro. Léo Jardim espalmou. No rebote, mesmo sem ângulo, Suárez concluiu na trave, e o goleiro vascaíno fez mais uma defesa. Três minutos depois, foi a vez do Vasco quase marcar. Em contra-ataque pela direita, Marlon Gomes tabelou com Praxedes, recém-entrado e chutou cruzado e rasteiro. A bola passou à direita do gol de Caíque.

Renato tentou renovar o folêgo do Grêmio com os ingressos dos jovens Ronald e Cuiabano. Porém, a torcida gremista teve um pequeno susto dois minutos depois. Em cobrança de escanteio vinda do lado direito, Maicon cabeceu para baixo, e Caíque defendeu quase dentro do gol. Porém, o lance já era invalidado por falta do zagueiro vascaíno em cima de Rodrigo Ely.

Já no início dos oito minutos de acréscimos, Caíque salvou o Grêmio. Praxedes chegou batendo de primeira, colocado e rasteiro, de fora da área, e o goleiro gremista se esticou no canto baixo direito para fazer espetacular defesa, arrancado aplausos da torcida tricolor, que já havia gritado seu nome anteriormente.

Com o Vasco exposto em busca do empate, o Grêmio teve oportunidade de ampliar em contra-ataque aos 51. Suárez acionou Cuiabano, que invadiu a grande área sozinho. Porém, o chute saiu fraco, facilitando a defesa de Léo Jardim.

Estatísticas – Grêmio 1 x 0 Vasco da Gama – Campeonato Brasileiro 2023

Posse de bola: 47% x 53%

Chutes: 13 x 8

Chutes a gol: 5 x 1

Gol: Luis Suárez, a 1′ do 2T (G)

 

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho. Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Antes de escrever pela Trivela, esteve na Rádio Grenal e na RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo