Brasileirão Série A

Xô, crise! Cruzeiro domina Vitória e vence por 3 a 1 no Mineirão

Matheus Pereira, Rafa Silva e Arthur Gomes fizeram os gols do Cruzeiro, enquanto Lucas Silva, contra, marcou o do Vitória

Xô, crise! O Cruzeiro, que vinha em momento complicado na temporada, fez um grande jogo na tarde deste domingo (28), no Mineirão e conquistou uma grande vitória sobre o Vitória, por 3 a 1, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do jogo foram marcados por Matheus Pereira, Rafa Silva e Arthur Gomes, para a Raposa, enquanto Lucas Silva, num gol contra bizarro, anotou para a equipe baiana.

O resultado mantém o Vitória na zona de rebaixamento, com um ponto em três jogos, enquanto o Cruzeiro pega o elevador e termina a partida na quinta colocação, com sete pontos ganhos em doze disputados.

Cruzeiro entrou em campo com mudanças

O treinador Fernando Seabra escalou o Cruzeiro com algumas mudanças em relação ao time base utilizado desde a sua chegada. Entre as novidades, podemos destacar a manutenção da dupla de zaga Zé Ivaldo e João Marcelo, e a entrada do meio-campista José Cifuentes no lugar do lesionado Ramiro.

A equipe celeste começou o jogo com: Anderson; William, Zé Ivaldo, João Marcelo e Marlon; Lucas Romero, Lucas Silva e José Cifuentes; Matheus Pereira, Arthur Gomes e Rafa Silva.

O Vitória, por sua vez, entrou em campo com alguns velhos conhecidos do futebol mineiro. O treinador Léo Condé, nascido em Minas Gerais, escalou o Leão assim: Lucas Arcanjo; Zeca, Bruno Uvini, Wagner Leonardo e Lucas Esteves; Mateus Gonçalves, Willian Oliveira e Luan Santos; Matheusinho, Osvaldo e Alerrandro.

O que melhor aconteceu para o Cruzeiro no jogo?

  • Bom volume de jogo e controle da partida
  • Entrada decisiva de Álvaro Barreal
  • Rafa Silva aparecendo bem mais uma vez
  • Atuação segura da dupla de zaga
  • Matheus Pereira voltando a marcar
  • Boa partida de Arthur Gomes

O que de pior aconteceu para o Cruzeiro no jogo?

  • Muitos gols perdidos
  • Gol contra bizarro de Lucas Silva
  • Primeiro tempo ruim de William
  • Mais um cartão amarelo para Zé Ivaldo

Goleiro Lucas Arcanjo faz milagres no primeiro tempo

Logo aos cinco minutos de jogo, Matheus Pereira perdeu chance clara de gol. Arthur Gomes fez lindo cruzamento para o camisa 10, que na pequena área, bateu por cima do gol. Quatro minutos depois foi a vez de Rafa Silva completar cruzamento de Zé Ivaldo, obrigando o goleiro Lucas Arcanjo a fazer bela defesa.

Melhor na partida, o Cruzeiro voltou a assustar aos 19, quando Matheus Pereira bateu um escanteio direto e quase marcou um gol olímpico, obrigando Lucas Arcanjo a defender duas vezes.

O Vitória, por sua vez, pouco assustava, tendo sair nos contra-ataques, mas sem muito sucesso. Quando conseguiu, a finalização não saiu legal.

Aos 38, Lucas Arcanjo voltou a se destacar em um chute de muito longe de Zé Ivaldo que tinha a direção do ângulo esquerdo do goleiro, que defendeu com estilo, operando novo milagre.

Matheus Pereira se redime e abre o placar

O Cruzeiro voltou para o segundo tempo com uma mudança, Álvaro Barreal entrou na vaga de José Cifuentes. Assim como na primeira etapa, o time celeste seguiu em cima e rapidamente, aos quatro minutos, conseguiu abrir o placar. Lucas Romero achou bola bola para Rafa Silva que fez um pivô perfeito e deixou Arthur Gomes e Matheus Pereira na boa para finalizarem. Mas a dupla foi com muita sede ao pote e acabaram se atrapalhando. Por sorte da Raposa, a bola sobrou para Matheus, que dominou, passou pela zaga e estufou as redes de Lucas Arcanjo, que nada pôde fazer.

Lucas Silva faz gol contra bizarro

O torcedor cruzeirense ainda comemorava o gol de Pereira quando recebeu um balde de água fria na cabeça. Aos seis minutos, Osvaldo avançou pela direita e cruzou para a área. A bola passou por todo mundo, mas Lucas Silva, sozinho, tentou cortar e mandou contra, num lance bizarro, sem chances para Anderson. Um a um no placar.

Rafa Silva volta a ser decisivo

Além da participação direta no primeiro gol, Rafa Silva voltou a aparecer e virou o jogo para o Cruzeiro, marcando pela segunda vez no Brasileirão. Eram decorridos 12 minutos quando Barreal recebeu bola pela esquerda e cruzou na medida para o camisa 8 desviar de leve, mas o suficiente para matar Lucas Arcanjo e colocar 2 a 1 no placar.

Arthur Gomes marca golaço

E tinha espaço para mais. Aos 29 minutos, Barreal deu linda bola para Arthur Gomes e o camisa 11 arrancou, trouxe para o meio, passou pela marcação e chutou no cantinho de Lucas Arcanjo, 3 a 1 para o Cruzeiro e muita festa no Mineirão.

Arthur viria a sair de campo aos 36 para a entrada de João Pedro, jovem destaque da base celeste que havia sido afastado por indisciplina há mais de dois meses e que teve a oportunidade de retornar ao time no jogo de hoje.

Antes do fim da partida, o Vitória ainda teve chances de gol mas parou em Anderson e em poucos centímetros que faltaram num chute de fora da área.

Cruzeiro estreia novo uniforme

O Cruzeiro masculino estreou seu segundo uniforme, a tradicional camisa branca, lançada nessa sexta-feira (26), contra o Vitória. O belo kit homenageia a Igreja da Pampulha, um dos principais cartões postais de Belo Horizonte.

Torcida estende faixa de agradecimento a Pedrinho BH

No intervalo da partida, uma faixa com os dizeres “Obrigado Pedrinho”, foi estendida no setor onde fica a Máfia Azul, maior torcida organizada do Cruzeiro. Ronaldo Nazário, atual dono da SAF do Cruzeiro, negocia a venda do clube celeste para o empresário Pedro Lourenço, o Pedrinho BH, dono da rede Supermercados BH, uma das maiores do país.

Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa nasceu em Ipatinga, mas se radicou na Região dos Inconfidentes mineiros. Formado em Jornalismo na UFOP, em 2019, passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas. Atualmente, é setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo